Época 2015/16

Época 2015/16

A mentira do CM

É incrível como a maioria dos jornais tem o descaramento de inventar notícias!
Jorge Jesus, é um confesso admirador de Óscar Cardozo, tanto que mesmo sem ritmo competitivo, colocou-o a jogar a 2ª parte do jogo com o Hapoel e de seguida deu-lhe a titularidade em Aveiro.
Não obstante isso, o mentiroso CM escreveu em título, «Inevitável Cardozo cala Jorge Jesus» e desenvolve o tema assim,«Óscar Cardozo voltou a mostrar que ainda não tem rival à altura no ataque dos encarnados, contrariando a opinião do treinador, que tem preferência pelas qualidades de Alan Kardec. Frente ao Beira-Mar, o paraguaio marcou dois golos e fez a assistência para o terceiro, da autoria de Saviola»
Perante isto, fazer o quê?

À atenção da LPFP

Está criado o precedente!
O Comité de Controlo e Disciplina da UEFA, aplicou um jogo de suspensão a José Mourinho, mais um que fica suspenso por 3 anos e que apenas será cumprido se houver reincidência, ainda uma multa para ele, para os jogadores Sérgio Ramos, Xabi Alonso, Casillas e Dudek e para o Real Madrid. Total: 215 mil euros!
Esta decisão da UEFA abre um precedente e julgo que fará jurisprudência para as Ligas nacionais de cada país.
Muita gente acha que este castigo, pelos motivos que o originaram, além de escusado é descabido. Eu acho o contrário e estou de acordo com o mesmo, como já o tinha manifestado aqui.
Acho anti-desportivo um clube utilizar este estratagema. Normalmente são os clubes grandes que o fazem, em especial o FC Porto, já que têm plantéis mais ricos e vastos, antes de jogos em casa, para que esses jogadores amarelados limpem o cadastro e possam jogar depois nos jogos mais difíceis.
Fico na expectativa para ver se realmente a LPFP vai seguir esta decisão da UEFA, ou se pelo contrário, ficará tudo na mesma como é habitual por medo de afrontar um clube em especial.

Barça dá espetáculo e vence o super clássico: 5 a 0


Ontem, pelo campeonato Espanhol, o Barcelona deu uma surra no seu maior rival, o Real Madrid: 5 a 0.
O resultado deixou o Barça na liderança do Campeonato e tirou a invencibilidade de José Mourinho no comando do Real. E que placar para se perder invencibilidade heim?
Os gols foram de David Villa (2), Xavi, Pedro e Jeffren.

Como coloquei em meu blog, de que adianta ter Cristiano Ronaldo se o outro time tem Messi, Xavi, Iniesta, Pedro e David Villa?
O Barça tem o melhor elenco do mundo, e ainda por cima está junto a bastante tempo, o que deixa o time bem mais entrosado, ao contrário do Real, que até trocou de técnico.

A última vitória do Real Madrid diante do Barça foi em 2007, no Camp Nou por 1 a 0.

O Benfica, o FC Porto e A Bola

Embora a maioria dos adeptos dos outros clubes acusem A Bola de ser um jornal benfiquista e ao serviço do Benfica, aqui vos deixo uns excertos dum excelente artigo de opinião que desmistifica essa mentira.

A história de ‘A Bola’ confunde-se com a do Benfica, ou da sua história não tivessem feito parte, Homens  de um carácter e dotados de uma visão e coerência inultrapassáveis, como Cândido de Oliveira, António Ribeiro dos Reis ou Vicente de Melo.  Mais tarde, destacamos  o inesquecível chefe de redacção-Vitor Santos (que muitos apelidavam do intelectual tal a forma peculiar como escrevia), Aurélio Márcio, os saudosos Carlos Pinhão, Alfredo Farinha, e ainda Carlos Miranda e, também (felizmente ainda entre nós), Fernando Cruz dos Santos.
Apesar de os seus fundadores estarem ligados ao Benfica, A Bola sempre foi um jornal independente, em que o rigor e a verdade sempre se sobrepuseram às práticas mais usadas actualmente – a da especulação e da mentira. Daí que fosse apelidada de ‘Bíblia’, porque as notícias nelas publicada, eram certezas para os leitores que faziam da sua leitura uma obrigação matinal antes de iniciarem as suas tarefas quotidianas.

Com a subida ao poder de Pinto da Costa, o jornal começou a enfrentar  problemas, e por mais do que uma vez ficou impedido por longos períodos de entrar nas antigas Antas, sendo muitas das suas reportagens aos jogos do FCPorto feitas a partir da bancada.

A selecção da 37ª rodada do Brasileirão

Esta é a selecção da 37ª rodada do campeonato brasileiro. Curiosamente o líder Flu não tem ninguém na selecção porque não fez um grande jogo contra o Palmeiras, enquanto que os outros dois candidatos, colocaram 3 jogadores cada um.

Havia necessidade?

As relações entre Benfica e FC Porto há muito que estão extremadas e os motivos são por demais conhecidos por isso não vale a pena enumerá-los.
Tendo acontecido um incidente no final dum jogo do Benfica e não estando o FCP envolvido, directa ou indirectamente, pergunto porque motivo se lembraram de publicar um comunicado a considerar o Benfica um bando de gangsters? Não havia necessidade senhores!
Percebo, quiseram chamar a atenção do país para um "eventual", repito eventual, acto menos correcto por parte do Benfica, na tentativa de fazer ver às pessoas que não são eles, ou só eles, os maus da fita. Só que essa tentativa não cola. E não cola porque toda a gente sabe o que tem acontecido no futebol português nos últimos 30 anos e quase sempre tendo o FCP como denominador comum.
Considero a resposta do Benfica sublime. Sem falar do destinatário, apenas mencionando um rol de nomes e finalizando com um "a nossa solidariedade"!
E a imprensa o que fez? Quase nada, limitou-se a falar dos comunicados sem ter a coragem de formular uma opinião. Nada a que não estejamos habituados quando o assunto envolve o clube azul e branco.

É preciso ter lata! (E a resposta do Benfica)

Realmente é preciso ter muita lata!
Toda a gente sabe o que aconteceu e ainda acontece no futebol português. Pois não é que o impoluto FCP teve a lata de emitir um comunicado a falar do Beira Mar-Benfica e do jornalista da TVI que Jorge Jesus deixou a falar sózinho!
Provavelmente será para branquearem a agressão ao Carlos Pinhão, ex-jornalista d'A Bola, já falecido, precisamente em Aveiro pela troupe dum célebre guarda Abel! Será que eles têm espelhos em casa?
Para vos poupar o trabalho, podem ler aqui o comunicado na íntegra.

Comunicado da FC Porto – Futebol, SAD

Na sequência das ocorrências no final do encontro de ontem entre o Beira Mar e o Benfica e que, segundo relata a Comunicação Social, terminaram com ameaças e escolta policial a um jornalista da TVI, a FC Porto – Futebol, SAD não pode deixar de recordar um rol de comportamentos que têm um clube e uma pessoa como denominadores comuns e que configuram perfis dignos de um filme sobre «gangsters».

1 – Agressão à estalada a um amigo do guarda-redes Moretto em pleno Aeroporto de Lisboa;

2 – Agressões a um cidadão junto à Caixa Geral de Depósitos de Telheiras, na sequência de um estacionamento indevido;

3 – Desrespeito pelo trabalho de um jornalista e agressão a um repórter de imagem da RTP à saída de uma reunião com Hermínio Loureiro. Os relatos dizem ainda que um dos intervenientes pegou no microfone da estação e o atirou ao chão;

4 – Agressão a pontapé ao Team Manager do FC Porto, verificada em plena área técnica do Estádio da Luz e que, apesar do esforço de um dirigente para, previamente, desviar o foco das imagens, ficou inequivocamente registada;

5 – Invasão de um estúdio da SIC no decorrer de um programa em directo.

Todos estes factos, sublinhe-se, têm sempre o mesmo emblema associado. Foram amplamente difundidos nos Média e rapidamente esquecidos, ao mesmo tempo que revelavam a urbanidade, o estilo e, acima de tudo, a credibilidade de quem os praticou e/ou comanda.

Porto, 29 de Novembro de 2010

O Conselho de Administração
(Fonte: Site do FCP) 

PS. Esqueceram-se de falar dos apedrejamentos e das bolas de golfe do passado dia 7. Penso eu de que!

E a resposta do Benfica em comunicado também. Veja abaixo. 
Comunicado da Benfica SAD

Co Adriaanse
Luís Fabiano
Derlei
Paulo Assunção
Adriano
Rodriguez
Costinha
Raul Meireles
Matt Fish (basquetebolista)
Paulo Martins (RTP)
Pedro Figueiredo (RTP)
João Pedro Silva (RTP)
Marinho Neves (jornalista)
Fotógrafo do JN atropelado à saída do tribunal.

E mais um sem número de pessoas que optaram pelo silêncio!
A todos a nossa solidariedade!
(Fonte: site do SLB)

Lá como cá!

Joga-se hoje o FC Porto-Benfica da Espanha. E, lá como cá, também o autocarro do Real Madrid foi apedrejado em Barcelona. Coincidência ou talvez não!
Este jogo é aguardado com enorme expectativa e curiosidade por todo o mundo. Quem levará a melhor, Mourinho ou Guardiola? Messi ou Cristiano Ronaldo?

Brasileirão (37ª rodada) - resultados e detalhes

Temos campeonato até ao fim! 
Os três primeiros venceram e lutam pelo título até ao último minuto da última jornada. 
Em sentido oposto mais uma equipa caíu para a Série B, o Guarani de Campinas-SP. Depois do Grêmio Prudente há duas semanas, do Goiás na semana passada, agora o Guarani, falta saber quem será o quarto clube a baixar de divisão. A luta está renhida entre o Vitória e o Atlético de Goiânia, ambos com 41 pontos e que curiosamente se vão enfrentar na próxima rodada, no Barradão, em Salvador-Bahia. Se descerem os goianos, no próximo campeonato não haverá nenhum representante do Estado na Série A. Ao contrário, se  o Vitória descer, os baianos terão outra equipa na 1ª divisão brasileira, o Bahia que já subiu há dias.

Palmeiras (10º/50) - Fluminense (1º/68)
1-2 
Na Arena Barueri, o Fluminense começou o jogo praticamente a perder, mas não desmoralizou e acabou por virar o resultado, graças ao seu empenho e também beneficiando da apatia de alguns jogadores do Palmeiras, cujos adeptos/torcedores insultavam os seus jogadores em vez de os incentivarem. Por falar dos adeptos palmeirenses, estes estavam irritadíssimos com a equipa que perdeu na 4ª feira a meia-final da Copa Sul-Americana contra o Goiás que já rebaixado à Série B.
Com esta vitória o Flu depende apenas de si e terá tarefa mais ou menos facilitada pois joga em casa contra o Guarani despromovido nesta jornada.
Os golos desta partida foram da autoria de Dinei para o Palmeiras e Carlinhos e Tartá (que entrara para o lugar de Deco) para o Fluminense.

Corinthians (2º/67) - Vasco da Gama (12º/46)
2-0
Apesar da vitória no Pacaembu, o Corinthians não depende de si para ser campeão. Terão de ganhar no próximo domingo em Goiânia ao despromovido Goiás e esperar uma ajuda do Guarani empatando frente ao Fluminense.
Os golos corintianos foram marcados por Bruno César e Danilo.

Flamengo (15º/43) - Cruzeiro (3º/66)
1-2
O Flamengo apesar de derrotado em casa emprestada (Volta Redonda), está livre da descida porque as duas equipas que estão atrás de si na tabela jogarão entre si. Porém, se não vencerem, nem na Copa Sul-Americana participarão na próxima época.
O Cruzeiro precisava vencer para continuar a sonhar com o título e esperar por deslizes de Fluminense e Corinthians. Como todos venceram, resta-lhes vencer o Palmeiras em casa e esperar por empates dos rivais. Tarefa muito difícil!
Golos de Diego Maurício para o Flamengo e Roger e Thiago Ribeiro para o Cruzeiro.

Atlético-GO (16º/41) - São Paulo (9º/52)
1-1
O Atlético goianiense não aproveitou o factor casa para se livrar da descida e agora precisa empatar em Salvador com o também ameaçado Vitória. Jogo impróprio para cardíacos!
No Serra Dourada, o São Paulo marcou primeiro pelo guarda-redes/goleiro Rogério Ceni (penálti), mas os goianos conseguiram chegar ao empate, através de Elias e adiar a decisão para o último jogo.


Internacional (8º/55) - Vitória (17º/41)
1-1
Na despedida do Beira-Rio e dos seus torcedores, antes da disputa do Mundial de Clubes, o Internacional empatou com o aflito Vitória.
Golos de Rafael Sobis para o Inter e Adailton para o Vitória.
Devido à participação no Mundial de clubes, o Internacional termina o campeonato brasileiro na 5ª feira em Presidente Prudente, onde jogará com o despromovido Grêmio Prudente.

Atlético-MG (13º/45) - Goiás (19º/32)
3-1
Com a vitória na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas, o Atlético mineiro finalmente viu-se livre do espectro do rebaixamento. O jogo tornou-se fácil porque o adversário já estava despromovido e poupou jogadores tendo em vista a participação na final da Copa Sul-Americana na 4ª feira frente aos argentinos do Independiente.
Golos de Renan Oliveira, Diego Souza e Diego Tardelli para o Atlético e Everton Santos para o Goiás.

Avaí (14º/43) - Santos (7º/55)
3-2
Na Ressacada, o ameaçado Avaí livrou-se de vez do rebaixamento ao vencer  o Santos, dapesar de ter estado a perder por 2-0. O herói catarinense foi o médio/meia Caio que marcou os 3 golos.

Ceará (11º/47) - Atlético-PR (6º/57)
1-1
Jogando no Castelão, em Fortaleza, o tranquilo Ceará tirou aos paranaenses o sonho do 4º lugar e uma possível vaga para a libertadores que agora estão apenas ao alcance do Grêmio e do Botafogo.
Os golos do empate foram da autoria de Magno Alves (Ceará) e Rafael Santos (Atlético).

Guarani (18º/37) - Grêmio (4º/60)
0-3
O Guarani apesar de jogar em casa (Brinco de Ouro da Princesa - Campinas) perdeu e baixou à Série B. As hipóteses de salvação antes da partida já não eram muitas porque dependiam de terceiros, mas com a derrota ficaram matematicamente despromovidos. Curioso que as esperanças do Corinthians e Cruzeiro estão nas suas mãos uma vez que defrontarão o Fluminense no Rio.
O Grêmio quase garantiu o 4º, basta-lhe um empate com o Botafogo na última jornada, e com ele uma poss+ivel vaga na Copa Libertadores-2011. Só não acontecerá se o surpreendente Goiás vencer o Independiente na final da Sul-Americana.
André Lima, Jonas e Diego marcaram os golos gaúchos.

Botafogo (5º/57) - Grêmio Prudente (20º/28)
3-1
Frente ao lanterna, o Botafogo cumpriu a sua obrigação de manter-se na luta com o Grêmio pelo 4º lugar.
Os golos foram marcados por Antônio Carlos, Edno, Marcelo Cordeiro para o Botafogo e Willian José para o Prudente.

A última jornada/rodada, começa na 5ª feira com o jogo sem qualquer influência na classificação, entre o Grêmio Prudente e o Internacional, devido à viagem dos gaúchos para os Emirados Árabes, terminando no domingo com os restantes jogos que decidirão o campeão, o 4º lugar que pode garantir vaga na Libertadores e o 4º clube a cair para a Série B, Vitória ou Atlético-GO.

Papagaio fala sózinho

Pelos motivos que todos sabemos, desde que o Benfica tem o seu canal de TV, os jogadores e treinadores deixaram de dar entrevistas ou falar para outras estações, a não ser quando a lei o obriga, caso dos flash-interview ou conferências de imprensa pós-jogo. Então, alguns papagaios tentam tudo para desestabilizar. Pena é que não tenham essa coragem em relação a todos os clubes. Por que será, medo?
Eis o que diz o Regulamento de Competições da LPFP, no seu artº 26, nº 18, sobre os flash interview:
No final de cada jogo em directo, será realizada uma entrevista (Flash Interview), de carácter obrigatório, que o operador televisivo integrará na sua emissão normal e deverá respeitar os seguintes termos:
a) Terá de se iniciar nos 5 minutos após o efectivo termo do jogo, tendo uma duração máxima de 90 segundos para cada interveniente, e apenas deverá versar sobre as ocorrências do jogo que se acabou de disputar;

Vitória indiscutível

Foi uma vitória indiscutível em Aveiro. E o Beira Mar não foi pera-doce, ao contrário do que o resultado possa fazer crer.
A equipa entrou com espírito de luta e conseguiu uma meia-hora muito boa. Nesse período não aconteceu nenhum golo, apesar de ter tido algumas oportunidades para o fazer e de ter ficado um penálti por marcar ao qual Bruno Paixão fez vista grossa. Felizmente viu o puxão a Cardozo já em cima do intervalo e marcou o respectivo penálti superiormente convertido pelo mesmo que enganou o guarda-redes aveirense que se atirou para o lado contrário.
O "artista" do narrador da Sporttv teve a lata de dizer que era penalizador como se o resultado ao intervalo fosse imerecido!
No início da 2ª parte, Cardozo falha um golo incrível, de seguida o Beira Mar também falha uma grande oportunidade. O jogo estava aberto, até que o paraguaio redime-se e tem um espectacular remate ao ângulo fazendo o 2-0. Como se não bastasse, ainda teve uma jogada extraordinária em que dá um nó cego no defesa e assiste Saviola para o 3-0. 
O Beira Mar nunca desistiu e conseguiu o golo de honra na sequência duma falha de Luisão que corta de rosca e permite o remate vitorioso do adversário, sem qualquer culpa para Roberto.

Bastou mais um empate

Mais um empate, apenas o segundo da época, e André Villas-Boas expulso do banco pela segunda vez. Se se tratasse de Jorge Jesus, eu estaria preocupado.
Nós benfiquistas temos sido acusados de chorões em relação às arbitragens.
Pois parece que agora essa característica mudou para outros lados.
«O jogo foi estranhíssimo e ficou marcado pela arbitragem», comenta Rui Moreira: «Vi Jorge Sousa a tentar inclinar o campo e a ter influência no resultado». Em causa sobretudo dois lances. «No golo do Sporting há fora-de-jogo de Valdés, lamento que a Sport Tv tenha demorado mais de uma hora a perceber o lance... Já na jogada entre Maicon e Liedson parece-me que não há nada.»
Onde é que eu já vi este filme?
«O jogo foi equilibrado até Jorge Sousa resolver dar nas vistas, ele cometeu uma série de disparates, acho que perdeu o norte», disse Manuel Serrão.
Serve este post apenas para desmistificar um mito!

Afinal a injustiça dói a todos por igual

Os adeptos portistas muito têm criticado os benfiquistas por serem, na opinião deles, "chorões" em relação às arbitragens.
Afinal viu-se hoje mais uma vez que quando as coisas não correm conforme o pretendido, os jogadores do FC Porto também agridem, são expulsos, levam cartões, como os outros. Daqui se infere que se têm sido mais vezes injustiçados (se é que alguma vez o foram) reagem exactamente como os outros a quem um presidente chamou de caceteiros.
O treinador, das duas vezes em que as coisas estavam difíceis mandou "bocas" aos árbitros e foi expulso do banco, segundo ele, por ter dito duas vezes ao árbitro que havia dualidade de critérios. Dualidade de critérios em quê? Porventura Maicon foi mal expulso? Sapunaru não fez falta dura sobre Yanick quando viu o amarelo e originou a "boca" de Villas-Boas?
O descontrolo nervoso também atinge os jogadores do todo poderoso líder, senão vejamos, ainda na 1ª parte, Fernando e Helton são amarelados. Na 2ª, Maicon expulso, Hulk amarelado por "bocas" após a expulsão de Maicon, Sapunaru amarelado pela tal falta atrás referida e Belluschi também amarelado por falta feia por trás às pernas de Liedson quando se escapava junto à lateral, Otamendi amarelado por queimar tempo.
Foram dignos do Benfica, 1 vermelho, 6 amarelos e treinador expulso.


Sábado Glorioso

Este foi um sábado Glorioso nas modalidades benfiquistas. Senão vejamos:
Andebol - vitória estrondosa sobre o Steua de Bucareste para a Eurochallenge, por 43-29.
Basquetebol - vitória sobre o Sampaense por 74-71.
Hóquei em patins - vitória em Barcelos sobre o Óquei por 5-1.
Voleibol - vitória em Esmoriz sobre o clube com o mesmo nome por 3-0.
Amanhã teremos:
Futebol - Beira Mar-Benfica (em Aveiro)
Andebol - 2º jogo da eliminatória com o Steua de Bucareste
Voleibol - Sp. de Espinho-Benfica 
Oxalá seja também um domingo Glorioso.

LFV defende Jesus

Se a entrevista ao jornal do Benfica tinha deixado algumas dúvidas, aproveitadas pela comunicação social e alguns benfiquistas para colocarem veneno no relacionamento entre LFV e JJ, o discurso na inauguração da Casa do Benfica de Mira não deixa margem para dúvidas quanto à vontade de manter Jorge Jesus à frente da equipa.
«Já o disse recentemente, mas quero aqui, em Mira, repeti-lo: É com Jorge Jesus que queremos e vamos continuar a ganhar. Conheço-lhe o trabalho, a exigência e a seriedade. Não podemos passar da euforia à depressão em tão pouco tempo».
E ainda, «Nunca devemos cair na tentação de reagir a quente, ou escolher o caminho mais fácil, porque o caminho mais fácil, muitas vezes, é aquele que nos leva aos maiores problemas», disse L.F. Vieira.
É tempo de união caros benfiquistas. O nosso clube é único e universal, por isso vamos levantá-lo e não destroçá-lo com críticas por mais desencantados que estejamos.

Para reflexão dos benfiquistas

Com o pragmatismo e ponderação que são de todo necessários, vamos desenvolver algumas ideias perante a confusão que emerge neste momento, grande parte da qual programada e desenvolvida de fora para dentro, configurando uma situação que não tem nada de novo.
A pergunta que todos fazem e para a qual ainda não foi encontrada resposta que satisfaça em pleno, é basicamente: Qual a razão justificativa para a completa transfiguração para pior, da equipa que se sagrou de uma forma indiscutível campeã nacional?
À partida tudo apontava para o início de um novo ciclo do Benfica, asseguradas que estavam as condições para prosseguir e incrementar a solidificação de um projecto que se previa vencedor. Disso mesmo deram conta os responsáveis do Benfica, logo corroborados pelos experts da comunicação social, desde jornalistas a simples opinadores e cronistas.
Relembramos isto para avivar a memória a muitos que rapidamente se esquecem do dia de ontem. Mantinham-se os mesmos dirigentes, a mesma equipa técnica, praticamente os mesmos jogadores e tinham-se juntado ao grupo jovens jogadores que prometiam singrar rapidamente de águia ao peito.
No Benfica, qualquer que seja o interveniente (Presidente, directores, equipa técnica, etc), para além de estarem a lidar com uma situação que se pode alterar de uma forma radical semanalmente senão mesmo com periodicidade mais curta, têm que pensar que as suas declarações ganham sempre uma projecção especial e as suas palavras são minuciosamente escrutinadas por vários quadrantes, na maior parte das vezes hostis.
Neste mundo em que os interesses sectoriais se sobrepôem a tudo o resto, a franqueza e a sinceridade são de imediato aproveitadas para distorcer a verdade dos factos, havendo que pensar primeiro no que se diz e sobretudo na forma como se diz.

Maçãs e bolas de golfe

Quem se apresentar sábado em Alvalade com bolas de golfe ou maçãs vai ter de deixá-las à porta porque o jogo é de alto risco e a PSP estará muito atenta à entrada de objectos (ou alimentos) que potencialmente possam ser arremessados para o relvado.
Curioso, a PSP de Lisboa vai estar atenta à entrada de objectos que possam ser arremessados. Porque a PSP do Porto não fez o mesmo há umas semanas atrás, se já em Maio tinha acontecido o mesmo?
«Acho que maçãs não vão entrar, assim, como bolas de golfe. Sabemos que a claque que vem do Norte é pródiga na utilização de bolas de golfe», explicou o responsável da PSP, em conferência de imprensa.
Finalmente alguém com coragem de chamar os bois pelos nomes.

Um jornalista sem isenção

Admite-se de algum modo que os jornais para tornarem o seu produto mais atractivo e vendável, sigam técnicas de marketing agressivas utilizando uma linguagem com doses de manipulação e sensacionalismo q.b. e desde que pautadas pelo rigor e pela verdade. As notícias não devem ser baseadas apenas em meras opiniões pessoais, porque assim tornam-se subjectivas.
Esse facto torna-se mais gravoso, caso à notícia estejam subjacentes intenções pessoais que revelem à partida antipatias por esta ou por aquela pessoa ou por este ou por aquele clube, pois isso é a antítese de um jornalista. Sabemos no entanto que existem e que os exemplos, para mal dos nossos pecados, abundam por aí.
Uma das personagens que se enquadram na definição supra, é sem dúvida um dos adjuntos do director Pais do Record – António Magalhães (AM). A cada texto e a cada peça, cada vez mais ficamos com a certeza que ele não escreve para todos os leitores do diário, mas tão somente para uma faixa etária e clubista para a qual tem contribuido - os anti-benfiquistas, através das suas crónicas deturpadas, manipuladas e dotadas de pseudo-notícias e factos, servindo-os de acordo com aquilo que eles querem ler.
Não interpreta por norma o que aconteceu, mas aquilo que ele e eles queriam que tivesse sucedido ou se apreste para acontecer.

Na sua crónica de hoje fiel à sua tese dinamizadora da verborreia, AM escreve que «Os jogadores do Benfica valem milhões, mas hoje vão ter de justificar cada euro que ganham e aqueles que há quem pretenda pagar-lhes no futuro». Como vemos, uma frase dinâmica, inovadora e merecedora dos maiores encómios, numa manobra sub-reptícia para preparar os leitores para a sua próxima tirada: «Perante uma equipa guerreira, o Benfica vai ter de cumprir promessas antigas quando Jesus e Vieira anunciavam a conquista da Europa depois da consagração nacional».

Verdade ou especulação?

Será verdade o que publica hoje um jornal desportivo sobre David Luiz, ou pelo contrário é especulação para desestabilizar ainda mais o Benfica?
Parece-me excessivo tudo o que se escreveu sobre o central brasileiro, embora se reconheça que ele está irreconhecível em relação à época passada. Não é o mesmo jogador alegre e concentrado, mostra-se até meio desplicente.
A ser verdade, confesso que me choca pois o central havia dado mostras de ser um jovem de carácter, com grande dedicação e amor ao clube e meio desprendido até das questões monetárias. Claro que é um profissional e quer ganhar o máximo, isso não ponho sequer em causa, mas se tinha aceite ficar era lógico que ficasse de corpo inteiro.
Apesar das evidências, admitindo um fundo de verdade face ao que temos visto, continuo a pensar que há um exagero na notícia.
Uma coisa é certa, se não sair em Janeiro, vai ter de mostrar outro empenho senão corre o risco de perder o lugar na selecção brasileira.

Rio de Janeiro, tão bonita e tão violenta!

Aparentemente este post não tem nada a ver com desporto, tema deste Blog, mas vão ver a seguir que até tem.
Desde domingo, o Rio de Janeiro vive uma onda de violência, com arrastões, veículos queimados e ataques a forças de segurança. Segundo o governo do Rio, é uma reação à política das UPPs (Unidades de Polícia Pacificadora), quando a polícia ocupa áreas antes dominadas por criminosos. Desde 2008, já foram instaladas 13 dessas unidades na cidade.
 (Mapa da cidade do Rio de Janeiro)
O governador do Estado do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, disse que a política de segurança para reduzir índice de crimes e a presença das UPPs enfraqueceram o poder dos criminosos e eles se rebelaram para reivindicar suas "regalias". Para confirmar isto, teria sido encontrado um bilhete num autocarro incendiado que dizia, «com UPPs não há Olimpíadas».
De acordo com o balanço da Polícia Militar, desde domingo já se registaram 26 mortos e 55 veículos queimados e foram presas 55 e detidas 121 pessoas.

Nunca imaginei ser possível

É verdade! Nunca imaginei ser possível concordar com um artigo deste senhor.
Deixo apenas este excerto.
Então que se passou com o Benfica?
Provavelmente muita coisa, a maior parte dela só compreensível para quem está lá dentro, dirigentes, treinadores e jogadores.
O que se viu foi isto: baixa intensidade, insensibilidade aos sinais do adversários, escassa confiança e, talvez mais importante, ausência de vontade de vencer
.
O Benfica, versão 2010/11, é uma equipa capaz do melhor e do pior.
Que se passa com os jogadores e com o treinador? Todos gostaríamos de saber!

A UEFA e os cartões forçados!

Face ao que se passa em Portugal, a decisão da UEFA de instaurar um processo aos jogadores do Real Madrid, Sérgio Ramos, Xabi Alonso, Casillas e Dudek e ainda a José Mourinho parece/é estranha.
José Mourinho fez aquilo que está acostumado a fazer desde os tempos de FC Porto, sem que ninguém conteste, por já ser prática corrente e os árbitros e orgãos de disciplina sempre terem fechado os olhos.
Essa prática é aplicada sem qualquer tipo de problemas pelo FC Porto e a imprensa fala dela também sem qualquer pejo como se fosse a coisa mais normal do mundo. Ainda há dias João Moutinho (FCP) a utilizou para limpar o cadastro para poder defrontar o Sporting.
Aplaudo esta decisão da UEFA e embora não tenha nada contra o Real, pelo contrário até simpatizo com o clube, gostaria de ver os jogadores e o técnico punidos para acabar de vez com esta palhaçada dos cartões a pedido.
Estou curioso para ver como vai reagir a Comissão de Disciplina da Liga Portuguesa no futuro, caso haja alguma punição para o Real Madrid.

Não podem ou não querem?

Não podia vir mais a propósito o título d'A Bola!
O azar, ou a falta de sorte, como preferirem não explica tudo. E não explica tudo porque se tantas oportunidades e pontapés de canto não foram aproveitados, o que pode indiciar alguma falta de sorte, o que é verdade é que nunca se viu a equipa israelita sufocada lá atrás. E o que dizer dos golos sofridos? Golos estúpidos! No primeiro, é inconcebível que as torres do Benfica não interceptem a bola e ela vá cair na cabeça dum "anão", salvo seja. No segundo, se Javi foi infeliz ficando à procura da bola, quem estava ao lado não se mexeu, caso de David Luiz, salvo erro. No terceiro, Coentrão não conseguiu o desarme de carrinho e teve medo de fazer penálti, não aparecendo ninguém na dobra, permitindo um remate cruzado.
Apesar do domínio do jogo, não se viu a vontade que vimos por exemplo em alguns jogos da época passada em que era preciso virar o resultado.
O que se passa? A maioria dos jogadores não está a corresponder porquê?
Como dizia um blogger benfiquista num post, exigem-se respostas de quem de direito. O silêncio neste caso, mata.
Em teoria, gostaria de ver o estádio vazio no próximo jogo em casa. Talvez aí os responsáveis e os jogadores tomem consciência.

E agora?

Campeonato praticamente perdido, fora da Liga dos Campeões, embora quase certos na Liga Europa, ainda nas Taças de Portugal e da Liga, o que esperar do resto da época?
Este cenário não passaria pela imaginação do adepto mais pessimista. Como foi possível chegar a ele?
Algo de estranho se passa com a equipa. Dá uma no cravo e outra na ferradura! Porquê? 
Temos bons jogadores, um bom treinador (mostrou-o na época passada), vencimentos em dia e dos mais altos de Portugal. Sinceramente, não dá para entender!
Tópico para desenvolver brevemente.

Vergonha!

Não dá para entender esta derrota em Telavive!
Mais uma vez o Benfica começou bem a partida, dominando a 1ª parte, período em que conquistou salvo erro 17 cantos, mas mesmo assim quase nenhum levou perigo à baliza do Hapoel. Em contrapartida, os israelitas na sequência dum livre conseguem um golo, marcado por um jogador baixo que estava atrás das "torres" do Benfica e sem culpa nenhuma de Roberto.
Quando se esperava um Benfica demolidor na 2ª parte, já com Cardozo no lugar de Saviola, pelo contrário tudo piorou. Foi uma 2ª parte má demais para ser verdade. Se eu não visse, não acreditava!
Porque ficou de fora Carlos Martins? Ele que tem sido o melhor da equipa em muitos jogos e aquele que melhor remata, moralizado pela recente exibição na selecção.
No lance do 2º golo do Hapoel, na sequência do seu primeiro canto, Javi e David Luiz adormeceram e permitiram o remate do israelita.
Este jogo que precisava de ser ganho, terá sido aquele em que o Benfica menos oportunidades criou, pese embora ter beneficiado dum número record de cantos. Cantos quase todos mal batidos e para as mãos do guarda-redes.
Estou triste e desiludido com o resultado e pior, com a exibição.

Presidente do Beira Mar estranha silêncio do Benfica

Há dias o presidente do Beira Mar apelou ao Benfica para incentivar os seus adeptos a deslocarem-se a Aveiro no domingo, uma vez que essa receita é vital para o clube, blá, blá, blá.
Até agora, ninguém da parte do Benfica abriu a boca para dizer nada sobre o assunto. Será por causa do jogo de hoje em Israel ou porque não vão mesmo dizer nada?
Como benfiquista estou curioso para saber não só se vai haver reacção e quantos adeptos benfiquistas vão marcar presença no jogo.
Na blogosfera benfiquista já li duas versões. Enquanto uns acham que Aveiro é uma terra de benfiquistas e que se deve dar uma mão ao Beira Mar para que saia do buraco em que se encontra, financeiramente falando, outros (a maioria), acham que é a altura ideal para levar a cabo o boicote para que mais um clube sem dignidade se afunde, tal como já aconteceu com Salgueiros, Boavista, Estrela da Amadora, para falar apenas dos mais conhecidos.

Bolão da Liga dos Campeões - 5ª Rodada

VOCÊ SÓ TEM MAIS ALGUMAS HORAS PARA APOSTAR! (Somente os jogos de hoje).
A fase de grupos da Liga dos Campeões chega a sua 5ª rodada, ou seja, a penúltima para os times que ainda sonham com a classificação.

Aposte nos melhores jogos da rodada. Ai vão meus palpites (Giovani Mattiollo).


23/11
Roma 2:2 Bayern de Munique
Chelsea 6:0 Zilina
Auxerre 1:2 Milan
Ajax 0:2 Real Madrid
Braga 1:3 Arsenal

24/11
Tottenham 3:0 Werder Bremen
Inter de Milão 2:0 Twente
Schalke 3:2 Lyon
Hapoel 1:2 Benfica
Rangers 0:1 Manchester United
Panathinaikos 1:3 Barcelona

Copie e cole em um dos comentários e troque pelos seus resultados que você já estará participando.

Como é possível?

Jakub Blaszczykowski, médio polaco do Borussia Dortmund, conhecido como Kuba, fez o impossível falhando um golo que nem a minha mãe falhava. Felizmente para ele o Dortmund venceu o Freiburg por 2-1 e continua na liderança do Campeonato Alemão. Kuba está certamente na lista dos candidatos ao golo perdido do ano.

Hoje é para ganhar

O jogo com o Hapoel de Telavive não ser ser fácil. Desenganem-se os que pensam o contrário.
Em princípio o Hapoel poucas hipóteses tem de ir sequer à Liga Europa porque para isso seria preciso vencer o Benfica hoje e ainda esperar uma derrota frente ao Schalke 04 na Luz, para além de terem de ir ganhar a Lyon. Como vêem, muito difícil. Ainda assim, os israelitas não vão ser pera doce.
A vitória do Benfica também não garante o apuramento, mesmo que o Schalke perca em casa com o Lyon. No entanto, ficaria a faltar apenas um ponto no derradeiro jogo com os alemães na Luz.
Por uma questão de segurança, conviria ao Benfica a vitória do Lyon ou um empate. Vitória do Schalke sobre os franceses é perigosa para o Benfica apesar de só dependermos de nós.
Finalmente Jorge Jesus tem todo o plantel à disposição. Melhor, quase todo, porque Airton ficou em Lisboa.
O trunfo, nem que seja apenas psicológico, chama-se Óscar Cardozo. Jogará de início mesmo sem ritmo?

Pinto da Costa, Pedroto, os árbitros e não só!

Pinto da Costa o dirigente mais repugnante do futebol português tem dado cada cambalhota. Mas, outros também não têm sido muito coerentes, como é o caso de Fernando Oliveira, actual presidente do V. de Setúbal.

”Com razão ou não, as críticas à arbitragem por parte da dupla Pinto da Costa-Pedroto escaldam o sector e começam a surtir os seus efeitos, segundo os adversários. Por exemplo, a 4 de Março de 1983, Fernando Oliveira, chefe do departamento de futebol do Vitória de Setúbal, afirma ao jornal A Bola um dia antes de defrontar os dragões:

“A campanha do FC Porto contra os árbitros assusta-me. E mais concretamente assusta os próprios árbitros, que actuam complexadíssimos. Coagidos desta maneira, os árbitros acabam por beneficiar o FC Porto porque, preocupadíssimos, têm receio de desagradar-lhe. As preocupações dos srs. Pinto da Costa e Pedroto, permanentemente contra os árbitros, acabam por se reflectir negativamente nos clubes mais pequenos. Estes é que pagam as ‘bocas’ dos outros.”

Curiosamente, o Vitória de Setúbal acaba por ganhar esse jogo por 3-1, o que origina, para não variar, a revolta de Pinto da Costa contra o árbitro.

O fanfarrão

O Prof. Jesualdo vai estrear-se como técnico do Panathinaikos frente ao poderoso Barcelona de Guardiola. Ele diz que não tem medo!
«Guardiola só tem três anos como profissional, eu tenho mais alguns e isso conta», disse ainda o Professor. Que presunção! Para ele a experiência é que faz a diferença.
É claro que Guardiola ainda é um jovem treinador mas acima da média pois não é qualquer um que pega numa equipa de estrelas e a põe a jogar e a vencer como ele o fez no Barcelona.
Gostava de ver quanto tempo o Prof. se aguentaria à frente duma equipa como o Barça com os mesmos jogadores que Guardiola tem à sua disposição.
Lembro que em Espanha o Prof. levou uma goleada do Real Madrid em casa (Málaga). 
O Panathinaikos deve ser um pouco melhor mas ele mal conhece a equipa ainda para poder encarar este jogo sem medo duma goleada. Amanhã veremos!

Quando um "veado" xinga outro

Richarlyson, volante/trinco e às vezes lateral esquerdo, do São Paulo, foi expulso no jogo contra o Fluminense de domingo quando o mesmo ainda estava empatado 1-1. Depois e com dois a menos porque Xandão também foi expulso, veio a goleada por 4-1.
A expulsão em si já não é notícia pois já é a 3ª vez esta época que isso acontece. A notícia é que depois de cometer uma falta, foi expulso porque insultou o árbitro mandando-o apanhar onde apanham as galinhas e não satisfeito, já longe do árbitro, mas não dum árbitro assistente, ainda o chamou de "veado", o equivalente a "paneleiro".
Curiosamente, toda a gente afirma que ele próprio é "viado"! Então não deve ter espelho em casa.
Agora está debaixo da alçada do Supremo Tribunal de Justiça Desportiva da CBF. 
Mais uma curiosidade, ele é irmão do avançado Alecsandro do Internacional de Porto Alegre e que já jogou no Sporting.

Alguma semelhança com Portugal é pura coincidência

No domingo postei sob o título Um novo Drácula, em que me referia à atitude inesperada e inusitada do avançado uruguaio Luis Suárez, do Ajax, no jogo com o PSV.
Pois bem, Suárez, capitão do Ajax, foi punido com dois jogos e ainda uma multa pelo seu clube. Repito pelo seu clube!
Exemplos assim precisavam-se em Portugal. Mas, por cá o que acontece é que os clubes em vez de punirem os seus jogadores que prevariquem ainda os defendem dando assim um belo exemplo de disciplina. Querem nomes? Não vale a pena. Todos sabem os nomes de alguns.
Voltando ao Luis Suárez, aceitou o castigo e ainda se penitenciou, dizendo que teve uma reacção que não foi boa para a imagem do clube, para mais sendo o capitão.

Pinto da Costa versus Pinto de Sousa

As voltas que a vida dá. 
Pinto da Costa e Pinto de Sousa, hoje grandes amigos como se ouviu nas escutas, nem sempre foram unha com carne, como se pode constatar abaixo.

Como já se viu, os árbitros em Portugal eram nomeados e Pinto da Costa era contra. Também era um bocadinho contra Pinto de Sousa, o novo presidente do Conselho de Arbitragem. Haverá de ser muito a favor, mas agora não era propriamente um fã. Curiosamente, até fora eleito com o beneplácito do FC Porto.
«Não tive que estar de acordo porque foi a Associação de Futebol do Porto que a fez, para substituir um elemento (Dr. Pinto Lopes) que se havia demitido. Porque a indicação havia sido feita pelo Boavista, coube a este clube indicar o substituto. Reconheço, no entanto, ao sr. Pinto de Sousa, capacidade para bem desempenhar qualquer função da hierarquia desportiva. Quanto ao seu trabalho, julgo que estará a ser muito limitado, pois não surpreenderá que as nomeações estejam a ser feitas por qualquer elemento isolado (de Lisboa), sem que os outros tenham qualquer intervenção.» (A Bola, 11 de Setembro de 1982)

O problema de Pinto de Sousa não era bem a “capacidade”. É que Pinto de Sousa tinha um defeito que incomodava Pinto da Costa e não o deixava tranquilo.
«Foi-me dito, na presença do Major Valentim Loureiro, que o sr. Pinto de Sousa era o maior anti-portista que ele conhecia a ver futebol. Mas se seria mais agradável para mim que esse lugar fosse ocupado por alguém que gostasse ao menos um bocadinho do FC Porto, estou certo de que o sr. Pinto de Sousa vai gerir-se por princípios éticos e de seriedade que são sempre desejáveis e comuns nos homens bem formados, como sei que ele é. Espero, para bem da arbitragem e da verdade que é necessário existir nesse campo, que o sr. Pinto de Sousa possa realmente desempenhar o lugar com a isenção que todos esperamos.» (A Bola, 5 de Fevereiro de 1983)

Ironia do destino, Pinto da Costa estava completamente enganado: Pinto de Sousa não vai ser nada isento… Mas isso seria muito mais tarde. Por ora, têm uma relação morna. Se bem que, diga-se, no final de 1983 as coisas já estão bem melhores entre os dois.
«Como presidente dos árbitros, Pinto de Sousa tem tido a grande virtude de ser coerente no critério das nomeações. Dá-me a ideia de que se nota no Conselho de Arbitragem a que preside, uma vontade muita grande de acertar e de fazer alguma coisa, tanto pela arbitragem, como pelos próprios árbitros.» (A Bola, 8 de Dezembro de 1983)

Pinto de Sousa devolvia o elogio publicamente, dois meses depois: «Desde miúdos que somos amigos. As divergências que eventualmente tivemos foram no campo desportivo. A amizade pessoal, essa, nunca esteve em causa.» (Pinto de Sousa, A Bola, 16 de Fevereiro de 1984)

Orgasmo a votar!

A criatividade dos publicitários não tem limites!

Beira Mar faz apelo ao Benfica

O que dizer deste apelo do Beira Mar para o Benfica levar adeptos a Aveiro?
O pedido da direcção do Benfica aos seus adeptos que foi largamente divulgado, elogiado, criticado, conforme o quadrante, se não surtir o efeito desejado, pelo menos serviu para chamar a atenção e obrigar certos clubes a repensarem o seu posicionamento no futebol português.
Querem ficar do lado da corrupção ou da verdade desportiva?
Se realmente a direcção do Beira Mar fez esse apelo ao Benfica tendo em conta o jogo do próximo domingo, logicamente terá de declarar de que lado está senão não faz sentido.
Em consciência, porque não sei se o pedido foi mesmo feito oficialmente, nem os compromissos eventualmente assumidos pelo clube aveirense, não posso opinar se o mesmo deve ou não ser aceite pelo Benfica.
Vamos esperar para ver o que acontece.

Brasileirão (36ª rodada) - resultados e detalhes

Disputou-se este fim de semana a antepenúltima jornada do campeonato brasileiro (Série A).
Se já estava emocionante antes, mais ficou depois desta rodada em que houve novamente mudança de líder.
Antes estava assim: 1º Corinthians (63), 2º Fluminense (62), 3º Cruzeiro (60).
Depois ficou assim: 1º Fluminense (65), 2º Corinthians (64), 3º Cruzeiro (63).

Sábado:
Grémio Prudente (20º/28) - Ceará (12º/46)
1-1
No estádio Eduardo José Farah, em Presidente Prudente, o rebaixado Grêmio não quis fazer feio perante o seu público (842 apenas!!!) e empatou com o Vozão de Fortaleza. Os golos do empate foram da autoria de Rhayner para o Prudente e de Geraldo para o Ceará.

Flamengo (13º/43) - Guarani (18º/37)
2-1
No Engenhão, o Flamengo venceu com golos de Renato e Diego Maurício, ambos marcados na 1ª parte e deu um passo talvez decisivo para afastar o espectro da descida.
Pelo contrário, o Guarani marcou o golo de honra por Baiano e está quase rebaixado à Série B.

Grêmio (4º/57) - Atlético-PR  (5º/56)
3-1
No estádio Olímpico em Porto Alegre, o Grêmio venceu o concorrente a uma vaga no G-4 (zona de acesso à Copa Libertadores), com golos de Neuton, Douglas e Diego. O golo de honra dos paranaenses foi marcado pelo seu artilheiro Paulo Baier.
O Grêmio protagonizou uma recuperação sensacional. À 17ª jornada estava na zona de rebaixamento (descida) e à 36ª chega ao 4º lugar. Responsável principal por esta recuperação, o técnico Renato Gaúcho que substituíu Paulo Silas.

Domingo:
Palmeiras (10º/50) - Atlético-MG  (14º/42)
0-2
Em casa emprestada, no Fonte Luminosa, em Araraquara, a reserva do Palmeiras perdeu com os mineiros do Atlético que assim respira melhor e cada vez se vê mais longe da zona de descida.
Diego Souza e Neto Berola marcaram os golos da vitória do Atlético.
Relembro que o Palmeiras de Scolari está na disputa da Copa Sul-Americana e joga na 4ª feira contra o Goiás, que está despromovido/rebaixado desde esta jornada, o apuramento para a final da prova cujo vencedor terá acesso à Libertadores-2011.

Vitória (17º/40) - Corinthians (2º/64)
1-1
O Corinthians que partia para esta jornada na frente da classificação, apesar de se ter adiantado no marcador por Danilo, não conseguiu segurar a vitória consentindo um empate aos donos da casa, através dum penálti marcado pelo guarda-redes (goleiro) colombiano Viáfara.
Jogando no seu estádio (Barradão) os baianos precisavam muito da vitória para fugirem à zona de descida. Não o conseguiram e ainda viram um adversário directo (Avaí) vencer, caindo por isso na referida zona.

Botafogo (6º/56) - Internacional (7º/54)
1-2
No Engenhão, o Botafogo que ainda luta pelo 4º lugar, deu um passo atrás ao perder com os gaúchos do Inter, campeões da Libertadores-2010.
Os golos pertenceram a Antônio Carlos para os cariocas e a Andrezinho e Rafael Sobis para os gaúchos. Curiosa a tarja dos adeptos gaúchos a pedir à equipa que entregassem o jogo ao Botafogo para impedir o rival Grêmio de chegar ao G-4. Porém a equipa, mesmo desfalcada, não quis saber do pedido e venceu.

São Paulo (9º/51) - Fluminense (1º/65)
1-4
Na Arena Barueri, na grande S. Paulo, o donos da casa (emprestada) ainda chegaram ao 1-1, mas depois de duas expulsões (Xandão e Richarlyson) não conseguiu segurar o empate. Curiosamente, os adeptos do São Paulo festejaram a derrota junto com os do Fluminense, tudo por causa da rivalidade com o Corinthians que luta pelo título. Os golos da partida foram marcados por Lucas Gaúcho para os paulistas e por Gum, Fred e Conca (2) para os cariocas.
Este jogo marcou o regresso de Deco e Fred à equipa do Fluminense.

Goiás (19º/33) - Santos (8º/53)
1-4
Jogando no Serra Dourada, os donos da casa já estavam com a corda na garganta e só uma vitória lhes poderia adiar a descida. Porém, Neymar e Cª não estiveram pelos ajustes goleando os goianos.
Os golos foram marcados por Danilo e Neymar (3) para os santistas e por Ernando para os goianos.
Agora, apenas a eliminação do Palmeiras e apuramento para a final da Sul-Americana lhes pode salvar a época.

Avaí (16º/40 - Atlético-GO (15º/40)
3-0
No Ressacada, em Florianópolis, os donos da casa venceram um duelo de aflitos e mercê do empate do Vitória frente ao Corinthians, saíu da zona de descida, ficando agora com os mesmos pontos do Vitória e do seu adversário neste jogo.
Os golos dos catarinenses foram da autoria de Eltinho e Jéferson (2). Patric, emprestado pelo Benfica ao Avaí voltou a alinhar os 90 minutos.

Cruzeiro (3º/63) - Vasco  da Gama (11º/46)
3-1
Jogando na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas, o Cruzeiro venceu e aproximou-se do 1º lugar face ao empate do Corinthians em Salvador.
Os golos dos mineiros foram marcados por Roger, Edcarlos (curiosamente dois ex-benfiquistas) e Henrique e o dos vascaínos por Renato Augusto. Éder Luís desta vez ficou em branco.

Da luta pelo título já falei acima, quanto à da descida, temos já despromovidos o Grêmio Prudente e o Goiás. As outras duas vagas sairão do lote Guarani (37), Vitória (40), Avaí (40), Atlético-GO (40), Atlético-MG (42) e Flamengo (43) quando estão apenas 6 pontos em disputa.

A falácia da morte com petardo

À falta de outros argumentos, sempre que se critica a Juve Leo e os Super Dragões, vêm os comentários  dos adeptos de ambos os clubes, dizendo que foi uma claque benfiquista que matou um adepto do Sporting no Estádio Nacional. 
É verdade que matou, concerteza não queria fazê-lo mas aconteceu, foi um acto criminoso e foi julgado por isso. Mas, só não aconteceu o mesmo com as claques supra mencionadas porque não teve que acontecer.
A prová-lo está o acidente acontecido no jogo de ontem, da Taça de Portugal, entre o Sporting e o Paços de Ferreira em Alvalade.
Não estou a criticar ninguém em especial, apenas quero lembrar que acidentes acontecem e nenhuma claque está acima de qualquer suspeita.

Paulo Baptista e Falcao salvam FCP

O FCP apurou-se para a próxima eliminatória da Taça de Portugal ao vencer em Moreira de Cónegos por 1-0, com golo de Falcao. 
Para a história ficará o resultado apenas, mas para que conste, aqui fica a prova do roubo do sr. Paulo Baptista, não sei se de igreja ou de catedral, ao Moreirense que viu um golo anulado mesmo em cima do intervalo. 
Não havia necessidade sr. árbitro!
(via Pinceladas Gloriosas)

Um novo Drácula?

O avançado uruguaio Luis Suárez, do Ajax, que ficou famoso no Mundial por ter defendido com a mão um golo certo do Gana no último minuto, protagonizou agora uma cena esquisita, no clássico holandês entre o Ajax e o PSV, ao morder à Drácula um adversário.

Mais uma guerra entre cronistas

A exemplo do que sucedeu entre o plagiador MST e os Gato Fedorento (RAP e ZDQ) nas páginas dum jornal e que acabou por originar a saída dos Gatos do jornal, agora começou outra guerra, desta vez cruzada, entre um cronista dum jornal, Domingos Amaral e um doutro, Rui Moreira.
Para quem não leu ainda, aqui fica um pequeno excerto do que escreveu DA:
Na última crónica, em p.s., sugeri que o senhor se colocasse a 20 metros, para eu lhe atirar bolas de golfe, tal como os Super Dragões fizeram ao Roberto. Era uma provocaçãozinha brincalhona, uma bravata inofensiva, mas não era um insulto pessoal. Para meu espanto, e qual fidalgo atingido pelo ferrete da desonra, o senhor rebentou de raiva ao ler-me. Na sua prosa do jornal “A Bola”, perturbadíssimo, dispara-me uma rajada de insultos. Espuma, e nem refere o meu nome; bufa, e chama-me “vintém”; vocifera, e diz que de mim “exala um terrível fedor”; e por fim explode, acusando-me de “proselitismo anacrónico, patético e provinciano”.
Porque será que os adeptos do clube azul não admitem que lhes toquem nas feridas?
Eles fazem toda a porcaria que lhes apetece e nada acontece (o seu estádio deveria ter sido interditado) e ainda espumam de raiva quando alguém atinge o seu clube que acham impoluto.

Os cães de fila do clube da corrupção

A propósito do lançamento do livro "As manobras de Pinto da Costa" que chegou hoje às bancas, publiquei um post e quase de imediato surgiu um "cão de fila" afecto ao clube do visado no livro com ameaças de me processarem por difamação, inclusivé chegando ao extremo de publicar um post referindo-se a mim e ao meu post. Não vou dizer qual o blog para não fazer publicidade gratuita. Apenas digo que é um dos que chafurda num tal Futebolar, site que exala um cheiro nauseabundo e onde bater no Benfica é o passatempo preferido.
É incrível como esse clube e o seu presidente conseguem passar impune a tudo. Só em Portugal! Mas ainda tenho esperança que essa impunidade não seja eterna.


Não há limites para o belo

Sensacional!

O que pretende Maradona?

Maradona sempre a surpreender-nos.
De repente aparece em Madrid, vai a um treino do Real e desata a elogiar José Mourinho.
Foi aquilo que foi como jogador, mas como treinador ainda não deu provas de ser ou poder vir a ser um grande treinador.
A dedicatória de Mourinho na camisola oferecida a Maradona, roça o ridículo.
Tenho vergonha de autografar uma camisola a Don Diego! És o número um. Adoro-te.
Mourinho, não precisava!

A tentativa de desestabilização

A maioria dos jornais tudo tem tentado e continua a tentar para desestabilizar o Benfica. A grandeza assusta, não a eles mas a quem lhes encomenda as notícias. 
O comunicado do Benfica a desmentir as contratações feitas pela imprensa foi demasiado brando, sobretudo para o CM. O que este jornal afirmou é muito grave. É uma clara tentativa de envenenar o relacionamento entre Luís Filipe Vieira e Jorge Jesus.
Isso mesmo foi referido ontem num programa da Benfica TV conduzido por Afonso Melo e em que estiveram presentes Pedro Guerra, João Malheiro e um outro benfiquista que não recordo o nome.
Eles podem fazer o que fizerem, mas não vão conseguir destruir o Benfica como estão fazendo com o Sporting e já fizeram com outros. E não vão conseguir porque o Benfica é imortal!
Para quem não sabe aqui fica uma informação importante e interessante. Desde o jogo no Dragão, menos de 15 dias se passaram, já entraram mais de 300 novos sócios, sendo 45 no dia seguinte ao referido jogo.
Qual o outro clube em que isto acontece?


Corrupção no futebol chega a Moçambique

O campeonato de Moçambique, vulgo Moçambola, terminou há cerca de 15 dias com a vitória inédita da Associação Liga Muçulmana de Maputo, treinada por Artur Semedo, por acaso um adepto do Benfica de quem sou amigo desde o tempo em que jogou no Benfica de Lourenço Marques que depois mudou de nome para Costa do Sol.
A Liga Muçulmana surgiu há 5 anos no futebol oficial. Depois de galgar todos os degraus, chegou à 1ª divisão em 2008.
Perguntarão como é possível um clube tão novo ser campeão nacional. Pois é, o dinheiro! Na época passada (2009), contratou para técnico o Prof. Neca, que no entanto não ficou a época inteira, apesar de ter estado no 1º lugar da classificação. Este ano finalmente conseguiram o título.
Sendo uma equipa com pouquíssimo apoio popular, já que a maioria dos adeptos de Maputo são do Costa do Sol, do Maxaquene, do Desportivo e do Ferroviário, os chamados clubes grandes do futebol moçambicano, para ser campeão é preciso ser muito superior ou recorrer a meios anti-desportivos.
Pelo que disse atrás, não me surpreendeu nada a notícia que podem ler a seguir.

Espectáculo no Voleibol

Nunca entendi porque no hóquei em patins se marca falta quando a bola bate no patim ou na bota. O voleibol já evoluíu nesse aspecto.
Há poucos dias no Mundial feminino que decorreu no Japão, uma brasileira evitou que uma bola fosse para fora recorrendo ao pé, fazendo inveja a muitos futebolistas. Neste vídeo é um italiano que conquista um ponto duma forma surreal. De calcanhar!

O homem é doido!

O Jimmy Jump propõe-se colocar um barrete vermelho em José Mourinho como compensação a quem o ajudar a pagar multas que ascendem a 100 mil euros, referentes a anteriores invasões de campo.

As manobras de Pinto da Costa

Todos os escândalos pessoais e profissionais, as contradições e estratégias do presidente do FC Porto são desmontados por Marco Alves no livro “As manobras de Pinto da Costa”, que chega às bancas amanhã. O objetivo do autor é mostrar o verdadeiro homem por detrás de Pinto da Costa, de 72 anos, que completa 35 como líder dos dragões. A sua paixão por Carolina Salgado – que motivou uma das suas idas a tribunal –, o casamento com Filomena e o namoro com a brasileira Fernanda são alguns dos temas abordados na obra, que recupera ainda todas as guerras e “estratégias sinistras” levadas a cabo por Pinto da Costa.
Pinto da Costa, o homem que ficará conhecido no futuro como o presidente que ganhou mais títulos no mundo, mas também como o que teve mais processos judiciais mas nunca foi preso. Vá lá saber-se porquê!
Futuro best-seller sem dúvida!

O êxito da Benfica TV

A Benfica TV foi inaugurada em 10 de Dezembro de 2008. Na altura ninguém imaginaria que menos de dois anos volvidos estaria sendo vista em 1 milhão de lares e emitindo para países estrangeiros. De momento para os Estados Unidos da América, a Suíça, o Luxemburgo e Cabo Verde, havendo já outros na calha para breve.
Este êxito da Benfica TV era inimaginável para o benfiquista mais optimista. E se falarmos de não benfiquistas, então nem se fala.
Para confirmar, deixo-vos aqui um comentário anterior à entrada em funcionamento do canal.
«Até agora não vi ninguém a comentar o “grande” e novo projecto do Benfica – o Canal Benfica. Para além de ser um serviço pago, não tenho grandes esperanças quanto aos seus conteúdos televisivos. Podemos esperar do Canal Benfica mais um “sucesso” à semelhança do que foi a Operação Coração? Será apenas um canal de TV para que Luis Filipe Vieira consiga fazer boa figura? Será apenas um canal de TV para fazer do Benfica um verdadeiro clube da primeira Liga? Não será apenas um canal para disfarçar os péssimos resultados desportivos?
Acredito que o novo canal do Benfica não passará de uma RTP Memória ou de um canal História.
Afinal de contas, qual a finalidade deste canal televisivo?»
A Benfica TV veio permitir aos benfiquistas e não só, mas sobretudo, verem jogos das categorias de formação, no futebol e noutras modalidades, de todos os jogos realizados nos Pavilhões da Luz nas várias modalidades em que o Benfica compete. Daí talvez o grande êxito que obteve pois somos o maior clube português e um dos maiores do mundo.
O canal já é um êxito e o resto é paisagem.

Os arquivos da RTP

A história do futebol português sobretudo a partir da década de oitenta, tem sido pasto de várias interpretações, consoante os quadrantes que a analisam, que a contam e a querem aprisionar de molde a servir os superiores interesses clubistas e não só.
Se isso é digamos um interesse lógico, a opinião pública merece que ela seja correctamente contada e divulgada (e estamos a falar obviamente de factos públicos), para evitar que, cada um a divulgue conforme os interesses do seu clube, adulterando factos, distorcendo situações e branqueando ou sobrevalorizando argumentos.
E se alguns afectos ao clube A ou B a viveram e poderão contar a sua experiência, ou porque involuntária ou propositadamente a referem de uma determinada maneira, logo as pessoas e os interesses ligados aos clubes contrários se apressam a desmenti-la ou a reportá-la consoante as suas conveniências.
Isto confunde a opinião pública comum, porque não entende qual a razão porque, por exemplo, escutas telefónicas são validadas no caso C e servem para condenar os arguidos D e E, e já não o são no caso F em que os arguidos foram ilibados.
Esta dicotomia tem originado que algumas pessoas tenham querido abalançar-se a uma tarefa que consistia em tentar contar a história apoiadas em factos reais e verdadeiros por forma a aproximá-la tanto quanto possível da realidade, sem adulterações grosseiras e de uma forma factual, objectiva e independente.

Quem é Funes Mori

O avançado argentino do River Plate, Rogelio Gabriel Funes Mori, é dado como certo no Benfica a partir de Janeiro. Tem apenas 19 anos (5 de Março de 1991), mede 1,85 e é internacional sub-18 e sub-20.

Ora então temos o Tacuara de novo

Óscar Cardozo, o melhor marcador do campeonato passado, está de volta aos treinos sem limitações. É uma grande notícia para o Benfica e os benfiquistas, mesmo os que não morrem de amores por ele.
Para além de Kardec estar "tocado" nesta altura e não se saber se recupera para o jogo da Liga dos Campeões em Israel, é sempre bom ter dois pontas-de-lança disponíveis pois pode ser preciso ter os dois em campo para arrancar a vitória que precisamos para ficarmos mais perto da qualificação.
Mas, será que estará em forma e em condições de jogar já na próxima semana?
Pelo que fez no treino de ontem, parece que sim.
E por falar de avançados, o Record já contratou mais dois para o Benfica, um argentino e um uruguaio.
Se por acaso for verdade, o argentino talvez seja, é um belíssimo jogador.

Sensacional Portugal

Ninguém esperaria uma vitória por estes números e com uma exibição soberba de quase todos os jogadores.
O árbitro francês que apitou esta partida cometeu um crime ao anular o golo de Ronaldo após uma verdadeira obra-prima, depois de deixar Piqué sentado, picou por cima de Casillas. A bola estava dentro quando Nani cabeceou a bola.
Paulo Bento surpreendeu Del Bosque com uma pressão alta da equipa portuguesa não dando muito espaço para as habituais trocas de bola dos espanhóis e depois de conquistada a bola saindo muito rápido para o ataque surpreendendo as linhas recuadas da selecção campeã da Europa e do Mundo.
Embora uns se tenham salientado mais que outros, não seria justo mencionar nomes porque todos estiveram em grande plano.
Que exibição! E a selecção conquistou de novo os portugueses.
A obra-prima:

Gente sem escrúpulos e vergonha!

Há alguns meses atrás soube que no Google Maps, na indicação do Estádio da Luz estava escrito «Clube dos porcos e assassinos»
Sei que alguém teria informado a Google sobre a situação. No entanto, ainda persiste, ou então colocaram novamente.
É vergonhoso haver gente sem escrúpulos e sem vergonha que se prestam a tudo para denegrir a imagem dum clube sério e apenas o MAIOR de Portugal, o que dói a muita gente, especialmente se vestirem de verde ou azul.
(Clique na imagem para aumentar)

Qual é a trama agora?

Fernando Gomes, presidente da Liga de Clubes, não dá ponto sem nó!
Depois de ter "comido" e bem, o presidente do Benfica, agora voltou a reunir-se com L. F. Vieira, J. E. Bettencourt e um ex-vice do Barcelona, num Hotel de Lisboa.
Qual terá sido a trama agora?
Dão-se alvíssaras a quem der uma pista!

Ser "Musa" a quanto obriga

Nina, a musa do Grêmio e do Brasileirão-2010, concedeu uma entrevista ao GloboEsporte onde diz que perdeu o emprego por causa do concurso, mas não só. Também porque antes esteve doente e faltou bastante ao emprego.
Apesar de ser gaúcha, de Porto Alegre, vive no Rio de Janeiro e cursa "Artes Cénicas" porque quer ser atriz.
Com os 25 mil reais que ganhou vai pagar as dívidas do cartão de crédito e guardar o restante que lhe permitirá sobreviver enquanto estuda para realizar o seu sonho de ser atriz.
Por fim disse que não descarta a possibilidade de posar nua para uma revista, dependendo do cachet.

O golfe é o desporto da moda

Enquanto as bolas de golfe foram uma exclusividade made in FC Porto ele esteve caladinho que nem um rato. Elas não matam, mas doem não é? Refiro-me ao J. Q. Manha.
Depois de se saber que as bolinhas brancas, duras como pedras, tinham esgotado na véspera do V. Guimarães-Braga é que ganhou coragem para escrever um artigo de opinião desancando nos utilizadores destas bolas nos estádios de futebol, em vez dos greens.
É que assim quem o ler dirá que se está a referir aos portistas e também aos vimaranenses.
Crítica feita, agora concordo quando diz que «a falta de poder e de disciplina no futebol português, que disfarça com castiguinhos fantoches a escandalosa impunidade das práticas criminosas e xenófobas que vêm minando o jogo por dentro, abriram caminho a esta perversão. O que podia ser o paraíso do golfe, à escala mundial, está em vias de se tornar num inferno, de dimensão paroquial, com esta guerra imbecil entre chusmas de marginais, abrigados por emblemas e bandeiras que mereciam mais respeito».
Enquanto tivermos os dirigentes que temos nada mudará neste nosso futebolzinho onde até clubes profissionais não têm 40 mil euros para organizar um jogo.

Alerta aveirense

Parece impossível, mas é verdade. O Beira-Mar está à beira do abismo! Um clube profissional não ter 40 mil euros para a organização dum jogo é porque está realmente numa situação financeira muito grave.
Enquanto a equipa até nem tem estado mal nos últimos jogos, vencendo em Braga e empatando em Olhão.
Como sabemos o próximo jogo dos aveirenses é com o Benfica. Sendo assim, que atitude deve ser tomada pelos responsáveis benfiquistas?
Apelar aos seus adeptos que compareçam em Aveiro e ao mesmo tempo apoiar financeiramente o Beira-Mar, ou apenas fazer o apelo e deixar que a Liga de Clubes cumpra o seu dever?
É um dever moral do Benfica levantar o boicote numa situação destas, demonstrando que é um clube diferente.
Este caso vem demonstrar o quanto é frágil a situação financeira da maioria dos clubes que têm poucos sócios e adeptos.

Proibição de tarjas na Luz (II)

Há uns dias atrás publiquei um post com o título acima.
Na altura do post a proibição de entrar com duas tarjas tinha ocorrido aquando do Benfica-Lyon da Liga dos Campeões e as mesmas não tinham qualquer intuito ofensivo para ninguém como podem constatar ao ler o post.
Volto a este assunto agora porque começa a ser um absurdo o que se está a passar.
O blog benfiquista Magalhães-SAD-SLB foi vítima da censura atrás referida. E o mais estranho é que já entraram com uma tarja igual noutros estádios do país e não foi censurada.
De acordo com a explicação dada pelo benfiquista Gil Vicente, autor do Blog Coração Encarnado, num comentário deixado no Blog Magalhães ..., não há qualquer legislação que impeça a exibição de tarjas desde que não contenham quaisquer frases ofensivas. (ler rectificação abaixo)
Outro benfiquista que comentou (Amadorjp) diz que alguém dentro do Benfica  o informou que a censura às tarjas não é do Benfica, mas sim da Liga de Clubes.
Agora pergunto, se a responsabilidade é da Liga porque motivo não foi permitida a entrada no dia do Benfica-Lyon, cujo jogo não era da responsabilidade da Liga de Clubes?
Alguém do Benfica deve dar uma explicação plausível sobre o que está a acontecer porque não podemos permitir que isto continue a acontecer.

Rectificação:
Sobre a afirmação aqui atribuída ao benfiquista Gil Vicente, devido à leitura rápida que fiz da mesma, confesso que foi erradamente interpretada por mim. O que por ele foi dito, referindo-se às claques, foi, «Está-lhes vedado o uso de tarjas, símbolos, cartazes, bandeiras e coisas semelhantes que, além do mais, incitem à violência ou contenham mensagens ofensivas».
Depois da sua chamada de atenção, aqui fica a rectificação e o meu pedido de desculpas ao mesmo e aos leitores deste post.
Mesmo assim, continuamos a não entender os motivos das proibições/censuras às tarjas que não contenham palavras ofensivas para ninguém!

E agora?

Com o regresso de Cardozo à vista o que fazer com Kardec?
Ou doutra forma, Cardozo deve render Kardec logo que esteja recuperado?
Julgo que esta é uma boa questão para debate entre os benfiquistas. E que não terá uma resposta consensual!
Para uns Cardozo é um "matador" e estando em condições deve ser imediatamente colocado no onze do Benfica. Para outros, Cardozo necessita de ganhar ritmo primeiro e só depois deverá jogar de início, devendo por isso continuar a aposta em Kardec que o tem rendido desde a lesão do paraguaio a 29 de Setembro na Alemanha.
Por aquilo que tenho lido, Jesus apesar de gostar muito de Kardec e de o estar constantemente a apoiar e ensinar, anseia pelo regresso do seu goleador.
Pessoalmente julgo que Cardozo só deve voltar ao onze do Benfica quando estiver em boa forma física. Até lá, vai entrando aos poucos para ganhar ritmo.
Tem a palavra Jorge Jesus!

A propósito da vergonha no Andebol

O Benfica foi escandalosamente prejudicado em casa frente ao Sporting no andebol.
Há dias aconteceu o mesmo com o hóquei em patins frente ao FC Porto.
Quer-me parecer que os árbitros andam a brincar com o fogo.
O Benfica reforçou-se em todas as modalidades de pavilhão para ter equipas correspondentes à sua grandeza e ganhar títulos. Porém, existem forças de bloqueio a querer impedir que isso aconteça.
Chegará o dia em que os benfiquistas, que têm sido demasiado pacientes, digam basta e partam para campos onde não deveriam. É que a paciência tem limites!
O técnico do andebol do Benfica disse no final do jogo, «Temos razões de queixa nos critérios de jogo passivo e nos critérios disciplinares. Sobre as exclusões, só posso dizer que não sei se foram os meus jogadores que perderam a cabeça. Sabemos que temos mais obrigações e temos menos direitos. Vão cobrar tudo e mais qualquer coisa. Com os jogadores do Benfica são sempre muito críticos.»
Como amante das modalidades e seguidor das mesmas confesso que me sinto cada vez menos condescendente com este estado de coisas. 

Que grande artista

Há jornalistas e jornalistas!
Ainda existem alguns isentos, mas poucos.
Fiquei enojado ao ler a apreciação individual aos jogadores do Benfica feita por um jornalista que já ouvi dizer que era benfiquista. Outro Pedro Proença, só que da caneta.
Tirem as vossas ilações.
Roberto – Esplêndida defesa a remate de Fábio Júnior. Muito seguro.
Ruben Amorim – Acusou falta de ritmo e deu muitos espaços na direita.
Sidnei – Tremenda falta de velocidade perante Fábio Júnior, mas ia marcando em jogada individual.
David Luiz – Fábio Júnior fez o que quis dele e assistiu Marinho para boa oportunidade. Demasiado calmo.
Fábio Coentrão – Muito cauteloso, furou pela esquerda e ofereceu um golo que ninguém quis aproveitar.
Airton – Pouco influente. Destacou--se em grande remate de longe.
Salvio – Muito irrequieto, iniciou as jogadas de três golos com grandes passes para Saviola e Gaitán. Isolou Aimar duas vezes e fez duas assistências. Faltou o golo.
Aimar – Falhou quatro golos, dois depois de se isolar. Excelente atitude.
Gaitán – Espectacular golo de fora da área (2-0) e nova grande execução no 3-0. Esteve perto do hat-trick.
Saviola – Assistiu Kardec para o primeiro golo, mas já fez bem melhor.
Kardec – Oportuno a emendar o passe de Saviola para o 1-0, teve ainda um cabeceamento perigoso.
Jara – Grande jogada para Aimar acertar no poste e uma assistência para Gaitán falhar.
César Peixoto – Assobiado em casa.
Nuno Gomes – Marcou com garra.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

ARQUIVO DO BLOG

Prémio Relíquia da Internet

Prémio Relíquia da Internet

Presente do grande CORAÇÃO ENCARNADO

Presente do grande CORAÇÃO ENCARNADO

Adaptado por Blogger Benfiquista

Blog do Manuel © 2008. Template by Dicas Blogger.

TOPO