Época 2015/16

Época 2015/16

Agora já é oficial

Está confirmado o negócio por parte do Benfica, por isso agora é definitiva a transferência de David Luiz para o Chelsea.
Afinal são 25 milhões e não 20 como foi especulado, mais a totalidade dos direitos desportivos do sérvio Nemanja Matic, avaliados em 5 milhões. Total 30 milhões! Este é o valor oficial do negócio comunicado à CMVM.
Mas, este negócio ainda poderá render mais cerca de 5 milhões de euros, sendo 3,5 de objectivos a atingir e 1,5 de receita dum jogo na Luz entre os dois clubes.
Adeus David Luiz e boa sorte benfiquista!

Calma pessoal!

Anda tudo de cabeça perdida sobre a notícia que saíu esta tarde da venda de David Luiz ao Chelsea. Sobretudo pelo valor anunciado.
Até que o Benfica anuncie a venda não acredito nos valores que foram referidos.
O Benfica rompeu as negociações na semana passada com os ingleses porque não houve acordo quanto aos valores e/ou à forma de pagamento. Sendo assim, como é possível que agora venha a fechar o negócio precisamente pelos mesmos valores que se falava na altura do rompimento das negociações?
Não bate a bota com a perdigota! Calma, vamos esperar pelo comunicado do Benfica.

O árbitro da moda

Está desfeito o enigma do nome do árbitro para o jogo de 4ª feira no Dragão. Chama-se Paulo Baptista!
Espero que faça um bom trabalho, sobretudo isento, embora torça o nariz. Perguntarão porquê?
Porque não tem grande categoria, porque não é imune a ambientes escaldantes e porque já apitou vários jogos do Porto esta época, o último dos quais na 4ª feira passada no jogo antecipado da 20ª jornada.
Será que não existem mais árbitros, sr. Vítor Pereira?

Atenção a Jara

O jovem argentino Franco Jara está a crescer como jogador a olhos vistos.
Apesar de muitos benfiquistas o terem considerado um "barrete", outros acharem que não tinha categoria para o Benfica, o que é certo é que ele está em crescendo de forma e a marcar golos sempre que joga.
Confesso que cheguei a pensar que explodisse mais rápido depois de o ter visto fazer algumas boas exibições na pré-época, nomeadamente no Torneio do Algarve, quando o Benfica experimentava o sistema 4-3-3 misto, como lhe chamava Jorge Jesus. Depois veio um período apagado, mas Jesus sempre manifestou esperança na sua capacidade, tanto que impediu a sua saída por empréstimo em Janeiro.
Em boa hora surgiram os jogos da Taça da Liga que permitiram que ele jogasse mais e começasse a mostrar aquilo que já vale, mas sobretudo, aquilo que pode render a médio prazo. Pela sua raça, força, velocidade, aliada a uma técnica individual quanto baste, poderá ser uma peça muito importante nesta segunda parte da época.

Aceitam-se apostas

O FC Porto-Benfica da Taça de Portugal a disputar na 4ª feira será um jogo escaldante como já é habitual pois em todos os últimos jogos disputados naquele estádio tem havido confusões.
Precisa-se dum árbitro imune a pressões, mas será que existe algum? Duvido!
Estou curioso para saber quem será o escolhido. No entanto, porque ainda não apitou nenhum jogo do Benfica, não me admiraria nada que fosse escolhido o árbitro do sistema, especialista em inclinar campos quando apita o Benfica.
Aceitam-se apostas!

Depois dum sábado, um Domingo Glorioso

Depois do Benfica ter ganho tudo nas modalidades e categorias mais importantes ontem, hoje a onda vermelha manteve-se.
No Futebol sénior, vitória na Vila das Aves, frente ao desportivo local, por 4-0 e apuramento 100% vitorioso para a meia-final da Taça da Liga.
No Hóquei em patins, vitória caseira frente ao Juventude de Viana por 7-2, mantendo o 1º lugar no começo da 2ª volta do campeonato.
No Voleibol, mais uma vitória caseira, desta vez frente ao Sporting de Espinho, nada menos que o campeão, por 3-0, com os parciais de 27-25, 25-20 e 27-25, manutendo o 1º lugar. Pena que a pontuação não servirá de nada para a 2ª fase da prova.
Todos os benfiquistas desejam que a onda vermelha continue nesta 4ª feira.

Tranquilamente, Benfica faz o pleno!

O Benfica, a par do Paços de Ferreira e do Nacional, fez o pleno na fase de Grupos da Taça da Liga.
Depois de 2-0 ao Marítimo (casa) e 3-2 ao Olhanense (casa), hoje 4-0 frente ao Desportivo das Aves (fora).
E agora venha o Sporting para as meias-finais da prova. A outra meia-final será jogada entre o Nacional e o Paços de Ferreira, equipas que puseram fora da prova FC Porto e Sp. Braga/V. Guimarães.
Mesmo com uma equipa quase 100% reservista, apenas Javi Garcia e Aimar entraram de início, o Benfica controlou o jogo e venceu tranquilamente com golos de Javi Garcia, Jara, Nuno Gomes e Felipe Menezes. Mais uma vez, Nuno Gomes entrou e marcou, fazendo ainda a assistência para o 4º golo.
Na baliza, Moreira esteve bem, fazendo 3 ou 4 boas defesas. 
Na defesa, Luís Filipe cumpriu, Sidnei foi hoje o patrão da defesa, Jardel estreou-se com uma exibição positiva, pena a lesão na parte final que o condicionou e César Peixoto alternou o bom com o sofrível devido à falta de velocidade.
No meio-campo, Felipe Menezes quase passava ao lado do jogo, até que mudou para o lado esquerdo e melhorou, tendo inclusivé marcado um grande golo, Aimar esteve lento, longe do que tem mostrado nos últimos jogos e Fernandez teve uma estreia esforçada, sem grandes rasgos, mas teve a virtude de fazer a assistência para o golo de Javi.
Na frente, Kardec esteve apagado e Jara foi um diabo à solta dando água pela barba à defesa avense. Merecido o golo que muito procurou.
Airton que entrou para o lugar de Aimar juntou-se a Javi, talvez num ensaio para o Dragão. Salvio substituíu Fernandez e deu logo um abanão no jogo que passou de 1-0 para 4-0. Nuno Gomes entrou para o lugar de Kardec e marcou pouco depois, à semelhança do que acontecera na última vez que jogou, contra a Naval na Luz.

À Associação de Futebol do Porto e suas aliadas, o futebol português agradece

A Assembleia-Geral da FPF confirmou o pior cenário. O silêncio do Pinto já o indiciava!
Só tenho pena que a Associação da minha terra natal, tenha alinhado ao lado desse mafioso. Como se ganhassem algo com isso. Gostaria de saber o que lhes terá prometido esse mafioso!
E agora? Agora tem a palavra o Governo. Se nada fizer serão coniventes com a mafia que vem dominando o futebol português.

Afinal não é uma competição menor!

Face à derrota frente ao Nacional da Madeira, muitos portistas desvalorizaram a Taça da Liga, dizendo que era uma competição menor e que não tinha grande interesse.
Contrariando esses portistas, o André Villas-Boas após o empate de hoje e consequente eliminação da competição veio dizer que querem ganhá-la o mais breve possível para juntar ao palmarés do clube. Afinal não tem nenhuma ainda!
Pois para mim, a denominada taça da cerveja (Carlsberg), por acaso já não é, agora é a taça das apostas (Bwin) tem valor porque é uma competição oficial e conta para o palmarés. Ficarei por isso bastante contente se o Benfica a vencer pois será TRI!
Vejam um roubo de bola legalíssimo!

Mais um sábado Glorioso

O Benfica está bem e recomenda-se.
Mais um sábado em que saíu vencedor nos jogos disputados de várias modalidades mais importantes.
No Basquetebol, uma vitória importante sobre o V. Guimarães que tem sido a nossa besta negra. Jogo a contar para a 13ª jornada da chamada Fase Regular do campeonato, disputado no Pav. da Luz e cujo resultado final foi um folgado, 79-63, mantendo o 2º lugar na prova.
No Futsal, vitória muito importante sobre o 2º classificado, o Belenenses, no terreno dos azuis. O resultado final foi um 5-4, mantendo a liderança, agora mais folgada.
No Voleibol, vitória fácil sobre o Esmoriz por 3-0, com os parciais de 25-18, 25-16 e 25-15, mantendo o 1º lugar na classificação.
No Futebol júnior também se registou uma vitória importante sobre o rival Sporting por 2-1, terminando a 1ª fase em 1º lugar.
Amanhã jogam as equipas de Futebol sénior, contra o Desportivo das Aves, Hóquei em patins, contra o Juventude de Viana e o Voleibol novamente, desta vez contra o Sporting de Espinho, o actual campeão.
O Andebol continua sem campeonato que apenas se reata em 12 de Fevereiro.

Os hipócritas!

A confusão que se instalou no final do Benfica-Nacional e que culminou com os empurrões mútuos de Jorge Jesus e Luís Alberto, continua a dar que falar.
O jornalista Rui Santos, no seu artigo no Record, mostra-se um verdadeiro hipócrita, como diz e muito bem o Anti-Benfica.
Na verdade, o caso Jorge Jesus não é único para ser tratado e castigado exemplarmente. Pergunto, e os outros?
Alguém escreveu alguma coisa ou pediu algum castigo para um director do Paços de Ferreira que terá agredido o treinador leiriense Pedro Caixinha, segundo acusação deste, no mesmo dia do Benfica-Nacional?
Sendo assim, porquê apenas Jesus deve ser exemplarmente punido? Mais, porque motivo a punição exemplar aplicada a Hulk e Sapunaru se transformou numa punição ridícula? Rui Santos insurgiu-se?
Quantos e quantos casos passíveis da abertura de inquéritos foram alvo de atenção pela CD da Liga?
Não sejamos hipócritas!

Saviola, o Bola de Ouro

Saviola foi eleito pelo jornal A Bola o Bola de Ouro de 2010, sucedendo a Lucho Gonzalez que havia vencido em 2009.
Merecido o prémio pois Saviola foi determinante para a conquista do título de campeão, não só pelo que jogou como pelos golos decisivos que marcou.
Esta época teve um começo difícil, mas já voltou a ser o Saviola da época passada e espero continue a ser decisivo a marcar e a assistir outros colegas.
Parabéns Saviola!

Que moral tem este animal para falar?

Neste futebolzinho tuga já nada nos deve surpreender. Ainda assim isso acontece!
Depois de ter sido escrito em quase toda a comunicação social que nem o árbitro, nem o delegado da Liga, nem o Benfica, nem o Nacional tenham feito qualquer menção ou denúncia, ainda assim a CD da Liga decidiu abrir um inquérito aos incidentes. Já li algures que teria havido denúncia de terceiros. Quem foi, quem foi? Está-se mesmo a ver!
Agora, depois do inquérito ter sido aberto, não havendo mais nada a fazer para o evitar, o corrupto presidente do Nacional tem distinta lata de se armar em moralista e acusar o Benfica de proteccionismo na imprensa, que as imagens são claras, etc. e tal. Grande hipócrita!
É caso para perguntar a este mafioso se o jeitinho dado ao Porto antecipando o jogo da 20ª jornada e comprometendo o apuramento para as meias-finais da Taça da Liga, não será passível de abertura de inquérito. Ou ele não sabe que abrir as pernas ao adversário é passível de despromoção?

O Abramovich perdeu qualidades, ou dinheiro?

Depois da grande novela da fracassada transferência de David Luiz, junta-se agora o fracasso na contratação de Fernando Torres ao Liverpool.
Este segundo fracasso causa-me bastante estranheza porque o Liverpool garantiu a contratação do uruguaio Luiz Suarez (26,5 milhões) que jogava no Ajax.
Quer no caso de David Luiz, já tinham inclusivé autorização de trabalho, quer no de Fernando Torres, pelo menos por enquanto fica tudo na mesma. A menos que resolva abrir os cordões à bolsa. Bolsa que pelos vistos está bastante mais vazia do que já esteve. Só de me lembrar que esse magnata russo deu 50 milhões a pronto por Ricardo Carvalho e Paulo Ferreira, fico perplexo. Ou Mourinho é muito mais persuasivo que Ancelotti, ou então o russo está mesmo em crise.
Mas, como até ao lavar dos cestos é vindima, pode ser que até 2ª feira ainda as coisas mudem!

Mais um reforço de inverno

O Benfica estava carenciado dum lateral esquerdo para ser alternativa a Coentrão porque o César Peixoto tem falta de velocidade para o lugar.
Pois bem, espero que esse reforço seja o jovem francês Carole que foi apresentado esta tarde no Seixal.
Carole veio do Nantes, tem 19 anos (12/04/91), mede 1,82 e pesa 79 kgs. Tem envergadura o rapaz! Só para comparar, Coentrão mede 1,79 e pesa 66 kgs.
Espero que confirme todas as qualidades que lhe são reconhecidas e que levaram o Benfica a apostar nele, embora não nos possamos esquecer que só tem 19 anos!

E tudo ficou em águas de bacalhau!

Finalmente o desfecho da novela David Luiz foi conhecido. E ficou tudo na mesma. Ou seja, David Luiz continua a ser nosso, pelo menos até final da época.
Tanto se escreveu, tanto se especulou, para nada!
Ser pretender criticar ninguém, afinal de contas o presidente Vieira mostrou aquilo que muitos benfiquistas duvidavam que mostrasse, intransigência na defesa dos interesses do Benfica.
E agora vamos pensar no que falta da época porque há muita coisa para ganhar. Mesmo o campeonato!

As cúpulas do nosso futebol metem nojo

O Conselho de Justiça da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) deu um parecer com algumas reservas ao projecto de estatutos do organismo, mas considera que o Regime Jurídico das Federações Desportivas viola o artigo 46,º, número 1, da Constituição.
O parecer, apenas consultivo, foi pedido pelos proponentes do projecto de estatutos - Liga de clubes, Sindicatos dos Jogadores e Associações dos Treinadores e de Árbitros, tendo em vista a sua discussão e votação na Assembleia-Geral extraordinária marcada para sábado.
O Conselho de Justiça considera que o Regime Jurídico, ao abrigo do qual o projecto de estatutos foi elaborado, viola a Constituição por implicar "uma limitação à liberdade de organização das associações de direito privado", mas adianta que a questão deixa de se colocar se os estatutos forem aprovados com 75 por cento dos votos dos sócios da FPF.
(Fonte: CM)

Entretanto, amanhã realiza-se a tão esperada Assembleia-Geral em que finalmente a alteração dos estatutos deve ser alterada.
E, com a alteração no horizonte, Gilberto madaíl está pronto para se recandidatar!
Quando é que esta "porcaria" muda?

Será mesmo assim?

A novela David Luiz/Chelsea já se prolonga há vários dias entre avanços e recuos.
Uns dizem uma coisa, outros dizem outra e até ao momento não se sabe ao certo o porquê do negócio ainda não estar fechado, atendendo até que o clube inglês já solicitou autorização de trabalho para o jogador e o Benfica comunicou à CMVM as negociações.
De tudo o que tenho lido, talvez isto seja o que mais se aproxima da realidade e vem impedindo a conclusão do negócio.
Para quem não quiser ler a notícia-fonte, deixo-vos um pequeno resumo.
1- Se o Chelsea realmente quiser o defesa-central por menos de 50 milhões terá de o pagar a pronto.
2- O Chelsea admite pagar a pronto, mas queria que o Benfica se encarregasse de pagar aos empresários intermediários e ainda ao Vitória da Bahia, pela formação do jogador, verba essa na ordem de um milhão de euros no total.
3- Caso o sérvio Nemanja Matic não seja incluído no negócio, os encarnados exigem 25 milhões a pronto e cinco em prestações.  
Entretanto nova notícia dava conta duma exigência do Benfica de 28 milhões, mais o internacional sérvio!

Devemos andar a ver muitos filmes

Já sabiamos que o Nacional ao aceitar antecipar o jogo com o FC Porto, estava a fazer um favor a um amigo. 
Como se tem visto em inúmeros jogos deste campeonato, muitas equipas dão tudo contra o Benfica e estranhamente contra o Porto são peras-doces. Já aqui falei de algumas, por isso não vou repetir.
Sejamos francos, o FC Porto jogando em casa, teria sempre muito mais "chances" de vencer esta partida, mas às vezes existem surpresas, como foi o caso do jogo da Taça da Liga.
Todos vimos que o Nacional nunca baixou os braços contra o Benfica e também esteve a perder por 3-0. Agora vejamos o que disse o técnico Jokanovic quando lhe perguntaram o porquê do resultado, «É fácil, houve muito FC Porto e pouco Nacional. Sofremos três golos na primeira parte, mas até podiam ter sido mais. Entrámos muito lentos, deixámos o FC Porto jogar como queria e, para além disso, sofrer golos em contra-ataque frente a um adversário assim é um completo suicídio», afirmando depois para os seus adeptos, «A primeira parte foi desastrosa, na segunda melhorámos, mas já era tarde. Fizemos um jogo muito fraco e, por isso, temos de pedir desculpa aos nossos adeptos. Apesar disso, defrontámos o Benfica e o FC Porto nos dois últimos jogos, que são os principais candidatos ao título»
Leram concerteza, «entrámos muito lentos». Cansaço? Falta de motivação?
A concluir, Jokanovic explicou as dificuldades que a equipa tem sentido nos últimos tempos. «Não estamos habituados a fazer quatro jogos em 10 dias e esperamos que isso não tenha repercussões na partida com o Beira-Mar. Esse jogo é muito importante para nós». Antecipando desculpas? Se querem mesmo passar às meias-finais da Taça da Liga e não estão habituados a fazer 4 jogos em 10 dias, porque o fizeram? Não foram obrigados!
Na análise feita aos jogadores nacionalistas fala-se de apatia geral. Pois!

Estranha coincidência

Está a decorrer, não sei se entretanto já acabou, a "Cimeira de presidentes da Liga de Clubes".
Na notícia que dava conta da saída de L.F. Vieira da referida reunião para tratar doutras situações importantes para o Benfica, deixando porém um seu representante, dizia-se que continuavam a faltar os presidentes do Sp. Braga, FC Porto e Nacional da Madeira.
Que estranha coincidência. Logos os três amigos!

Crónica brilhante

A crónica abaixo toca em todos os pontos que aqui tenho referido ao longo dos últimos meses.
Ela fala do provável castigo a Jorge Jesus, fala dos penáltis "à la Hulk", fala de André Villas-Boas, de Pinto da Costa e ainda das claques portistas. Brilhante!
E depois venham dizer que é tudo mentira.
«À hora a que termino esta crónica, a Comissão Disciplinar da Liga fez o que devia: vai proceder a um inquérito aos incidentes no final do Benfica-Nacional. Não custa a crer que, dentro da moldura de sentenças previstas para estes casos, Jorge Jesus, treinador dos campeões nacionais, venha a ser castigado: seja qual for a terminologia utilizada – e é curioso como nestes casos de imagens que não são rigorosamente conclusivas as paixões clubísticas servem para se ganhar certezas –, dos “vários empurrões” às “agressões e murros”, o quadro não parece de molde a que o técnico saia ilibado do caso. Se assim se entender, condene-se. Mas, de uma vez por todas, que não se crie um precedente que, depois, não tenha consequências na jurisprudência e que se julguem os prevaricadores sem se lhes olhar para o emblema. É o mínimo.
Dito isto, deixando claro que por aqui não passam esponjas nem branqueamentos, confesso a minha perplexidade por mais uma sessão de “desforra” vinda de André Villas-Boas, uma atoarda mesquinha que envolve “miúdos e graúdos”. O meu espanto tem a ver apenas com isto: a continuar assim, em campo e fora dele, o jovem treinador do FC Porto verá os seus méritos profissionais e técnicos reconhecidos; já a sua personalidade e o seu caráter serão objeto de acesas discussões.
Continuo a pensar que Villas-Boas reage mais como adepto ou, dentro da “escola” portista, como dirigente. Para seu bem e para sossego geral, deveria ser mais contido e mais inteligente. Deixando vir à superfície uma obsessão constante pelo Benfica e por quem o representa, está a apoucar-se, a si e a quem lhe dá emprego – a constante referência ao inimigo, as mordidelas guerrilheiras, o toca-e-foge com as palavras, a piada grosseira sempre dirigida ao mesmo alvo, as ingerências em assuntos que nada têm a ver consigo, ameaçam fazer de André Villas-Boas mais um caso patológico a juntar à lista que se julgava produto de um qualquer microclima da zona de Contumil.
As claques portistas podem estar a festejar seja o que for (até um penálti capaz de fazer de Hulk um atleta com dons de adivinhação…), mas nunca se esquecem de enviar um cântico “amigo” ao SLB, cuja sigla entoam mais vezes que a do próprio clube. Jorge Nuno Pinto da Costa pode ser questionado sobre eleições presidenciais, sobre gastronomia ou sobre vias rápidas e SCUT – qualquer que seja o tema, ele há de encaixar uma indireta ou uma diretíssima ao Benfica, com o qual parece sonhar acordado. Villas-Boas vai pelo mesmo caminho? Que seja feliz. Mas que não se esqueça que um treinador não faz uma vida só num clube. E que se recorde que José Mourinho, campeão a partir a loiça, nunca por nunca aceitou ser a voz do dono.»

Jogadores em fim de contrato

Há dias, o técnico alemão Felix Magath, (Shalke 04), entre outras coisas dizia, «Os jogadores profissionais estão numa situação cómoda, porque têm o seu salário assegurado durante um tempo, enquanto os clubes não têm garantias que receberão o equivalente ao rendimento desportivo do jogador durante o mesmo período. Faltam meios legais e contratuais para combater essa dependência».
E sou forçado a dar-lhe razão!
O facto do Benfica estar a aproveitar essa brecha na legislação contratual não significa que eu a aprove, embora não critique quem a aproveita. Aliás, todos os clubes, ou quase, já a sentiram na pele.
Com a legislação actual os clubes ficam reféns dos jogadores e sobretudo dos empresários. Estes têm desta forma a possibilidade de ganhar dinheiro com os jogadores que representam. Senão vejamos, os seus atletas não têm convites que façam com que os clubes onde actuam os vendam, logo o empresário não ganha. Assim, deixa-se caminhar o contrato para o final, o clube tenta renovar mas sem perder a cabeça e o empresário sabe que sem ter de ser pago nenhum valor pela transferência o clube comprador paga um prémio de assinatura ao jogador que o divide com o empresário e assim ganham os dois.
Nalguns casos é um bom negócio para o clube comprador, especialmente se o jogador for jovem e tiver valor, mas também corre o risco de ter de sustentar um peso morto durante 3/4 anos. Veja-se o caso de Zoro, entre outros, para falar apenas do Benfica.

E agora que venha o FC Porto!

O penálti marcado e muito contestado sobre Hulk no sábado libertou o árbitro João Ferreira de receios e desta vez marcou três a favor do Benfica. Pena terem sido desperdiçados dois, embora o Rio Ave também tenha falhado um e quando o resultado estava em 0-0.
Todos os penáltis são incontestáveis e ainda ficou um por marcar, antes do falhado por David Luiz. Festival de penáltis e festival de penáltis falhados. Dos quatro que o árbitro marcou, três foram falhados, João Tomás (defesa de Júlio César), Cardozo (defesa de Mário Felgueiras) e David Luiz (para as nuvens!).
O Benfica teve sempre o jogo controlado, embora tenha arriscado sofrer o empate nalgum lance fortuito por culpa própria. E digo por culpa própria porque foram desperdiçadas imensas oportunidades, umas por azelhice, outras por mérito do Rio Ave.
Aimar mais uma vez empunhou a batuta e fê-lo muito bem até sair na parte final para dar o lugar a Carlos Martins que vem acusando uma baixa de forma.
Gostei da exibição de Júlio César, mostrando que é alternativa a Roberto. 
Na defesa, Luisão e David Luiz também  fizeram uma boa exibição, Coentrão bem a defender e atacar como é hábito, embora no aspecto defensivo venha a cometer alguns erros nos últimos dois jogos e Maxi esteve assim-assim.
Airton cumpriu bem, ajudando bastante a defesa, Salvio hoje não esteve tão bem como nos últimos jogos, e Gaitán esteve algo infeliz nos passes, aspecto que tem de melhorar.
Na frente, Saviola não jogou mal, mas os remates não lhe sairam bem e Cardozo sem encantar e apesar de ter falhado um penálti, marcou os dois golos que deram a vitória.

Confesso que não entendo

Apesar deste assunto já ter sido mais que falado e muita gente ligada ao futebol o ter denunciado como um erro do sr. João Ferreira, há gente que continua a afirmar que é penálti. Por isso, gostaria que alguém mais inteligente que eu me explique como é possível que um toque num pé, dando de barato que existiu mesmo, provoque uma queda assim, com ambos os joelhos dobrados simetricamente! Quando existe um toque ou um obstáculo que provoque uma queda, pelas leis da física, o desiquilíbrio nunca pode dar-se como a imagem documenta. Razão tinha o Coroado, apesar de não gostar dele nem um bocadinho.
A imagem vale mais que qualquer vídeo, apesar de no vídeo se ver que ele dobra o joelho esquerdo ainda antes de ocorrer o contacto!

Vitinho, mais valia estares calado

O presidente da CA da Liga resolveu, na perspectiva dele, analisar as arbitragens da 11ª à 16ª jornada do campeonato. Eis os lances que mereceram referência.

Académica-Sporting, Académica pediu penálti por susposta mão (11.ª jornada)
“Braço está o mais possível junto ao corpo. É um bom exemplo de lance que não deve ser punido.”

Sporting-FC Porto, expulsão de Maicon (12.ª jornada)
“Foi conforme o que estabelecem as leis. Foi abordagem correcta e uniforme.”

Benfica-Rio Ave, golo anulado a Saviola (14.ª jornada)
“Verifica-se que ele está à frente. Bem invalidado”

Benfica-Rio Ave, 5-2, golo de Salvio em que D. Luiz está à frente do guarda-redes (14.ª jornada)
“Era fora-de-jogo e ainda por cima há um toque no guarda-redes”

Académica-Benfica, penálti pedido por Benfica a centro de Salvio por mão de jogador da Académica (16.ª jornada)
“O braço está à frente. Tem gravidade e devia ter sido sancionado [penálti] “

Académica-Benfica, golo de Saviola em livre de Cardozo (16.ª jornada)
“É um lance muito interessante. É fácil para o árbitro assistente perceber que Saviola está fora-de-jogo, mas não tem noção onde a bola bate. O árbitro, pelo contrário, tem noção onde a bola bate, mas não que o jogador está fora-de-jogo. Foi uma falha de comunicação, que é lamentável. Devia ter sido sancionado [fora-de-jogo]“

Sporting-Paços de Ferreira, penálti sobre Rondon (16.ª jornada)
“É um lance comparável àqueles em que os guarda-redes saem aos pés dos guarda-redes. É extremamente difícil. Qualquer árbitro, à velocidade normal, assinala grande penalidade. O defesa não toca na bola, há contacto, não é fácil [analisar]”

Sporting-Paços de Ferreira, penálti não assinalado sobre Saleiro (16.ª jornada)
“É mais claro. Vê-se um agarrão.” 


É caso para perguntar, cadê os outros? Alguém acredita 

Como já se esperava

A Comissão Disciplinar da Liga abriu pela primeira vez o chamado inquérito "por impulso". 
Segundo o presidente da CD (Herculano Lima) é necessário o esclarecimento público.
Oxalá tenha sido o primeiro de muitos impulsos! Se houver coerência e coragem não faltarão motivos para isso.
Pois que se esclareça tudo para que não tenhamos de ouvir durante o resto da época "bocas" de favorecimento.
Nunca disse neste espaço que era contra a abertura de inquéritos e contra eventuais castigos, discordei e tentei desmascarar apenas as mentiras que foram sendo ditas desde sábado e critiquei os falsos moralistas que só agora apareceram.
O Benfica, pela voz do seu director de comunicação, já disse que está disponível para esclarecer.
Espero eu e todas as pessoas sérias deste país, benfiquistas ou não, que daqui para a frente nada mais seja igual no futebol português. Embora tenha as minhas dúvidas!
Valendo um doce, quem terá feito a denúncia?

João Ferreira? Está mal!

Seguindo a linha de raciocínio do treinador portista, a escolha de João Ferreira para apitar o Rio Ave-Benfica, está mal!
Para os mais distraídos, Villas-Boas disse na semana passada que a escolha de Elmano Santos para apitar o Académica-Benfica não tinha sido feliz, senão vejamos, «O técnico portista garante sentir diferença de ênfase aos erros de arbitragem nos jogos dos grandes. Elmano Santos, que esteve no Académica-Benfica, serve de exemplo: «Espero acreditar que os árbitros não entrem condicionados. A nomeação não me pareceu lógica, após um não-caso no F.C. Porto-V. Setúbal. Com esse antecedente tão fresco, pareceu-me ilógica. Mas acho que foi uma arbitragem, no Académica-Benfica, pouco comentada.»
Então, seguindo esta linha de pensamento, João Ferreira que no passado fim de semana, certamente condicionado como disse o presidente do Beira-Mar, beneficiou o FC Porto, entrará altamente condicionado para o jogo de amanhã em Vila do Conde, podendo acontecer o seguinte:
1- Ajuda o Benfica (conscientemente ou não) para calar a revolta benfiquista e virá o Villas-Boas chorar para a Comunicação Social como tem acontecido quase todas as semanas, fazendo-se de vítima e nunca reconhecendo as ajudas que tem tido.
2- Prejudica o Benfica (conscientemente ou não), Villas-Boas ficará calado e virão os benfiquistas mais uma vez gritar a sua volta pelas arbitragens.
Espero que não beneficie nem prejudique ninguém!

Jorge Jesus finalmente ao ataque

Já não era sem tempo!
Desde há muito que o treinador portista vinha aproveitando as antevisões aos jogos do seu clube para atacar o Benfica e Jorge Jesus, para insinuar ajudas de árbitros, sempre à moda do mentor daquela casa.
Ao contrário, Jorge Jesus vinha tentando ser politicamente correcto, apenas uma vez atacou referindo-se aos erros de arbitragem que puxaram o Benfica para trás e o FC Porto para a frente no início do campeonato, daí o folgado avanço portista na tabela classificativa.
Ao ser directamente atacado pelo "miúdo", resolveu finalmente abrir o livro e denunciar aquilo que todos nós vamos vendo e denunciando, semana após semana. Disse com todas as letras que o Porto ganhou com um penálti inexistente e que Villas-Boas condicionou o árbitro João Ferreira. E, por falar de João Ferreira, julgo ter sido uma nomeação infeliz para o jogo de amanhã contra o Rio Ave.

A última invenção dos portistas

A péssima arbitragem do árbitro Bruno Paixão em Vila do Conde, prejudicando nitidamente o Rio Ave, está a ser associada pelos adeptos portistas ao jogo que os vilacondenses vão ter com o Benfica na 4ª feira.
Então, para eles, o Benfica comprou o Paixão para expulsar jogadores do Rio Ave para que o jogo da Taça fique facilitado para nós. Esta não lembrava ao diabo!
Vamos desmontar esta tramóia.
Primeiro, o Benfica não age à Porto. Estão-se a ver ao espelho!
Segundo, Bruno Paixão nunca foi um árbitro amigo do Benfica. Em três jogos, prejudica-nos no mínimo em dois!

Em que país tem vivido este senhor?

Através dum comentário dum leitor, tomei conhecimento das declarações do jornalista Bruno Prata. 
Depois de o ouvir, fiquei com dúvidas se este senhor tem vivido sempre em Portugal.
Não deixa de ter razão naquilo que diz, só pergunto porque só o faz agora?
Nunca o vi manifestar-se perante tantos factos concretos, visíveis e conhecidos que ocorrerem no Portugal desportivo que temos, nomeadamente na época passada para falar apenas dos mais recentes.
Fechou-se em copas, não se insurgiu. Porquê? Será porque é portista, da fama não se livra, ou porque tem medo que lhe aconteça o mesmo que aconteceu a um tal Ricardo Bexiga e a muitos outros?

Querem parir um inquérito à força

Há sempre uma primeira vez para tudo. E a primeira vez para a CD da Liga abrir um inquérito, chamado "por impulso", será aos incidentes do Benfica-Nacional.
Nada demais, nem de criticar, se a CD da Liga tomasse medidas idênticas a todos os clubes. O mesmo acontece com os sumaríssimos. Só instauram ao Benfica!
«A Comissão Disciplinar (CD) da Liga vai, na reunião de amanhã, abrir um processo de inquérito aos incidentes registados no final da partida de sábado entre o Benfica e o Nacional, sabe o DN. Esta decisão, que será anunciada amanhã, é desencadeada pelas imagens televisivas e a ausência de qualquer referência no relatório do árbitro portuense Rui Costa que, entretanto, foi enviado para os serviços da Liga.
Em causa estão alegadas trocas de agressões entre Jorge Jesus, treinador do Benfica, e Luís Alberto, médio do Nacional, que, a serem dadas como provadas, levarão a a CD a aplicar uma pena que pode ir até nove meses, no caso do técnico, e até dois anos em relação ao futebolista (ver caixa). Ao que o DN apurou, Jesus e Alberto ter-se- -ão envolvido após uma troca de insultos entre o atleta dos madeirenses e Franco Jara, a que Jesus tentou, numa primeira instância, pôr cobro.
Fonte próxima da CD da Liga adiantou ao DN que, após a abertura do inquérito, o instrutor do processo ouvirá a equipa de arbitragem para saber a razão pela qual não fizeram constar os incidentes no relatório. No entanto, o facto de Jorge Jesus e Luís Alberto terem proferido declarações públicas negando a existência de agressões poderá levar a que a CD não encontre matéria suficiente para actuar disciplinarmente.

Analisem e tirem conclusões!

Por mais evidências, os portistas não aceitam que se diga que não houve penálti sobre o Hulk. Por outro lado, calam-se bem caladinhos sobre mais um penálti escamoteado ao Benfica, em que Deus escreveu direito por linhas tortas.
Para quem ainda tiver dúvidas, revejam!
Penálti não assinalado sobre Salvio

Reparem no momento em que Salvio toca na bola com o pé direito ainda o Felipe Lopes não meteu o pé. Isso é visível na imagem parada deste vídeo. Penálti em qualquer parte do mundo.

Penálti assinalado sobre Hulk
Grande mergulho para a piscina! Ao pé dele e do Falcão, o Aimar (que era acusado de mergulhador) é um principiante!

Beira-Mar considera que o FC Porto pressionou o árbitro João Ferreira

O Beira-Mar considera que o FC Porto pressionou o árbitro João Ferreira, antes do jogo do passado sábado em Aveiro e que os azuis e brancos venceram por 1-0. 
O presidente da comissão administrativa do Beira-Mar, António Regala, considera que não houve penalti sobre Hulk, e que só encontra justificação para o erro de João Ferreira na pressão que lhe foi imposta pelo FC Porto, antes do jogo, destacando o dirigente, as declarações de André Villas Boas.
(Fonte Rádio Renascença)

Mais um caso para ser instaurado inquérito pelo CD da Liga.
Se isso não acontecer e abrirem apenas à confusão no final do Benfica-Nacional, será mais uma prova da Liga tendenciosa que temos.

Record mete nojo!

O Record volta a escrever hoje «Jorge Jesus envolveu-se na confusão e acabou por trocar agressões com o jogador brasileiro, cujas imagens Record volta hoje a publicar».
Ninguém vê nas imagens uma agressão, apenas um empurrão na zona do peito do jogador Luís Alberto. Quem disser o contrário mente!
Mete nojo porque além de insistir numa mentira, ainda faz afirmações que ninguém do referido pasquim pode ter ouvido. Por isso estão a falar de cor ou pela boca de alguém do Nacional.
Como é que podem referir-se a Jara nestes termos «O argentino do Benfica pegou-se com o brasileiro Luís Alberto, descarregando toda a sua euforia, mas em termos insultuosos, que o adversário entendeu como despropositados», se ninguém do jornal estava no relvado para ouvir?
O Benfica está a assustar o líder e há que arranjar forma de parar esta onda vermelha!

Para acabar de vez com a discussão

A confusão que se instalou no final do jogo com o Nacional na Luz foi provocado pelos madeirenses. Quem disser o contrário está a mentir!
Também quem fala de agressão de Jorge Jesus ao jogador Luís Alberto está a mentir. E são muitas as pessoas que o fizeram e algumas com responsabilidades.
Face a todas estas mentiras cabe-nos a nós benfiquistas denunciá-las.
Não aconteceram agressões, só empurrões. Quem o diz é o defesa Felipe Lopes disse, «Confusão no fim? São coisas do futebol, só empurrões, nada mais do que isso».
Para os adeptos portistas que ficaram tão escandalizados e revoltados com o acontecido, exigindo uma punição exemplar para Jesus, à semelhança da de Hulk e Sapunaru, leiam aqui!
Se por hipótese académica Jesus viesse a ser acusado de agressão (que não existiu como já foi dito anteriormente), o castigo seria inferior ao do Luís Alberto.
Durante o jogo não se viu nada de anormal entre os jogadores, por isso pergunto, qual o objectivo dos nacionalistas em se dirigirem aos jogadores do Benfica no centro do relvado? Onde é que já vimos esta cena na época passada?

As tentativas de desacatar e as invenções posteriores

Todos sabemos, benfiquistas em particular, como se trabalha num determinado clube, onde tudo vale para conseguir os seus intentos.
Desde a época passada, mais concretamente desde Outubro de 2009, em Braga, que se sabe que todos os meios são tentados para parar o Benfica. Isto quando não o conseguem via arbitragens!
Como o Benfica sentiu na pele os efeitos do túnel de Braga, em que Cardozo foi expulso ao intervalo sem nada ter feito, quem disser o contrário que apresente provas, a partir daí deixaram de entrar nos túneis simultaneamente com os adversários. E esta época manteve o mesmo procedimento.
Sabemos que se aproxima um possível confronto para a taça de Portugal com a equipa portista. Como os amigos são para as ocasiões e já que Mahomed não vai à montanha, trata-se de tentar arranjar desacatos mesmo no centro do relvado provocando os jogadores do Benfica. Infelizmente, muita gente da comunicação social também alinha no esquema e então trata-se de editar vídeos do empurrão de Jorge Jesus na cara do jogador Luís Alberto do Nacional, mas esquecem-se de mostrar toda a situação.
O que esta gente não esperava era que o árbitro, que até era um amigo, não escrevesse nada no seu relatório. Porque não o fez? Terá sido porque estava distraído, ou porque não se passou nada demais?
O Benfica já reagiu à escandalosa nojice do Record que colocou em primeira página "Jesus deu chapada em Luís Alberto", quando na conferência de imprensa Jorge Jesus disse "afastei Luís Alberto" e este jogador na zoma mista disse "fui empurrado por Jesus". Um empurrão passa a agressão, afinal acaba tudo em ão.

Assim não vai dar para revalidar o título

Temo que apesar do Benfica estar a jogar bem e a ganhar, já vão 7 vitórias consecutivas no campeonato, ou seja desde a goleada no Estádio do Ladrão, ups, Dragão, foi sempre a ganhar, não dê para ser campeão esta época.
Todos sabem quais os motivos, os mesmos de sempre, ou seja a protecção declarada dos árbitros ao líder. 
Em 17 jogos realizados, já são 8. E dos 17 golos do artilheiro Hulk, 6 foram de penálti, sendo 4 deles decisivos para o resultado.
(Só para comparar, o Benfica beneficiou até agora de 2 penáltis (!!!) convertidos por Cardozo e Alan Kardec.)
Ontem foi mais um. E não sou apenas eu que o digo.
1- Leonardo Jardim, treinador do Beira-Mar (capa do Jogo), disse "Penálti? Não vi uma falta declarada".
2- Jorge Coroado, ex-árbitro e conhecido anti-benfiquista, disse (tribunal do Jogo), "Hulk antecipou a grande penalidade, perspectivando o que poderia suceder. Tocou na bola, saltou e dobrou as pernas, deixando-se cair. Iludiu o árbitro, e este deixou-se iludir. A haver advertência, ela seria para Hulk por simulação"
No Record de hoje vem uma charge humorística que diz tudo.

Será que se uniram todos para tirar o mérito ao líder do campeonato? Responda quem quiser e/ou souber!

O Benfica está imparável

Qual é o clube no mundo que num único dia consegue uma perfomance destas?

Pelas 15,30 horas - Pav. da Luz, a equipa de futsal defrontou o GS Loures, em jogo dos oitavos-de-final da Taça de Portugal e venceu por 10-3, apurando-se para os quartos-de-final.
Golos: Gonçalo Alves (4), Joel Queirós (3), Marinho, Diego Sol e o júnior Semedo.

Pelas 16,00 horas - No Funchal, a equipa de basquetebol defrontou o CAB Madeira em jogo da 12ª jornada do campeonato nacional e venceu por 68-66.
O destaque neste encontro vai para Sérgio Ramos. O capitão marcou 23 pontos e conseguiu 11 ressaltos, 10 dos quais defensivos.

Pelas 17 horas - Portimão Arena, a equipa de andebol jogou a final da Supertaça, vencendo o Águas Santas por 28-20 (ao intervalo, 11-9 para o Benfica) e conquistando brilhantemente a competição, jogando e vencendo em 3 dias consecutivos (Sporting, FC Porto e Águas Santas).

Pelas 18,30 horas - Pav. da Luz, a equipa de hóquei em patins defrontou e venceu os italianos do Amatori Lodi por 7-4, em jogo da 1ª mão dos oitavos-de-final da Taça CERS. De referir que os italianos são líderes do campeonato italiano.

Pelas 21,15 horas - Estádio da Luz, a equipa de futebol defrontou e venceu por 4-2 o Nacional da Madeira, em jogo da 17ª jornada do campeonato nacional.

Como se não bastassem todas estas vitórias no sábado, já na 5ª feira tínhamos ganho ao Sporting e na 6ª ao FC Porto, ambas em andebol.
Também na 6ª feira vitória do voleibol, na Luz, frente ao Machico, por 3-0.

Resultado peca por escasso

O Benfica venceu o Nacional por 4-2, quando merecia uma maior diferença no marcador face ao jogo que fez e às oportunidades criadas.
Gostei da exibição, futebol rápido, pressão alta especialmente na 1ª parte e dois golos (Gaitán e  Sidnei) apenas. Merecia mais!
No 2º tempo, o Benfica baixou um pouco a pressão o que se compreende pois este mês tem sido carregado de jogos e aproxima-se outro muito importante na 4ª feira em Vila do Conde, com o Rio Ave, para a Taça de Portugal.
O 3º golo surgiu naturalmente através de Cardozo. Mesmo assim, o Benfica continuou na busca de mais golos.
O Nacional, vendo o jogo praticamente perdido, aventurou-se mais no ataque e um tanto ou quanto contra a corrente conseguiu dois golos que davam um resultado mentiroso. Finalmente, Jara que havia entrado para o lugar de Cardozo (tocado) fez o 4º que veio trazer maior justiça ao marcador, mesmo assim foi escassa a diferença no marcador.
Não se notou muito a falta de David Luiz pois Sidnei cumpriu na defesa e apesar de se lhe poder assacar algumas culpas nos lances dos golos madeirenses, estreou-se a marcar.
O único reparo que faço à exibição do Benfica é o posicionamento da equipa na área nos lances de bola parada. Sofremos o 1º golo assim, poderíamos ter sofrido outro ainda antes quando a bola foi à malha lateral de Roberto. Não cruxifico Roberto em nenhum dos golos, tendo até salvo outros dois, um deles numa defesa excepcional com o pé quando lhe apareceu na cara um avançado do Nacional.
Apesar de não ter sido perfeita, gostei da exibição de Aimar, que entrou no onze no lugar de Carlos Martins.
Toda a equipa esteve em bom plano e mais uma vez tiro o chapéu a Fábio Coentrão. Alguém sabe quantas vezes ele apareceu na área?
Saviola desta vez não conseguiu marcar, mas fez o remate que depois permitiu a recarga de Gaitán para o 1º golo e o cruzamento para o 4º. Já que falo neste lance, mais um penálti ficou por marcar, desta vez sobre Salvio. Felizmente escreveu-se direito por linhas tortas!

Na dúvida, sempre para o Porto

A pressão de Villas-Boas sobre o árbitro João Ferreira, surtiu efeito.
No lance que resulta no penálti e respectivo golo portista, nunca em lado nenhum, senão quando é a favor do Porto seria marcado penálti. Certo que o defesa aveirense deixa o pé atrás mas Hulk é que choca com ele. Aquele lance, se fosse a favor do Benfica nunca seria penálti. Lances daqueles aconteceram às dezenas nos jogos do Benfica, com os árbitros a mandar jogar, ou pior, a mostrar cartões amarelos por simulação.
No jogo do Benfica de hoje, existe penálti sobre Salvio no lance do 1º golo e o árbitro mandou jogar, apesar do Saviola não estar em boa posição para marcar: Felizmente deu golo, senão era mais um penálti não assinalado para emoldorar.

Mais uma Supertaça para o Benfica

O Benfica venceu o Águas Santas por 28-20 e conquistou a Supertaça de andebol.
Vitória indiscutível, embora não tenha sido tão fácil como o resultado faz crer.
O Águas Santas começou melhor, esteve na frente do marcador na fase inicial com 3 golos à maior (4-1). Depois o Benfica foi reduzindo e ao intervalo já vencia por 11-9.
No início da 2ª parte o marcador manteve-se nos dois/três golos, até que a exclusão de Carlos Carneiro permitiu ao Águas Santas chegar ao empate a 14 golos. Depois disso o Benfica voltou a ter sempre 2 ou 3 golos à maior, até que nos últimos 5 minutos disparou no marcador muito por culpa do melhor plantel que permitiu rodar mais jogadores que o seu adversário.
O melhor em campo foi Carlos Carneiro, que  foi o melhor marcador do Benfica a par de David Tavares com 7 golos, cada.

Sábado importante

Hoje é um dia importante para o Benfica.

Pelas 15,30 horas - Pav. da Luz, a equipa de futsal defronta o GS Loures, em jogo dos oitavos-de-final da Taça de Portugal.

Pelas 16,00 horas - No Funchal, a equipa de basquetebol defronta o CAB Madeira, em jogo da 12ª jornada do campeonato nacional.

Pelas 17 horas - Portimão Arena, a equipa de andebol joga a final da Supertaça, defrontando o Águas Santas.

Pelas 18,30 horas - Pav. da Luz, a equipa de hóquei em patins defronta os italianos do Amatori Lodi, em jogo da 1ª mão dos oitavos-de-final da Taça CERS.

Pelas 21,15 horas - Estádio da Luz, a equipa de futebol defronta o Nacional da Madeira, em jogo da 17ª jornada do campeonato nacional.

E as Associações metem o rabo entre as pernas

Bastou o governo (finalmente) cortar os apoios à Federação Portuguesa de Futebol, não sei porque tanta demora visto que desde Abril do ano passado tinha suspendido o estatuto de utilidade pública à mesma, e as cartas da FIFA e UEFA, mais o anúncio da presença de dois membros dessas entidades na próxima Assembleia-Geral, para que as Associações, em reunião efectuada esta noite em Aveiro, resolvessem aceitar alterar os estatutos da FPF.
A A.F. Porto não esteve representada na reunião. E compreende-se o porquê lendo o que disse o seu presidente, Lourenço Pinto à Lusa.
«Mantemos as nossas posições, sem tibiezas e na defesa do direito e dos interesses do futebol português».
Claro que sim, a gente acredita em ti, Lourenço!
O mais curioso é que este Pinto parece ser o único, ou quase, a achar que os novos estatutos prejudicarão o futebol português. Será o futebol português em geral, ou alguém em particular?

O cerco está a apertar

A Associação de Futebol do Porto começa a estar cada vez mais cercada.
Como se não bastassem as cartas enviadas à Federação Portuguesa de Futebol pela FIFA e pela UEFA, decidiram agora estas entidades máximas do futebol mundial e europeu, marcar presença na Assembleia-Geral da FPF marcada para 29 deste mês, nas pessoas de Angel Villar, vice-presidente dos comités executivos da FIFA e da UEFA, e Thierry Favre, diretor da Unidade de Desenvolvimento das Federações Nacionais.
Vamos ver como vai terminar esta novela que se arrasta há muito tempo.

Os chineses andam distraídos

O Sporting ainda anda a viver dos rendimentos. Depois de ter sido pioneiro em termos de Academia e de ter realmente feito um óptimo trabalho em termos de formação, que é visível no número de títulos que conquistou nas camadas jovens há alguns anos atrás e nos jogadores que de lá saíram, casos de Cristiano Ronaldo, Simão, Quaresma, Miguel Veloso, João Moutinho, Carlos Martins e outros, agora já não pode ser classificado como exemplo a seguir na formação. Basta ver que nestes últimos dois/três anos já poucos títulos conquistou e baixou claramente no número de jogadores de qualidade que são convocados para as selecções. Neste aspecto já estão nitidamente atrás do Benfica.
Por isso digo que os chineses devem andar distraídos para fazerem uma parceria com o Sporting na área da formação.

Desta vez não atacou o Benfica

Vá lá, vá lá, desta vez o AV-B não atacou nem sequer beliscou o Benfica. Será estratégia ou respeito?
Habituados que estávamos a ser beliscados em todas as conferências de imprensa do treinador portista, desta vez mostrou respeitinho dizendo apenas que queria manter a distância para o 2º classificado.
É imperioso que o Benfica diminua a vantagem portista, não só para deixá-los debaixo de pressão, como para poder acalentar esperanças na revalidação do título. E este fim de semana pode ser importante nesse aspecto já que a deslocação do Porto a Aveiro nao é fácil, ainda mais sem Falcão.
Quanto ao Benfica, apesar de jogar em casa, também não tem tarefa fácil, embora com maior ou menor dificuldade se espere uma vitória frente ao Nacional. Benfica que diga-se está na sua melhor série de vitórias consecutivas, considerando todas as provas oficiais, melhor mesmo que na época passada.

O novo Eusébio

Diz-se que o FC Porto está a um passo de contratar, ou contratou (?), o novo Messi da Argentina, de seu nome Iturbe, 17 anos.
Pois o Benfica parece que prefere um novo Eusébio, de seu nome Castillo, colombiano, 18 anos. Claro que é um exagero, reconheço, mas o garoto tem pinta.
Assisti ao jogo Brasil-Colômbia a contar para o Torneio Sul-Americano Sub-20. Vitória brasileira por 3-1, em que Castillo foi dos poucos colombianos que deu trabalho à excelente equipa brasileira, onde pontificam Neymar (Santos), Diego Maurício (Flamengo), Lucas (S. Paulo), entre outros craques que actuam nas principais equipas séniores brasileiras, teve uma arrancada poderosa pela esquerda em direcção à baliza, sendo atropelado e ganhando o penálti que deu o golo colombiano.
É um avançado rápido, poderoso e remata forte.
O negócio ainda não está fechado.
Deixo-vos com o "best of Castillo".

Só agora?

A justiça desportiva (e não só) em Portugal é tão lenta que até mete dó!
Um facto ocorrido no início de Maio de 2010 só agora foi decidido pela Comissão Disciplinar da Liga.
Esse facto foi nem mais nem menos que o apedrejamento ao autocarro do Benfica, nas imediações do estádio do dragão e que quase feria os jogadores Aimar e Kardec.
Curioso que o castigo consistiu apenas numa multa de 16.990 euros.
O costume!

À atenção dos adeptos portistas

Costumo ser visitado por adeptos do FC Porto, adeptos esses que comentam com frequência as minhas postagens.
Argumentam eles, à semelhança do seu presidente, que o FCP não está, nunca esteve, nem estará, interessado no Salvio, até porque têm no plantel 6 alas de categoria, a saber, Hulk, Varela, James, "Cebola", Mariano e Ukra. 
Pois, são todos iguais ou superiores ao Salvio não é?
O que não esperavam era por esta, da parte da mulher/namorada (?) do Salvio, «Sim, é verdade [o interesse do FC Porto]. Mas se não voltar para o Atlético, ficamos aqui no Benfica».
E então, convencidos que é tudo invenção do jornal A Bola, um pasquim benfiquista, como dizem?
Parafraseando PC, é mesmo melhor contratarem, ou renovarem o contrato, com o Elmano Santos, pois rende mais pontos durante uma época.

Franco Jara

Gostei muito do desempenho de Jara no jogo de ontem frente ao Olhanense.
Viajando pela blogosfera benfiquista durante os meses que já decorreram esta época, li o que muitos benfiquistas têm escrito sobre ele,considerando-o dispensável, jogador tosco, sem futuro no clube.
Pois eu não penso assim. Lembro-me de ver o que ele fez nalguns jogos da pré-época e da esperança que me deu na altura de se tornar um jogador importante no clube. Precisa apenas de tempo!
Não é um tecnicista como Saviola, mas tem outras qualidades. É rápido, é possante e nunca desiste duma jogada. É um avançado "chato" para os defesas por esse motivo.
Quando conseguir jogar com regularidade vai-se tornar um jogador importante. Por algum motivo Jorge Jesus se opôs à sua saída por empréstimo e lhe tem dado mais minutos nos últimos jogos.
Grande golo marcou ontem. Um tosco não o faria. E aquela jogada junto à lateral em que dá um nó cego ao lateral adversário?

Com a sua habitual ironia

"Com a sua habitual ironia" é o slogan aplicado quando se referem ao Papa do futebol português, veio desmentir o noticiado interesse em Salvio dizendo isto, «Sálvio? Esse jogador não nos interessa. Nem qualquer jogador do Benfica! Para quê? Só se for o Elmano Santos...», atirou Pinto da Costa, aproveitando para criticar o trabalho do juiz madeirense no recente jogo entre Académica e Benfica. 
São verdes, não é sr. PC? E a tentativa de desvio no verão? Vá, confesse!

Vídeo dos golos do Benfica-Olhanense

Vejam os golos da partida e tirem dúvidas sobre o penálti assinalado contra o Benfica. Serei apenas eu que acha que não há penálti?
(Agradecimentos ao JJD-Pinceladas Gloriosas)

Resultado mentiroso

Obrigado Soares Dias!
Começo por falar do trabalho do árbitro do sistema.
No 1º golo do Olhanense, Djalmir ajeita a bola com o braço direito e remata para o golo, roçando a bola ainda em Roderick e sem qualquer hipótese para Moreira. No 2º, Moreira sai aos pés de Djalmir não toca na bola mas deixa os braços quietos no chão e o avançado brasileiro tropeça nele.
Sobre o jogo agora.
O Benfica, apesar de ter apresentado uma equipa muito modificada em relação ao onze habitual, entrou muito bem no jogo e logo no início Jara escapa-se pela direita e cruza para Kardec aparecendo um defesa do Olhanense a cortar. Depois de mais uma boa oportunidade, surge aos 13 minutos o 1º golo, da autoria de Javi, de cabeça, após uma assistência também de cabeça de Sidnei. Fazendo grande pressão sobre o Olhanense, que quase não conseguia sair para o ataque, surge com toda a naturalidade o 2º golo, marcado por Jara num bom remate de primeira com o pé esquerdo. Apesar do grande domínio, foi o Olhanense que reduziu com o tal golo irregular.
Na 2ª parte os jogadores do Benfica não conseguiram manter a pressão tão alta dando algum espaço para o Olhanense subir mais, acabando por empatar no tal penálti falso sancionado pelo apitador de serviço.
Jesus teve que dar um safanão no jogo porque não interessava o empate e duma assentada lançou Salvio e Gaitán. Esta aposta surtiu efeito porque pouco depois Salvio desempata a partida com um belo remate de pé esquerdo depois de tirar um algarvio da frente com uma simulação.
Basta agora um empate com o Desportivo das Aves para garantir o apuramento para as meias-finais da Taça da Liga.

O golo de Salvio que não valeu

Lembram-se do golo do FC Porto no Dragão contra o Arsenal?
Alguém entendido em arbitragem explica qual a diferença? Terá sido porque num é o árbitro que dá a bola a Rúben Micael e no outro não?
(Obrigado JJD-Pinceladas Gloriosas pelo vídeo)

Afinal não foi tão mau negócio

A Direcção do Benfica, ou mais especificamente Luís Filipe Vieira, foi muito criticada por ter comprado Rodrigo ao Real Madrid. Nunca se soube ao certo o valor porque não houve informação à CMVM. Na altura, se o negócio fosse na ordem dos 5 milhões era obrigatório fazê-lo. Apesar desse facto, especulou-se que teriam sido 6 milhões.
Ninguém entendeu, confesso que eu próprio, comprar um jogador tão caro para a idade e provas dadas e emprestá-lo a seguir, como se nadássemos em dinheiro. O que é certo é que apesar do mau começo no Bolton, acabou por conquistar a titularidade há pouco mais de um mês e hoje os ingleses já oferecem 7 milhões ao Benfica.

Invejosos de olho na galinha do vizinho

Por mais que não o queiram assumir, acaba-se sempre por saber.
Em Agosto, depois do Benfica ter garantido junto do Atlético de Madrid o empréstimo de Salvio, o FC Porto fez uma tentativa desesperada para desviá-lo da Luz quando já se preparava para viajar para Lisboa.
Como não conseguiram desviá-lo, negaram qualquer interesse no jogador argentino.
Agora, voltam a surgir notícias do interesse portista em contratar o jogador na próxima época.
Se o valor for o que é referido (15 M€) na notícia, nem o Benfica, nem o FC Porto têm possibilidades de o contratar.
Ainda assim, julgo que o único que tem alguma chance de o contratar, se o valor for mais baixo, é o Benfica. Primeiro porque já pagou 2 M€ por 20% do passe aquando do empréstimo, segundo porque tem prioridade no negócio, terceiro porque (posso estar errado, mas acredito) Salvio sente-se bem na Luz rodeado de colegas argentinos e por isso duvido que quisesse mudar de ares em Portugal.

Em tempo: Declarações de Salvio após o Benfica-Olhanense da Taça da Liga.
«Na verdade, estou muito contente pelo jogo e pela vitória. Queremos continuar assim, a jogar bom futebol. Sinto-me cada vez melhor dentro do grupo e estou feliz por estar cá. Temos de continuar a fazer felizes os adeptos. Estou contente cá, isso é o principal. Propostas? Estou feliz aqui e defendo esta camisola até à morte

Discurso mentiroso, num artigo imbecil

O discurso do central portista Otamendi à comunicação social é, sem qualquer dúvida, reflexo das aulas ministradas pelo clube.
Primeiro, ele tem 4 meses de FC Porto e pouco entende de português, logo não pode ter um discurso pessoal naquele sentido. Além de que só se andasse distraído é que poderia dizer isto «O F.C. Porto não vai no sentido de sair por aí a criticar as arbitragens, nem nada parecido.»
Ele que vá ouvir as declarações do seu treinador aquando dos jogos com o V. Guimarães e com o Sporting para o campeonato e verá logo que não está a falar verdade.
Mas, talvez ainda pior do que as declarações do argentino, são as perguntas e as considerações do jornalista que as escreve. Sim, porque quem escreve, «A cada jornada repete-se o guião: há erros dos árbitros, alguns graves, outros menos graves, e gera-se uma discussão interminável. Pelo meio surgem clubes que justificam a carreira com os erros de arbitragem que os prejudicaram.», só pode ser um imbecil transvestido de jornalista.

Agora vão dizer que o homem é benfiquista

O ex-presidente da Liga de Clubes, Hermínio Loureiro, concedeu uma entrevista ao programa Zona de Decisão da Benfica TV na qual disse sobre o facto do Benfica ter sido prejudicado pelas arbitragens em alguns jogos no início do campeonato, «Reconheço que ocorreram erros que, infelizmente, tiveram influência nos resultados de alguns desses jogos. São esses os erros que têm de ser evitados».
Apesar desses erros, considerou Vítor Pereira a pessoa certa para estar à frente da Comissão de Arbitragem da Liga, falando também sobre a Taça da Liga, criada no seu tempo à frente dos destinos da Liga.
Até hoje nunca li, nem ouvi, nada que indicie que este senhor é benfiquista. Logo, o facto de reconhecer os erros de algumas arbitragens que prejudicaram o Benfica é sintomático de que só não vê isso quem não quer.

E agora o que dirão?

O FC Porto e o Nacional acordaram a antecipação do jogo que deveria ser realizado em 20/02 (data de referência da jornada) para 26/01. Seria uma situação normal havendo acordo entre os clubes.
Porém, quando na época passada o Benfica antecipou em 15 dias o seu jogo com a U. Leiria foi acusado de querer passar para a frente da classificação do campeonato porque na altura estava num mano-a-mano com o Sp. Braga.
E agora o que dizem da antecipação do jogo com o Nacional que jogará no domingo (23/01) com o Benfica e depois vai jogar na 4ª feira no Dragão? Não haverá adulteração da verdade desportiva? A troco de quê o Nacional aceita jogar com o FC Porto três dias depois de jogar na Luz?
O Nacional ficará 15 dias sem competir entre as recepções ao U. Leiria (13/02) e ao Sporting (27/02).
Atenção, não sou contra as antecipações, apenas constato um facto. E todos sabemos as ligações existentes entre Porto e Nacional.

Excesso de confiança portista

A possível meia-final da Taça de Portugal entre o FC Porto e o Benfica está a ser encarada com muito optimismo pelos portistas, quer responsáveis, quer adeptos.
Quando me refiro a responsáveis, falo concretamente em Fernando Gomes, o antigo avançado portista, hoje director das relações externas. Quanto aos adeptos, basta ler os comentários deixados aqui no blog em posts anteriores.
Não vou conjecturar cenários porque apesar de ser optimista, não menosprezo adversários e o Rio Ave merece respeito até porque joga em casa. Apesar de achar que seremos apurados com maior ou menor dificuldade.
Caso a meia-final seja um Benfica-FC Porto e uma vez que será jogada a duas mãos, julgo que o Benfica tem equipa para ser apurado, disso não tenho dúvidas. É bom até que os portistas estejam optimistas!

Só pode ser piada

A derrota do Sporting no sábado em Alvalade frente ao Paços de Ferreira deixou-o a 8 pontos do Benfica e a 16 do FC Porto.
Questionados sobre as possibilidades dos leões no campeonato, Jesus e Villas-Boas têm entendimentos diferentes. Enquanto Jesus acha que o Sporting já não tem qualquer chance, Villas-Boas acha o contrário, assim como também considera o Sp. Braga candidato.
É caso para dizer, só pode ser piada o Sporting e o Braga candidatos ao título!

Todos os cães têm sorte

Lá diz o ditado que "todos os cães têm sorte"!
Pois é, neste caso o cão, em sentido figurado, não venham os portistas insultar-me, é o FC Porto que jogará mais uma vez em casa nesta edição da Taça de Portugal. Salvo erro, apenas uma vez os azuis jogaram fora de casa, em Moreira de Cónegos!
Sendo assim, teremos nas meias-finais:
FC Porto-Benfica ou Rio Ave
Merelinense ou Guimarães-Académica ou V. Setúbal

Atenção pessoal, só depois de ter escrito o post é que soube que a meia-final é a duas mãos. Regulamento estranho em que apenas a meia-final é a duas mãos!
Obrigado aos que me avisaram na caixa de comentários.

Rescaldo do jogo de Coimbra

Continuo sem perceber como é possível um árbitro como Elmano Santos ser de 1ª categoria. Não há nenhum jogo em que não cause polémica. Pelo menos quando apita o Benfica.
Foi má demais a arbitragem deste sr.
Primeiro valida mal o golo do Benfica, embora eu ache que não foi propositadamente, mas sim porque se baseou na falta de indicação do seu auxiliar. Depois, não vê um penálti sobre Coentrão admoestando-o ainda por cima com o amarelo. 
Não viu outro penálti descarado na área da Académica quando um jogador corta ostensivamente um cruzamento de Salvio. Em lances muito menos nítidos, outros árbitros marcaram penáltis a favor do FC Porto na Figueira da Foz e em Coimbra
Se a estes erros de palmatória ainda juntarmos o forçadíssimo amarelo a David Luiz e as inúmeras faltas que inventou nas laterais do meio-campo defensivo do Benfica, teremos uma arbitragem perfeita!
À margem do jogo, os comentadores da SportTV fizeram alguns comentários incríveis de anti-benfiquismo, um deles foi Dito, que suscitaram uma reacção por parte do Benfica, na pessoa de João Gabriel.

Benfica sadomasoquista

O Benfica venceu justamente, embora não houvesse necessidade do sufoco dos últimos minutos.
Jogou mais de metade do jogo com mais um jogador, desfrutou de várias oportunidades para marcar, uma delas por Luisão que cabeceou à barra, embora também tenha permitido à Académica duas chances, uma das quais foi ao poste direito de Roberto.
A equipa não começou muito bem a partida mas depois pegou no jogo, marcou o golo por Cardozo a meias com Saviola, podia ter marcado mais o que seria justíssimo, mas não o conseguiu fazer e a Académica foi acreditando mesmo com um jogador a menos.
O Elmano fez o trabalhinho habitual. Depois de se ter distraído no lance que dá o golo do Benfica em que o podia ter anulado, certamente não viu o lance por isso o validou, porque a seguir faz vista grossa a um penálti sobre Coentrão, penalizando-o ainda com um amarelo que somado com um segundo já nos descontos lhe valeu a expulsão. Já na 2ª parte volta a não ver um corte intencionalíssimo com a mão na área da Académica, fora as faltas e faltinhas que foi marcando nas faixas laterais que às vezes dão golo.
Bom, valeram os três pontos e a lição para evitar situações idênticas no futuro.
Em termos classificativos, manteve-se a desvantagem para o líder, mas alargou-se a vantagem para o 3º classificado, o que permite uma situação desafogada na luta por uma vaga na Liga dos Campeões caso não consiga chegar ao 1º lugar.

A Taça Hugo dos Santos é nossa (com vídeo)!

Grande Benfica! Grande basquetebol!
Esta equipa merece a nossa admiração porque nos momentos decisivos responde sempre. 
Apesar de ter sido eliminada da Taça de Portugal, perdendo em casa com o V. Guimarães e de ter perdido o último jogo do campeonato com o Iliabum por 1 ponto, não acusou a pressão e depois de ter ganho à Académica, na 6ª feira, por 9 e o V. Guimarães, ontem, por 6 pontos, bateu o FC Porto há pouco, por 1 ponto (76-75), vencendo a Taça Hugo dos Santos (Taça da Liga).
Depois da Supertaça, agora a Taça da Liga, derrotando ambas as vezes o FC Porto.
 
(Obrigado JJD-Pinceladas Gloriosas, por mais este magnífico vídeo)

Arranque para o título?

Começa hoje a 2ª volta do campeonato para o Benfica.
Apesar da actual fase da equipa, o atraso pontual para o 1º lugar pode ser demasiado grande para recuperar. No entanto, com a equipa que o Benfica tem, tudo é possível desde que continue concentrada em todos os jogos e tenha a sorte de não ser prejudicada como foi no início do campeonato.
O jogo de hoje em Coimbra não é fácil, disso ninguém tem dúvidas, mas também o anterior em Leiria não o era, talvez até em termos teóricos fosse mais difícil e no entanto vencemos categoricamente por 3-0. Por isso, o único resultado que interessa é a vitória, não só para manter a pressão sobre o líder, como para vingar a derrota da Luz na jornada inaugural do campeonato.
A derrota do Sporting nesta jornada foi boa para o Benfica pois permite-nos estar mais à vontade na manutenção do 2º lugar que dá acesso à Liga dos Campeões, embora tendo que disputar uma pré-eliminatória.

Que honra!

Fui alvo duma comovente homenagem no recém criado Blog "Mentiras Vermelhas". 
Graças a um post meu, "Regulamento não está a ser cumprido", um adepto portista resolveu criar um Blog de defesa da agremiação azul nortenha.
Ora leiam a homenagem que me foi prestada (não ponho aqui o link para não dar audiência a quem não a merece).

"O porquê da criação do Blog"
Este blog foi criado após leitura de alguns textos no mínimo ridículos em blogs afectos aos vermelhos.
Ao ler esta triste demonstração de azia, facciosismo e desonestidade http://manueloliveira2000.blogspot.com/2011/01/regulamento-nao-esta-ser-cumprido.html fartei-me e decidi escrever sobre esta mentira incrível.
O idiota do autor deste blog diz que o Leiria facilitou no Dragão, tendo poupado jogadores a ponto até deter infringido os regulamentos (no entanto deu mais luta que o clubezito dele...)

Seguem depois as tentativas de explicação do autor do texto e acaba assim,

Finalizo dizendo que este será o primeiro de muitos posts a defender a honra e a verdade contra os ataques marginais que todos os dias surgem nos blogs vermelhos.
Agradeço desde já, a vossa leitura e peço que denunciem todas as situações que entendam merecer uma crítica. Estarei ao vosso dispôr! 

Obrigado DC!

Nélson e David já estão prontos para voltar

Vi e gostei dos nossos David Simão e Nélson Oliveira no jogo que terminou há pouco entre o clube que representam (Paços de Ferreira) e o Sporting, em Alvalade.
Grande jogo do Paços, com vitória merecida por 3-2 sobre os leões.
O David foi titular tendo sido substituído quase no fim para entrar um defesa na fase em que seguravam a vitória e o Nélson entrou com o resultado em 2-2, tendo estado em campo na fase em que o Paços procurava e conseguiu o 3º golo.
O médio fez uma boa exibição e o avançado mostrou bons pormenores no tempo que esteve em campo.
Não tenho dúvidas que a continuarem assim terão lugar no plantel do Benfica na próxima época.

A.F. Porto

A Associação de Futebol do Porto vai impugnar a Assembleia Geral extraordinária da Federação, marcada para o dia 29 deste mês, revelou Lourenço Pinto, presidente daquela associação.
O dirigente associativo considera "irregular" a convocatória da reunião magna onde será votada a alteração dos estatutos da FPF em conformidade com o novo Regime Jurídico das Federações Desportivas.
"É uma convocatória atentatória às normas estatutárias e enferma em grande erro de vício", afirmou Lourenço Pinto, para quem "o fundamento para o pedido (de realização da reunião extraordinária) é errado".
Segundo o líder da AFP, "Avelino Ribeiro, presidente da Assembleia Geral, não marcou as eleições para os Órgãos Sociais de 5 de Fevereiro em 18 de Dezembro, mas sim no dia 15 desse mês, tendo sido publicitada apenas a 18 por indicação federativa".
"Logo, cai por base essa convocatória por ser irregular. E será impugnada a sua realização, assim como o resultado que de lá vier", assegurou o dirigente portuense.
A associação portuense, uma das principais opositoras à alteração de estatutos da Federação Portuguesa de Futebol de modo a adequá-los ao novo regime jurídico das federações desportivas, mantém-se inflexível face às notícias que dão conta de ameaças da FIFA, cujas consequências extremas poderão excluir as selecções e clubes portugueses das competições internacionais.

Pergunta inocente, porque será que o sr. Lourenço Pinto quer impugnar a Assembleia e não quer que a FPF adeque os seus regulamentos ao novo Regime Jurídico? Afinal de contas tem medo de quê? Não dizem os adeptos portistas que o seu clube ganha tudo limpinho porque tem sempre a melhor equipa do país?

Regulamento não está a ser cumprido

A contratação do central Jardel levantou uma onda de contestação, sobretudo por parte de portistas e imprensa afecta ao clube azul. Porém, quem tem telhados de vidro não deve atirar pedras para o ar.
A regulamentação da Liga de Clubes e da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) é omissa no que diz respeito a casos de jogadores que assinem por clubes que a sua anterior equipa se prepara para defrontar. No entanto, o regulamento disciplinar das duas instituições (o artigo 53.º, no caso da Liga e o artigo 49.º, no caso da FPF), é apenas mencionada a possibilidade de um clube ser castigado se se verificar que apresentou uma equipa "notoriamente inferior ao habitual"
O castigo pode dar descida de divisão (se o jogo for da Liga) ou de eliminação (se o jogo for da Taça de Portugal ou da Taça da Liga).
O que é que aconteceu à União de Leiria? Nada, nem inquérito houve!

Há que aproveitar a onda

A subida de forma do Benfica coincide com a descida do FC Porto.
Os recentes resultados dum e doutro provam isso.
Se a subida do Benfica reforça a esperança de ainda ser possível chegar ao título, por outro lado a descida de forma da equipa nortenha já é alvo de contestação por parte de alguns adeptos. Contestação essa que levou o técnico a afirmar hoje «Se há sócios ou adeptos que duvidam devem pensar duas vezes. Nós precisamos de confiança, apoio e respeito pelo que estamos a fazer. Temos um percurso que tem de ser respeitado. O significado do jogo com o Pinhalnovense é o apuramento para a meia-final da Taça de Portugal».
A falta de confiança na equipa portista, levou ainda o técnico a dizer que o seu adversário deste domingo, o lanterna Naval, está mais agressivo que anteriormente.
Quem sabe se o "nosso" Mozer não nos dá uma alegria?

Tanta invenção

Foi preciso o Benfica vir informar através de comunicado no seu site que são falsas as notícias das negociações com o Chelsea por David Luiz para deixar totalmente descansados os adeptos benfiquistas.
Se bem que desconfiássemos da veracidade da notícia, sobretudo devido ao baixo valor referido e à falta que o mesmo faria no que resta da época onde ainda está tudo em aberto no que se refere a títulos. Até o campeonato ainda é possível. Se alguém tivesse dúvidas basta olhar aos últimos resultados e exibições.
A Direcção do Benfica que tem sido muito criticada, até por benfiquistas, parece-me que está a preparar muito bem a próxima época.
A recente contratação de Jardel foi feita já com o objectivo de preparar o jogador para substituir David Luiz que é quase certo sairá sim, mas no final da época.
Outro jogador que sairá pela certa é Fábio Coentrão e ao que parece também essa situação está a ser acautelada, não se sabendo se virá alguém ainda este mês, ou apenas no final da época.
A contratação dum extremo esquerdino (Fernández) também vem colmatar uma carência da equipa que só tinha o Gaitán para a posição.
Prevendo as saídas do capitão Nuno Gomes, de Mantorras (que já não conta), talvez de Salvio e certamente de Weldon, já estão contratados, ou em vias disso, Nolito, Rodrigo Mora, provavelmente o regresso de Nélson Oliveira e quem sabe mais alguém.
Para ser alternativa a Maxi fala-se de Wass do FC Copenhaga.
Na baliza estamos bem servidos.

Quantos jogadores terá o Benfica em 2011/12?

Começo a ficar preocupado, confesso!
Já aqui falei do assunto em tom de brincadeira, mas agora é mais a sério.
Segundo a imprensa desportiva portuguesa, o Benfica já tem acordo com diversos jogadores para a próxima época a custo zero. Falta a confirmação do Benfica, que logicamente não o pode fazer abertamente para não prejudicar os jogadores nos seus actuais clubes, para se ter a certeza se são verdade ou não.
Seriam, Nolito (Barcelona), Nuno Coelho (Académica), Rodrigo Mora (Defensor Sporting - Uruguai) e Carole (Nantes). Para além destes, já contratou neste mercado de inverno, o argentino José Luís Fernández (Racing) e o brasileiro Jardel (Olhanense).
Existem ainda jogadores a rodar e que em princípio deverão ter uma chance de ficarem no plantel, casos de Rodrigo (Bolton), Nélson Oliveira (Paços de Ferreira), Urreta (D. da Corunha), Miguel Vítor (Leicester) e eventualmente mais algum.
Haverá uma revolução no plantel?

Jardel, a ética e a falta dela

Muito já se falou e continuar-se-à a falar a propósito da contratação do central Jardel ao Olhanense no dia do jogo com o mesmo clube para os oitavos-de-final da Taça de Portugal.
Os adeptos do FC Porto, clube que é useiro e vezeiro em fazer contratações deste tipo, ficaram escandalizados.
Pois bem, cada caso é um caso e existem sempre várias ópticas para os analisar.
Concretamente neste caso de Jardel, a minha opinião é de que teria sido preferível que não tivesse ocorrido. Porém, sabe-se que o jogador era pretendido por vários clubes, quer portugueses, quer estrangeiros. Além disso há que ter em conta o binómio preço/qualidade. Relembro que Fábio Faria custou mais caro.
A chamada "janela de transferências" de inverno está aberta, logo as compras e vendas terão de ser feitas este mês. Será que teria sido mais ético não fechar o negócio, ele jogar contra o Benfica sabendo das negociações, depois ter o azar de fazer um auto-golo ou mesmo uma exibição menos conseguida e levantarem-se suspeições infundadas? A minha resposta é não!
Concluindo, julgo não ter havido falta de ética neste caso.

P.S. Já depois de ter escrito este post, li estas declarações do presidente do Olhanense.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

ARQUIVO DO BLOG

Prémio Relíquia da Internet

Prémio Relíquia da Internet

Presente do grande CORAÇÃO ENCARNADO

Presente do grande CORAÇÃO ENCARNADO

Adaptado por Blogger Benfiquista

Blog do Manuel © 2008. Template by Dicas Blogger.

TOPO