Época 2015/16

Época 2015/16

O Benfica é o mais transparente

Num excelente artigo, o Público dá a conhecer quais os Fundos de Investimento e Empresas que detêm percentagens dos passes de muitos jogadores dos 3 principais clubes portugueses.
Enquanto os rivais do Benfica têm uma salsalhada de empresas, muitas delas of-shores, nós apenas cedemos percentagens ao Fundo em que detemos uma percentagem (15%), no caso o Benfica Stars Fund.
Querem mais transparência?
Ficámos apenas com uma dúvida, onde páram os 30% de Nélson Oliveira e os 15% de Matic?

Isto é benfiquismo puro!

O discurso de Mário Wilson é arrepiante de benfiquismo puro!

Ainda a Gala

Tive o previlégio de assistir através da Benfica TV à Gala do 108º aniversário do Benfica.
Quantos clubes se podem gabar de ter um canal a cobrir as suas Galas de aniversário? Poucos!
Foi um hino ao benfiquismo, especialmente relembrando aos mais velhos e mostrando aos mais novos o que é o Benfica.
Depois de ter feito uma travessia do deserto entre as épocas de 1993/4 e 2004/05, o Benfica conseguiu reerguer-se em todos os aspectos, voltando a discutir os títulos, no futebol e nas modalidades ditas amadoras.
Ainda não reconquistou a hegemonia esperada pelos benfiquistas no futebol, mas para lá caminha, apesar dos muitos obstáculos que lhe são colocados no caminho. Mas Deus é grande e não há mal que sempre dure. O polvo estrebucha numa tentativa desesperada de sobrevivência, mas chegará o dia em que alguém lhe dará a estocada final.
Voltando à Gala, o momento protagonizado por Futre foi cómico, conforme puderam ver no vídeo doutro post, mas os protagonizados pelas antigas estrelas (Mário Coluna, Eusébio, Ângelo, Mário João, Artur, Cruz, José Augusto) foi uma lição de benfiquismo, especialmente o "Viva o Benfica" de José Augusto e as palavras do velho capitão, Mário Wilson.
A coroação do argentino Pablo Aimar foi outro momento alto, especialmente pela demonstração de simplicidade e de agradecimento do nosso Pablito.

Por esta amostra se vêem os critérios

Todos sabemos que é muito mais fácil aos árbitros amarelarem jogadores do Benfica. Estamos acostumados a ver isso, jogo após jogo.
Uma prova do que afirmo está na amostra abaixo.
Enquanto o Javi fez 18 faltas e viu 6 amarelos, o Polvo fez 28 e viu apenas 5!
Javi GarcíaDadosFernando
13Jogos15
1050Minutos1321
1Golos1
8 (2)Remates (à baliza)4 (2)
18Faltas cometidas28
13Faltas sofridas6
6Cartões amarelos5
38Pontos Maisfutebol46
2.92Média de Pontos3.07

Futre ajoelha-se perante Chalana

Tiro o meu chapéu a Paulo Futre pelo desportivismo e sinceridade!
Apesar de ser sportinguista e de ter jogado várias épocas no rival nortenho, donde se transferiu para o Atlético de Madrid, jogou meia época no Benfica.
Sempre que se pronuncia sobre o Benfica nota-se o maior respeito e fez questão de ir à Gala de aniversário para se ajoelhar perante Chalana que foi o seu ídolo.
Vale a pena ver!

Porque não estou surpreso?

A nomeação do árbitro Pedro Proença para o clássico de 6ª feira não me surpreendeu.
A lista era composta por ele e mais 8, a saber, Artur Soares Dias, Jorge Sousa, Carlos Xistra, Olegário Benquerença, Bruno Paixão, João Capela, Duarte Gomes e João Ferreira.
Por exclusão de partes, os 3 primeiros apitaram recentemente jogos do Benfica, o Ol(vi)gário está de baixa por ter chumbado nos testes da UEFA, o Paixão parece que foi vetado pelo PdC, Capela apitou ontem e o Ferreira apitou o último jogo do adversário. Sobravam Proença e Gomes.
Além disso, há dias o Vitó Pereira, dos apitos, já tinha dito que seria um internacional.
Bom trabalho é o que lhe desejo, sobretudo isento, caso contrário arrisca-se a ficar sem mais uns dentes.

Parabéns Benfica e adeus Jaime Graça!

Hoje o Glorioso completa 108 anos!
São 108 anos de glórias, conquistas, algumas derrotas dolorosas também, é um facto, mas nenhum outro clube em Portugal se pode orgulhar de ter uma história como a nossa.
História da qual os benfiquistas se podem orgulhar, sempre.

Num dia de alegria, a nota de tristeza foi a morte de Jaime Graça, que além de ter sido um grande jogador e capitão, foi internacional e estava ligado ao clube antes de adoecer e falecer.
Descansa em paz Jaime! 
Os pêsames à sua família.

Para inglês ver. Absurdo!

O CNAD fez um controlo anti-doping surpresa no Olival. Para quem não sabe, o Olival é aquele centro de estágio sito em Gaia, construído com o nosso dinheiro e alugado a preço simbólico a um clube da outra margem do Douro.
Bom, mas vamos ao controlo.
Quando 8 jogadores do clube estão nas selecções, Varela e Fernando (estão lesionados) e ainda Helton (dispensado para tratar de assuntos particulares), quem estava lá? Provavelmente apenas Sapunaru, Maicon, Djalma, Lucho, Álvaro Pereira e Kléber estavam presentes, embora só dois ou três devam ser titulares na Luz.

O Hulk é mesmo idiota!

Quem disse que podiam entregar as faixas ao Benfica foi o teu treinador, idiota!

E já que falo do idiota, perdão do "Incrível", vejam a diferença das respostas dele e de Luisão.
Juntos na selecção brasileira para o jogo de hoje com a Bósnia, na Suíça, enquanto Luisão diz, «A amizade prevalece acima de qualquer jogo», ele diz, «Damo-nos bem aqui mas quando voltarmos isso acaba».
Com amigos destes para que precisamos de inimigos?

Ninguém nos calará!

Estão a fazer a cama ao Benfica para oferecer de bandeja mais um campeonato ao senhor do costume. E a imprensa está nem aí, como dizem os brasileiros.
Mas os benfiquistas estão atentos e ninguém nos calará!
(Grande trabalho do Blog Chama Gloriosa)

Para quem acredita, é preocupante!

A notícia publicada hoje sobre rituais satânicos contra o Benfica é preocupante.
Quem não conhece nada sobre magia negra certamente vai zombar, gozar, brincar, com esta notícia. Mas atenção, a ser verdade (e porque será que nem duvido?) além de ser grave, é crime.
Que é estranho o Benfica ter ficado dois jogos seguidos sem marcar golos, lá isso é, embora possa acontecer.
Se o leitor quiser saber um pouquinho sobre o assunto, é só ler aqui.
Espero que seja apenas boato. Só pode!
Porém, falo deste assunto porque já vivi num país onde a macumba, que não tem nada a ver com satanismo, é corriqueira. E no desporto é frequente existir macumba em muitos países, especialmente africanos.
Já fui dirigente influente dum clube grande no país dele e alguns adeptos crentes nestas coisas me solicitavam para ceder os equipamentos dos jogadores antes dos jogos.
(A foto acima é do símbolo do satanismo)

Sr. Presidente dê um murro na mesa

O Benfica tem mantido muita descrição nas críticas públicas às arbitragens, apesar dos muitos erros cometidos. 
Já sei que virão por aqui alguns adeptos adversários insultar-me, mas com esses posso bem, e dizer que também fomos beneficiados. Sim, fomos beneficiados aqui e ali, mas em jogos e momentos que não influenciaram os resultados. Só para fazer de conta, sabem como é!
Se já em Guimarães tínhamos sido prejudicados no lance que origina o golo minhoto, em Coimbra foi um roubo descarado.
Afinal o nosso presidente sabe disso, como se pode ler aqui. Então, tome as providências para não sermos roubados nos próximos jogos, começando já pelo de 6ª feira.
Faça o favor de dar um murro na mesa do sr. Vítor Pereira, não o zarolho, o outro!

A arbitragem do Dragão

Disse no post anterior que ia estar de olho na arbitragem do rival do Benfica. 
Do penálti assinalado e falhado por Hulk nada a dizer, já nuns foras-de-jogo mal tirados aos avançados do Feirense a equipa de arbitragem esteve mal. É que não convinha nada que o Feirense marcasse primeiro!
E agora o jogo de 6ª feira se já era importantíssimo, agora ainda muito mais.
Os adeptos azuis exultam com a liderança partilhada e cantam de galo, vão gozando por antecipação, etc. Os adeptos e não só, o presidente condenado por corrupção disse numa casa do clube que vão ganhar, e o tanque austríaco também.
Veremos! Mas, não pensem eles que vão ganhar como na época passada em que estavam moralizadíssimos por não terem derrotas, enquanto o Benfica já estava afastado do título e não tinha as soluções que tem este ano.

Estou de olho neles

Hoje vou estar de olho na arbitragem do jogo do vice-líder com o Feirense.
Em circunstãncias normais não precisam de ajudas hoje, mas às vezes os jogos tornam-se difícieis. O de ontem em Coimbra é um exemplo disso.
Quase toda a gente, imprensa especialmente, diz que se ganharem os outros serão líderes pelo melhor saldo de golos. Isso só acontecerá porque a Liga decidiu que até à última jornada não leva em consideração as primeiras alíneas do critério de desempate.
Por exemplo, se o Benfica empatar no clássico por 0-0 ou 1-1, em igualdade pontual no final do campeonato ganharia o Benfica porque empatou no Dragão por 2-2.

PdC, e se fosses para a PQP?

Este cabrão tira-me do sério!
Como é habitual vem gozar com o que Jesus disse a propósito da data do clássico de 6ª feira.
Com um árbitro isento não ganham na Luz!
Acho piada a estes que não jogam a ponta dum corno, foram goleados pelo Manchester, até pelo Gil Vicente e ainda estão todos optimistas. Pode ser que na 6ª feira voltem à terra!

Roubados, como convinha!

Apesar de não ter feito uma grande exibição, o Benfica merecia ter saído de Coimbra com a vitória e não com o empate a zero.
Com este empate, poderemos ser alcançados no topo da classificação fazendo com que a próxima jornada atinja ainda mais importância.
Não vou alinhar na onda derrotista que se seguirá a este empate porque se o jogo de Guimarães foi fraco, este foi bastante melhor, simplesmente não houve pontaria na finalização.
A Académica bateu-se até à exaustão pelo pontinho, apesar de ter feito alguns contra-ataques na fase em que o Benfica fazia tudo para ganhar e em que deu espaços.
Não vou falar do trabalho dos jogadores apesar de algumas boas exibições. Refiro apenas o jovem Nélson Oliveira que jogou toda a 2ª parte e em que foi o avançado mais incómodo para a defesa academista. Pena ter estado azarado na finalização.
Sobre o artista do apito, cumpriu a missão para a qual veio incumbido. Imagino as pressões nos bastidores que o nosso principal adversário fez após a derrota em Barcelos.
Perdoou dois penáltis à Académica, um por braço na bola de Cedric num cruzamento de Bruno César ainda na 1ª parte, outro em falta sobre Aimar que para não marcar transformou em livre contra o Benfica. Ah, ainda um fora-de-jogo em que Aimar ficava na cara de Peizer.
E assim se relança o campeonato português da forma habitual nos últimos 30 anos!

Académica-Benfica online

Assista online ao Académica-Benfica a contar para a 20ª jornada da Liga Zon Sagres.
Link1 
Link2   
Link3

Onze inicial do Benfica:
Artur; Maxi, Jardel, Garay e Emerson; Matic, Witsel, Gaitán, Bruno César, Aimar e Cardozo.

Suplentes:
Eduardo, Miguel Vítor, Javi Garcia, Nolito, Saviola, Yannick e Nélson Oliveira.

Incidências da partida:
Para que conste, ficou um penálti por marcar contra a Académica por braço na bola de Cedric a interceptar cruzamento de Bruno César.
Fora-de-jogo mal assinalado a Aimar (estava em linha) e ficava totalmente isolado frente a Peizer.
Intervalo: 0-0
Saíu Matic ao intervalo (tinha um amarelo) apesar de estar a fazer um bom jogo e entra Nélson Oliveira.
Sai Gaitán e entra Nolito.
Sai Aimar e entra Yannick.
Resultado final: 0-0

As Oitavas da Liga dos Campeões


As Oitavas de final da Liga dos Campeões tiveram seus jogos de ida, obtendo os seguintes resultados:

Bayer Leverkusen 1-3 Barcelona Sem dúvida o time liderado por Messi é favorito, e deve se classificar sem nenhuma dificuldade. A vitória foi construída sem problemas

Lyon 1-0 Apoel Enfrentando uma das surpresas (zebras) da primeira fase, o Lyon conseguiu uma importante vitória dentro de casa e jogará pelo empate na volta

Zenit 3-2 Benfica Jogando fora de casa, o Benfica foi derrotado no frio da Rússia por 3 a 2, e agora necessita de uma vitória simples em casa para se classificar

Milan 4-0 Arsenal Com boa atuação de Robinho, o Milan não deu chances, e goleou o Arsenal sem dificuldades, praticamente garantindo a vaga para a próxima fase

CSKA 1-1 Real Madrid O times Espanhol não conseguiu vencer a euforia e a vontade do time da Rússia no frio negativo. O empate foi comemorado pelo time da casa, mas jogando em casa na volta, o Real deve fazer o resultado

Napoli 3-1 Chelsea Em péssima fase, o Chelsea sofreu a virada e perdeu na Capital Italiana. Agora, precisara vencer por dois gols de vantagem dentro de casa, e precisará melhorar muito seu futebol

Olympique 1-0 Internazionale A Inter confirmou a má fase, e foi derrotada na França. Agora, precisará reverter em casa, mas para isso precisará jogar muito melhor do que vem jogando

Basel 1-0 Bayern de Munique Fora de casa, o time alemão foi surpreendido, e derrotado pela Outra Zebra da UCL desta temporada. Agora, terá que fazer dois gols de vantagem em casa em um duelo complicado

Os jogos de volta ocorrem em 06/03, 07/03, 13/03 e 14/03


Hoje temos uma das 11 finais que faltam

O Benfica tem hoje mais uma final tendo em vista a conquista do título.
Apesar de ter perdido pela primeira vez na última jornada, o que pode causar uma apreensão maior nos adeptos, mas não creio que o mesmo aconteça com a equipa.
Derrotas e jogos menos conseguidos até o super-Barça tem tido. 
O super-Real de Mourinho, apesar dos 10 pontos de vantagem também já perdeu está época.
Então, não podemos colocar em causa a qualidade da equipa do Benfica apenas por ter perdido em Guimarães.
Quantas vezes vimos o Benfica perder duas semanas seguidas? Raríssimas, mesmo nas épocas em que não somos campeões.
Hoje em Coimbra vamos ganhar, com maior ou menor dificuldade!

O bom senso prevaleceu

A Associação de Atletismo de Leiria tinha vetado o lançador de peso Marco Fortes de participar em provas organizadas por aquela associação.
O motivo para esta decisão drástica foi a crítica do atleta do Benfica à anulação dum lançamento que posteriormente foi validado, após visionamento do vídeo.
Por aqui se vê que Marco Fortes tinha razão nas críticas aos juízes.
Agora, perante a comunicação de ausência da equipa de atletismo do Benfica ao meeting de Pombal, a Federação Portuguesa de Atletismo mediou o conflito e a Associação de Leiria levantou o veto.
Prevaleceu assim o bom senso!
Mas é caso para dizer, incompetentes mas prepotentes!

Temos guarda-redes para o futuro

Não, não falo de Artur, embora espere que fique no Benfica por alguns anos e sempre ao nível do que tem feito até agora.
Falo do jovem esloveno Jan Oblak, 19 anos, titular da U. Leiria desde que o anterior titular se lesionou.
Já fez vários jogos, um deles no dragão, em que esteve quase sempre em muito bom nível. Hoje, na Madeira, brilhou frente ao Marítimo, fazendo três ou quatro grandes defesas, só não defendeu o remate que deu golo porque a bola bateu num colega e mudou de trajectória, ainda assim ele ainda conseguiu tocar na bola.
Depois de andar a rodar de clube para clube sem jogar, finalmente a sua vez chegou para ficar, creio eu.

Nélson Oliveira e Nuno Gomes

Paulo Bento convocou Nélson Oliveira para o particular da selecção contra a Polónia.
Aos 20 anos, o jovem ponta de lança do Benfica estreia-se nos convocados da principal selecção portuguesa.
Embora tapado no Benfica, por isso tem jogado poucos minutos, ainda assim o seleccionador resolveu chamá-lo. E quanto a mim fez bem pois joga numa posição em que o futebol português está muito carenciado. Basta ver que têm sido convocados Postiga, Hugo Almeida e Nuno Gomes, um joga no Saragoça e os outros são suplentes, do Besiktas e do Sp. Braga, respectivamente.
E por falar de Nuno Gomes, não restam dúvidas que deu um pontapé na sorte ao não aceitar um cargo directivo no Benfica para ir jogar no Braga tendo em vista a convocação para o Euro-2012. Pode acontecer, mas será difícil, mais a mais com a convocação e presumível afirmação do jovem Nélson Oliveira.

"Hulk, tu não és incrível"

Eis a frase que originou a queixa do seu clube à UEFA.
«Adeptos do Manchester City incomodaram o jogador portista durante o jogo e isso motivou uma queixa do FC Porto à UEFA.
Hulk não usou os super poderes no jogo com o City, ao contrário de Kun Aguero, que esteve inspirado e ajudou a equipa de Manicini a eliminar o FC Porto da Liga Europa,com um humilhante agregado de 6-1.
A imprensa inglesa cilindra esta quinta-feira o camisola 12 e os dragões, não só pelo resultado, como pela ameaça de queixa à UEFA. O clube português considera que o capitão foi vítima de comportamento antidesportivo e que isso merece uma investigação oficial. Tudo porque os adeptos dos citizens, passaram o jogo a incomodar Hulk e a gritar: "Tu não és incrível" ou "És uma fraude".
As alegações foram recebidas com perplexidade, no Estádio Etihad, segundo o jornal Guardian. Ainda mais depois do que aconteceu no Dragão e que levou a UEFA a abrir um processo disciplinar ao clube da Invicta por cânticos racistas a Mario Balotelli e Yaya Touré. O mesmo jornal noticia mesmo que não é a primeira vez que tal acontece nas deslocações inglesas ao campo do FC Porto, pois Drogba e Gallas "sofreram" o mesmo quando jogaram lá pelo Chelsea em 2004.
A versão portista é que os adeptos do clube cantavam:"Hulk, Hulk, Hulk, Hulk,". Por isso, segundo os ingleses, o City pode alegar que as bancadas do Etihad gritavam "Kun, Kun, Kun", defendem. Incrível é o Kun (Aguero)».

São uns patéticos estes senhores!

Tratamento diferente entre o Benfica e os outros

A imprensa desportiva mais uma vez mostra como é diferente o tratamento entre o Benfica e um outro clube português.
São repetitivas as lesões inoportunas de "n" jogadores quando teriam de jogar com o clube mãe. E disso ninguém fala.
Bastou Urreta não ter jogado contra o Benfica para se levantar a suspeição.
E afinal, segundo as palavras dum vice-presidente vimaranense, em resposta a insinuações de que Urreta teria recebido pressões para não jogar, "É completamente falso. O Urreta estava em estágio e, devido a uma gripe, teve que o abandonar. Era um dos jogadores em dúvida, tal como o Nuno Assis e o Toscano. Pressões do Benfica? Não tem nada a ver".
Nunca vi falarem de suspeições, nem de pressões, na imprensa desportiva quando é outro clube o envolvido.

Olha-me este prepotente

Witsel está convocado para o particular da Bélgica contra a Grécia. Até aqui tudo normal.
O que não é normal é ver um seleccionador duma equipa que não vai à fase final do Euro-2012 dizer coisas como esta.
«Esse não é problema meu. As datas dos jogos particulares das seleções foram marcadas pela FIFA. Se a Liga portuguesa escolheu marcar esse jogo para sexta-feira e não durante o fim de semana deverá assumir as consequências dessa decisão. Mas se o Benfica quiser fretar um avião especial para repatriar Witsel imediatamente após o jogo não vejo nisso qualquer inconveniente», disse com ironia Georges Leekens.
Primeiro anda mal informado, não sabe que o jogo se realiza numa 6ª feira e não no fim de semana porque o Benfica joga na 3ª feira (6) para a Liga dos Campeões. 
Segundo é prepotente.

Chover no molhado

O treinador Pedro Emanuel, da Académica, disse o que todos os treinadores têm dito sobre o Benfica. Face ao futebol extremamente ofensivo da equipa, expõe-se em termos defensivos. Disso todos sabemos já.
O futebol não tem lógica, todos o sabemos, pois se tivesse o Benfica já tinha garantido os 3 pontos em Coimbra.
A Académica não ganha em casa há bastante tempo, na última jornada foi goleada, porém todos nós benfiquistas temos consciência que será um jogo difícil. Para o Benfica raramente existem jogos fáceis porque todas as equipas se apresentam com duplo pulmão vá lá saber-se porquê. Até Garay que está cá há meia dúzia de meses já percebeu isso!
Apesar da Académica ser neste momento uma equipa inferior ao V. Guimarães, o Benfica tem de apresentar em Coimbra uma equipa guerreira e consistente na defensiva para não permitir avanço no marcador ao adversário como aconteceu em Guimarães.

Um conselho a Rui Cerqueira

Rui Cerqueira depois da desculpa esfarrapada e sem pés nem cabeça após os insultos racistas dos adeptos do seu clube aos jogadores do M. City, vem agora dizer que vão apresentar queixa à UEFA sobre comportamentos de adeptos ingleses ao jogador Hulk. Cheira a révanche, mas adiante.
Como se o clube não fosse um todo, disse que foi abordado por um elemento da equipa técnica que confirmou a situação. Coitado, não sabe o que diz!
Agora a pérola, ele admite que estes comportamentos sejam "normais" em Inglaterra, mas que o seu clube quer contribuir para "erradicá-los" do desporto.
Sendo assim, deixo-lhe aqui um conselho, erradique também os comportamentos dos seus adeptos em relação à instituição Sport Lisboa e Benfica e aos seus adeptos. Para quem diz querer ser exemplo ficam-vos muito mal!

Com todo o respeito!

Para o Janko com todo o meu respeito, «..rto perdeu. Yuhhuuuuu»!

Pessoal, vamos melhorar o astral

Muitos benfiquistas ficaram deprimidos com as derrotas frente ao Zenit e ao V. Guimarães, sobretudo esta, mas tirando a coincidência de terem sido seguidas, são derrotas normais.
Normais porque foram fora de casa e contra adversários valorosos. Claro que talvez com outra postura em campo, com alguma sorte, etc. podiam perfeitamente ter acontecido.
Mas, se vamos ficar deprimidos e pessimistas com estas derrotas, o que dizer do outro clube que agora é relançado no campeonato, quando perdeu categoricamente em Barcelos e agora em casa para a Liga Europa. Eles são melhores que nós como equipa? Claro que não.
Posso estar errado, mas ou muito me engano ou hoje vão ter mais um dissabor na prova da qual são detentores do último troféu.
Portanto pessoal, vamos levantar o astral e apoiar em massa a nossa equipa em Coimbra para recebermos depois o outro candidato na frente da classificação e mostrar quem é melhor equipa.
Há ainda muito campeonato pela frente e há quem esteja em pior situação, senão vejamos.
Vamos receber o 2º e o 3º e vamos a casa do 5º, enquanto o 2º recebe o 5º, mas vai jogar a casa do 1º, do 3º e do 4º classificados.
Qual o calendário que preferem?

Ainda a lesão de Rodrigo

Face a alguns comentários portistas sobre a lesão de Rodrigo, resolvi responder publicamente à questão.
Felizmente para o Rodrigo e o Benfica a lesão não foi grave, mas podia ter sido.
Querer branquear a entrada assassina do Alves com esse facto não é honesto.
Rodrigo foi atingido pelo assassino Alves no pé e por isso teve aquela queda feia. Quem disser o contrário é porque não quer ver.
A imprensa anda a dar muito destaque às declarações dos jogadores portugueses do Zenit, numa clara tentativa de desestabilização, mas não vão conseguir atingir os objectivos.
Já falei das declarações do Assassino, mas não me referi ainda às do Danny.
Danny mostrou-se pouco inteligente nas considerações que fez. Dizer que o Benfica tem de atacar o tempo todo, dando por isso espaços para o Zenit contra-atacar, é esquecer-se que basta o Benfica marcar um golo para passar. Logo, se marcar cedo, não precisa de correr muitos riscos, nem de atacar o tempo todo. Se por acaso o Zenit marcar primeiro, aí sim as coisas ficam mais difíceis mas só quem conhece mal este Benfica pode dizer o que o Danny disse. Dia 6 de março veremos!

Janko agora quer respeito!

«Ica perdeu. Yuhhuuuu!», disse ele no Facebook depois da derrota do Benfica em Guimarães.
Depois de ter recebido dezenas de mensagens das quais não gostou, vem agora pedir respeito.
Quem quer ser respeitado deve dar-se ao respeito!
A mensagem acima é muito respeitosa não é sr. Janko?
Como nenhum jogador ou treinador daquele clube diz a palavra "Benfica", prometo que a partir de hoje vou deixar de o fazer aqui em relação ao clube portista, pelo menos até final da época. É o meu blackout!

Porque não te calas?

A imprensa não se cansa de dar antena às declarações do Assassino Alves.
Hoje, vem dizer que a confiança do Benfica pode ter sido abalada.
Como dizia o rei espanhol ao presidente venezuelano, «porque não te calas?».

Está cá há meses e já percebeu

Garay, central do Benfica, está em Portugal há 7 meses e já percebeu que os adversários do Benfica quando jogam connosco transfiguram-se.
«Trabalhamos sempre para ganhar todos os jogos, vínhamos de um ciclo muito positivo mas todos os jogos são difíceis. Quando jogam contra o Benfica, parece que as equipas adversárias têm mais pulmão. Temos de continuar a trabalhar e pensar no jogo com a Académica. O Benfica precisa de ter muita bola e hoje foi difícil jogar a bola pelo chão, devido ao estado do relvado.»
Pois é Garay, tens toda a razão. Só um cego não vê!

Na ressaca

Muitos benfiquistas estão furiosos com JJ, outros desesperados com a derrota de ontem em Guimarães que reduz a vantagem do Benfica em relação ao rival para apenas dois pontos.
Jorge Jesus errou? Pode ser que sim, talvez tivesse sido melhor jogar com Witsel de início visto que o jogo era fora de casa e contra uma boa equipa, mas creio que não foi por ali que perdemos o jogo visto que o golo nasce dum livre lateral e quem defendia não foi suficientemente lesto para impedir o remate de Toscano. Que me lembre, Artur apenas fez uma grande defesa durante todo o jogo, o que significa que não foi pela zona central que o Benfica perdeu o jogo.
Muita gente anda a cruxificar o pobre do Matic. Pergunto, foi o Matic o culpado da derrota? Não! É inferior neste momento a Javi? É claramente, mas o rapaz está a jogar apenas há meses naquela posição. Dêem-lhe tempo!
O problema do Benfica ontem foi quanto a mim a desinspiração quase total de todos os jogadores. O último passe nunca saíu bem, pouco remataram, e apanharam pela frente uma equipa que se esfarrapou, festejando a vitória como se duma final se tratasse.
Houve alguém que me questionou na caixa de comentários, quanto terá recebido o Gil Vicente para ganhar ao Porto? A esse anónimo aconselho-o a rever um e outro jogo e verá que o Gil venceu nas calmas a uma equipa amorfa e não precisou de super ferrolhos, nem festejou a vitória da forma exuberante como os jogadores do Vitória festejaram.
Porque motivo o Urreta não jogou, não sei! No entanto, tenho a convicção que foi uma decisão do seu treinador, talvez porque terá consultado o jogador e viu que ele não tinha a ambição de querer ganhar ao seu clube. É o que eu penso!

Derrota, mas nada está perdido!

Não foi um bom jogo da parte do Benfica, mas apanhou pela frente uma equipa que encarou este jogo como se fosse uma final. Tanta garra, tanta força, tanta vontade de ganhar num simples jogo em que apenas estavam 3 pontos em disputa e que não lhes garante nada mais que o 6º lugar, dá para desconfiar de incentivo extra.
O golo dos vimaranenses nasce dum livre inexistente junto à lateral pois o jogador do Vitória viu-se apertado entre Maxi (que estava momentaneamente na esquerda) e Aimar e lança-se para a piscina. Curiosamente o livre foi marcado dois metros para dentro! Depois há demérito da defesa do Benfica ao não impedir o remate de Toscano.
Curioso também que o Benfica apesar de ter tido 12 cantos a favor, 2 contra, fez mais faltas, 15 contra 13! Mais faltas porque os árbitros infelizmente vêem todas as faltas do Benfica, enquanto fazem muitas vezes vista grossa às dos adversários. O costume!
Não vou falar de jogadores porque ninguém sobressaíu, todos lutaram muito mas não conseguiram atingir nota artística.
Apesar da derrota estou confiante porque a equipa lutou muito, apenas as coisas hoje não lhe saíram bem. Por outro lado o rival na luta pelo título não assusta, apesar de ter melhorado um pouquinho com os dois reforços de inverno.
Temos de estar preparados para a pressão da imprensa, que aliás começou já hoje quando o jornalista da Sporttv perguntou para Jorge Jesus se o Benfica ficava numa posição mais delicada em relação ao FC Porto. Resposta de Jesus, em posição delicada está o Porto porque está atrás do Benfica.

V. Guimarães-Benfica online

Assista ao V. Guimarães-Benfica a contar para a 19ª jornada da Liga Zon Sagres online.


Onze iniciail do Benfica:
Artur; Maxi, Luisão, Garay e Emerson; Matic; Gaitán, Aimar e Nolito; Rodrigo e Cardozo.

Suplentes:
Mika, Miguel Vítor, Yannick, Bruno César, Witsel, Saviola e Nélson Oliveira.
Eduardo lesionou-se no aquecimento e foi substituído no banco por Mika.

Incidências da partida:
O Vitória abre o activo por Toscano aos 37 min. na sequência dum livre inventado junto à lateral pelo sr. Cardinal.
Ao intervalo: 1-0
Cartões amarelos distribuídos a torto e a direito a jogadores do Benfica e Luisão de fora do próximo jogo.
Viram cartão, Maxi, Luisão, Witsel, Aimar e Matic.
Resultado final: 1-0

Desta vez concordamos com a Marta

A "nossa" Marta desta vez deixou o Cardozão em paz e atirou-se ao Assassino Alves.
Tem todo o meu apoio!

Está no seu direito, mas ...

Podia ter sido um pouco mais flexível. Refiro-me ao seleccionador belga, de nome Georges Leekens, que apesar de ter sido contactado pelo Benfica para libertar Witsel não o quis fazer.
Está no seu direito, mas o que é que custava libertar o jogador, visto que além de se tratar dum particular (com a Grécia), a selecção belga não vai estar presente na fase final do Euro-2012?
Ele lá sabe porque o fez.
Ah, disse também que convocou o Defour e que o Porto não solicitou a dispensa. Pedir para quê se Defour é suplente, quer no Porto, quer na selecção.

Porque é Carnaval

Bonita borboleta ao natural!
(Clique na imagem para aumentar)

Tão fraquinho!

Acabei de assistir ao V. Setúbal-FC Porto e confesso que não esperava um jogo tão fraquinho. 
Nem com um novo treinador a equipa do Setúbal mostrou a garra necessária para dificultar a vida ao Porto.
Mas também os portistas não mostraram futebol que me convencesse. Ou melhoram muito ou vão ser goleados em Manchester!
Tivesse o Vitória uma equipa um pouquinho melhor e o resultado iria ser discutido até ao fim.
Os portistas estão certamente satisfeitos porque reduziram a distância para o Benfica, mas se não houver imprevistos, tudo voltará à estaca zero daqui a mais ou menos 24 horas.

Possibilidade real ou bluff?

Jorge Jesus ainda não divulgou a convocatória para o jogo de amanhã frente ao Vitória, em Guimarães, porque quer ver se ainda poderá ou não contar com Javi Garcia e/ou Rodrigo.
Será verdade ou bluff?
Compreendo perfeitamente a postura de Jesus. Ele sabe que este é, à partida, um dos jogos mais complicados do campeonato, por isso não quer dar trunfos ao técnico adversário.
Ao indicar os nomes dos convocados apenas no dia do jogo impossibilita que o adversário possa treinar algum esquema táctico ou situações de jogo sabendo da ausência do jogador A ou B, ou dos dois.
O futebol é cada vez mais uma ciência e por isso não se pode dar trunfos ao adversário.

A vingança serve-se fria

Os júniores do Benfica entraram com o pé direito na fase final do campeonato da categoria.
Depois de ter perdido na 1ª fase na Luz, num jogo em que os sportinguistas distribuíram cacete à fartazana sem os correspondentes cartões e num jogo em os dirigentes sportinguista não quiseram que os adeptos do Benfica assistissem, foi a vingança perfeita.

Sábado sensacional!

O Benfica teve hoje um sábado verdadeiramente sensacional.
Começando pelo futebol, os juvenis A venceram o Imortal de Albufeira por 3-0 no Seixal, em jogo da 2ª fase do campeonato da categoria, ficando na liderança da Zona 3, agora com 6 pontos, seguido do V. Setúbal e do Santa Clara, ambos com 3.

Os júniores que na 1ª fase tinham ficado atrás do Sporting com uma diferença pontual enorme, fruto dum mau começo de campeonato, entraram na 2ª fase a vencer os leões em Alcochete por 3-2, depois de terem estado a perder por 2-0.
Inacreditável o facto do Sporting não ter permitido a entrada de adeptos do Benfica para assistir ao jogo. Será que para as camadas jovens a Liga não obriga os clubes que jogam em casa a disponibilizarem 5% dos bilhetes?
Com este resultado lidera o campeonato com os mesmos pontos (3) do Sp. Braga que foi ganhar ao FC Porto no Olival.

Passando para as modalidades, o futsal jogou para os oitavos-de-final da Taça de Portugal contra o Operário, em S. Miguel-Açores, tendo vencido por 6-5, com golos de Dentinho (2), Joel Queirós (2), Davi e Diece.
Nos quartos-de-final teremos o dérbi, numa final antecipada da competição!

O voleibol venceu o Sporting de Espinho fora por 3-0, com 19-25, 20-25 e 18-25 nos sets. Com esta vitória alarga ainda mais a vantagem e mantém o registo 100% vitorioso no campeonato. Pena que estes pontos não servirão de nada para a 2ª fase!
Agora o Benfica tem 63 pontos em 21 jogos, seguido do Castêlo da Maia com 50.

O andebol venceu os romenos do Energi Lignitul Pandirii por 40-24, em jogo da 2ª mão dos oitavos-de-final da Taça das Taças. Na 1ª mão já havia vencido por 33-27.
Destaque para o ponta direita David Tavares que marcou 10 golos.
Com este resultado apurou-se para os quartos-de-final da prova.

O hóquei em patins fechou o dia goleando os italianos do Amatori Lodi por 8-0 (1-0 ao intervalo), em jogo da 4ª jornada do Grupo D da Liga Europeia, com golos de Sérgio Silva (3), Luís Viana (2), Diogo Rafael (2) e Carlos López.
Não se pense que esta equipa é de amadores pois na jornada anterior da prova venceu o Benfica por 8-5 em Itália.

 Apenas a equipa de futebol profissional e a de basquetebol não jogaram este sábado.

Quem perderá pontos?

Ou melhor, alguém perderá pontos nesta jornada?
Dos 3 da frente, únicos ainda com hipóteses de serem campeões, todos jogam fora de casa.
Em teoria, o que tem deslocação mais difícil é o Benfica. Porque o V. Guimarães é uma equipa que costuma ficar sempre entre os seis primeiros e está precisamente no 6º lugar actualmente.
A deslocação do Braga a Barcelos para defrontar o Gil Vicente também não é fácil, vidé o que aconteceu ao Porto há duas semanas.
O Porto vai a Setúbal, em teoria a deslocação mais fácil dos três, mas apesar do V. Setúbal estar na cauda da classificação, mudou do treinador o que normalmente resulta numa mudança de atitude dos jogadores.
Como curiosidade o facto das três equipas equipas terem perdido nas competições europeias, embora a derrota menos traumática tenha sido a do Benfica, por ter sido fora, em circunstâncias adversas e ainda pelos dois golos marcados.
Deixem as vossas opiniões!

Convocações incoerentes

Os seleccionadores de futebol do Uruguai e do Brasil fizeram convocações surpreendentes para os jogos particulares do dia 29 deste mês.
Enquanto Óscar Tabarez do Uruguai deixou de fora Álvaro Pereira para convocar Fucile que esteve muito tempo parado e só há dias fez a sua estreia pelo Santos, o Mano Menezes do Brasil convocou Alex Sandro que fez dois ou três jogos esta época, deixando de fora outros laterais esquerdos que são titulares das equipas onde jogam, inclusivé na Europa.
Dá para entender?

Notícias desencontradas

De jornal para jornal as notícias sobre as lesões de Javi Garcia e Rodrigo variam.
Uns dão-nos como fora do jogo de Guimarães, outros dizem que ainda é possível a recuperação.
Seria bom que a segunda versão fosse verdadeira pois o jogo de Guimarães é importantíssimo, como são todos, mas talvez pelo facto de termos sofrido lá aquela derrota traumática no início da época passada ficamos sempre de pé atrás. É verdade que lá ganhámos (goleámos) para a Taça da Liga, mas campeonato é outra coisa.
O plantel do Benfica é vasto e com jogadores de categoria, mas por algum motivo Javi e Rodrigo são neste momento peças importantíssimas.
Só o facto de estarem em condições para qualquer eventualidade, mesmo que inicialmente no banco, já seria óptimo.

Rui Cerqueira é um cómico

O director de comunicação do FC Porto, Rui Cerqueira, um dos castigados pelos incidentes no túnel do Dragão de domingo passado, veio em defesa do seu clube a propósito dos supostos insultos racistas a Mário Balotelli e Yaya Touré.
Que defensa o seu clube tudo bem, agora que venha dizer que os sons a imitar macacos seriam de incentivo a Hulk.
Não consegui conter uma gargalhada ao ler as declarações do Cerqueira, eheheheheh.
Ficamos a saber que Hulk é um macaco!
E ficamos também a saber que os portistas poderão ter apoiado Kun (Aguero) que marcou o 2º golo do City.

Bravo, Magalhães!

O sr. António Magalhães, jornalista do Record, é conhecido pelo seu costumeiro anti-benfiquismo. Mas, perante factos, lá chega o dia em que tem de elogiar. Foi o que fez, a propósito das 100 vitórias de Jorge Jesus à frente do Benfica. 
Leia abaixo.
Depois de ter conquistado a centésima vitória ao serviço do Benfica, Jorge Jesus vai embalado para o seu segundo título de campeão em três épocas. A consegui-lo, o treinador que hoje faz capa deste jornal, numa produção exclusiva do Record, confirmará a tendência que se desenhou desde o primeiro dia em que entrou pela porta do estádio da Luz quando assumiu o comando técnico da equipa: com ele, o Benfica entrou numa nova era.
Com sublinha Jesus, são as vitórias que conduzem aos títulos e o registo que o treinador tem nos 141 jogos realizados no Benfica (quase 71 por cento de triunfos) reforçam, de facto, a convicção de que há mais conquistas à mão de semear.
A clubes com a grandeza do Benfica está associado um destino ganhador. Mas há momentos em que não se chega lá apenas com a força da dimensão e da história. Veja-se o caso do FC Porto que só depois da entrada de Pedroto (com Pinto da Costa) conseguiu quebrar um longo jejum de títulos que durou 18 anos e arrancou para tempos de muitas e brilhantes conquistas.
Não fora a conquista de Trapattoni em 2004/05, o Benfica teria estado 15 anos sem ser campeão. Até por isso, Luís Filipe Vieira não tem dúvidas que Jesus é o homem certo para projetar um ciclo virtuoso no Benfica que ficará mais consolidado com um segundo título em três épocas.
É verdade que nada se consegue sozinho e o próprio Jesus faz questão de sublinhar que as 100 vitórias são “a marca de um grupo”, mas é inquestionável o carisma e a paixão do treinador a uma causa que não se reduz ao Benfica, antes é mais lata.
Um dia, Cruyff escreveu a propósito dos técnicos que valorizam o futebol e sabem potenciar a qualidade dos jogadores com quem trabalham: “é importante ter treinadores que contagiem a alegria e o amor à arte. Não apenas os aspetos menos gratos e sofridos do jogo, mas sim o seu lado mais luminoso e estimulante”. Certamente por isso Aimar diz de Jesus que foi o melhor treinador que conheceu e também por isso o treinador gosta de vitórias com nota artística. Temos que lhe estar agradecidos.
Publicado no Record, Minuto Zero, 13 de fevereiro 2012

Rescaldo da jornada europeia

A jornada europeia não foi nada favorável às equipas portuguesas.
Na 3ª feira, o Braga perdeu em casa por 2-0 com o Besiktas de Carvalhal, Simão & Cia.
Para passar terá de vencer na Turquia por diferença de 3 golos o que se afigura tarefa impossível uma vez que o ambiente nos estádios turcos é escaldante.
Na 4ª feira, o Benfica perdeu com o Zenit por 3-2 na Rússia, embora tenha a eliminatória completamente em aberto, bastando-lhe ganhar por 1-0 ou 2-1 para passar aos quartos-de-final da Liga dos Campeões.
Na 5ª feira, o Sporting foi empatar à Polónia frente ao Legia por 2-2, ficando em excelentes condições de seguir para os oitavos-de-final da Liga Europa, já que lhe basta um empate a zero ou a um golo.
Ainda na 5ª feira, o FC Porto perdeu por 2-1, no Dragão, frente ao Manchester City, ficando com um pé fora da Liga Europa.
Recapitulando, o Sp. Braga quanto a mim está fora da Liga Europa e o FC Porto quase fora da mesma prova, curiosamente os dois finalistas da época passada, que desta forma caem sem honra nem glória nos dezasseis-avos-de-final.
O Sporting arrisca-se a ser o único representante português nos oitavos da Liga Europa e o Benfica tem os quartos da Liga dos Campeões ao seu alcance.

Os cânticos racistas

Não sei se vai dar em alguma coisa a queixa do Manchester City devido a supostos cânticos racistas contra Mario Balotelli e Yaya Touré por parte de adeptos do Porto no estádio do Dragão.
Se por acaso der algum castigo, gostava de ver a cara de vergonha (se a tiverem, desconfio que não) dos dirigentes portugueses das mais diversas modalidades por permitirem em todos os jogos entre portistas e benfiquistas que os adeptos azuis entoem impunemente cânticos de insulto ao Benfica.
Julgo que está mais que na hora de acabar com a impunidade!

Só faltava este artista

Um dia tinha de ser. Mas, em vez de ser na Luz, foi escolhido a dedo para Guimarães, um dos campos difíceis onde temos de jogar antes da recepção aos dragões. 
Tentativa desesperada para equilibrar o campeonato.
Quem não se lembra da arbitragem deste badameco no Sp. Braga-Benfica da época passada em que expulsa o Javi Garcia da forma que todos sabemos e de cujo livre resulta em golo do Braga.
Confesso que estou receoso, apesar da equipa do Benfica merecer toda a minha confiança e ser capaz de passar por cima de arbitragens manhosas em dias normais. Mas pode ser um dia menos bom, para mais depois dum jogo da Liga dos Campeões nas condições adversas que todos conhecemos.

Parece que enganaram a Lusa

A Lusa veio há dias com a notícia de que a UEFA e FIFA tinham informado que não havia investigação nenhuma à transferência do portista Walter.
Hoje, anuncia-se que a FIFA vai investigar o empresário uruguaio Juan Figer que negociou com o Porto os jogadores Hulk e Walter.
Seria interessante saber o que pensa a agência Lusa sobre o assunto.

O exemplo da China

Até a China consegue dar-nos um bom exemplo.
Quatro dos melhores árbitros do país foram presos por viciação de resultados.
Para quando uma medida igual em Portugal?
Acabavam-se os roubos!

A lesão de Rodrigo

Há muita gente a esfregar as mãos de contente pela lesão de Rodrigo. Não tenho dúvidas nenhumas. 
Porém, temos plantel para colmatar a ausência dele nos jogos em que não puder jogar, disso também não tenho dúvidas. 
Talvez seja a hora de lançar o Nélson. Está cheio de moral e é um poço de força e muito rápido. Não tem ainda o faro de golo de Rodrigo, mas com jogos vai lá.
Vamos ter esperança que os 20 anos de Rodrigo sejam um factor importante para uma rápida recuperação uma vez que não fracturou nada apenas sofreu uma forte contusão na anca.

O que disseram no Tribunal do Jogo.
«Para mim, seria cartão vermelho. Foi uma entrada a destempo, sem condições de jogar a bola e com a sola levantada na direcção do adversário. Roça a violência, algo que é habitual em Bruno Alves». (Jorge Coroado)
«É um lance passível de amostragem de cartão vermelho, pois foi uma entrada com uso excessivo de força em tackle deslizante de sola, pondo em risco a integridade física do adversário». (Pedro Henriques)

O Paulo Paraty não comentou sobre este jogo.

Se estes conhecidos benfiquistas o dizem, eu acredito!

Este assassino devia ser banido do futebol

Nem tendo trocado de clube mudou de comportamento. Uma vez assassino, sempre assassino!
Será que queria ver Rodrigo não só fora deste jogo como dos do campeonato português? Não me admiraria nada depois de ler o que ele disse ontem sobre o Porto e o Benfica.
E ainda vem dizer que acha que nem fez falta!
Vejam as imagens ao lado.

Tudo em aberto

O Benfica perdeu na Rússia com o Zenit por 3-2 deixando porém tudo em aberto para o jogo da Luz.
Atendendo às condições atmosféricas e ao mau estado do relvado não se pode considerar um mau resultado, embora pudéssemos ter saído de S. Petersburgo com outro resultado. Imperdoável sofrer o 3º golo logo após empatar a partida, mas aconteceu e agora resta-nos vencer os russos na Luz por um golo de diferença.
Com o piso em más condições, não dava para trocar a bola pelo chão como é habitual, daí talvez Aimar ter sido preterido no onze inicial. Com a bola constantemente pelo ar o futebol não foi bonito e foi contra-natura especialmente para o Benfica.
Quanto a mim todos estiveram bem na aplicação, embora sem grande nota artística.
A lesão de Rodrigo provocada pelo assassino Alves foi um revés para o Benfica conhecendo-se a influência que o jovem hispano-brasileiro já tem na equipa, quer ao nível da sua movimentação, quer ao nível do oportunismo e remate. Só espero que não seja grave!
Pena também o cartão exibido injustamente a Aimar que o impedirá de jogar a 2ª mão.
Para além de Aimar, também viram amarelo o capitão Luisão e Bruno César.

FK Zenit St. Petersburg-SL Benfica, online (ao vivo)

Assista online ao Zenit-Benfica a contar para a 1ª mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões.

Onze inicial do Benfica:
Artur; Maxi Pereira, Luisão, Garay e Emerson; Matic; Witsel, Gaitán, Bruno César, Rodrigo e Cardozo.
Suplentes:
Eduardo, Miguel Vítor, Jardel, Aimar, Nolito, Saviola e Nélson Oliveira.

O Benfica entra com o equipamento alternativo. Não percebo porquê já que os russos jogam totalmente de azul.
Temperatura: -9 graus.
Já desceu para -15 graus!

Incidências da partida:
Entrada assassina de Bruto Alves sobre Rodrigo. O árbitro só depois de ver a gravidade da lesão se decide por mostar um amarelo quando devia ser doutra cor!
Rodrigo saíu de maca, reentrando depois mas a coxear!
Golo do Benfica aos 20 min. marcado por Maxi na recarga a livre marcado por Cardozo e defendido para a frente pelo guardião russo.
O Zenit empata aos 27 minutos por Shirokov.
Aos 29 min. sai Rodrigo magoado e entra Aimar.
Amarelos na 1ª parte para Luisão e Bruno César (Benfica) e Bruto Alves (Zenit).
Intervalo: 1-1
Começa a 2ª parte.
Golo do Zenit aos 70 min. por Semak.
Cardozo empata aos 86 minutos.
Shirokov faz 3-2 aos 88 minutos.
Entra Miguel Vítor e sai Gaitán aos 90 min. adiantando-se Maxi.
Termina a partida com o resultado de 3-2 favorável ao Zenit.

«Pablo Aimar pelas minhas palavras»

Olá a todos. Este título não é meu. Bom, agora é, mas é uma menção a uma iniciativa aberta, livre, a quem quiser participar, na qual se pode escrever um texto sobre Pablo Aimar para dedicar um dia mais tarde aos nossos netos. Aos filhos, netos, bisnetos, quando já nós formos história, se saber o que foi, quem foi Pablo César Aimar Giordano. Para nós, semanalmente, ou até com mais frequência, é apenas UM ORGULHO que pisa os nossos relvados. No futuro, infelizmente, poderá ser uma série de estatísticas ou ser algo mais. É nesse algo mais que quero incidir, mostrar as minhas palavras sobre Aimar, e convidar quem quiser participar a fazê-lo. Poderão saber mais informações aqui em «Pablo Aimar pelas minhas palavras» no blog do Diego Armés.

«Pablo Aimar pelas minhas palavras»

Fica aqui lançado o desafio ao Manuel Oliveira mas também a todos os nossos leitores, a fazerem as suas crónicas e a enviarem-nas para este email pablopablitoaimar10@gmail.com para serem recolhidas.
Sem mais demoras deixo a minha visão de Aimar!

«Quando era miúdo queria e o meu pai não me deixava, tanto jogar à bola, como usar o cabelo comprido.

À bola, valha-nos isso, não se perdeu nada de especial. Já quanto ao cabelo comprido, longo, «na moda», a coisa foi diferente. Sempre tive um cabelo bonito, que, de tanto estar chateado com o facto de quando o quis usar comprido não o ter podido, quando pude usei tempo demais. Não deixou de ser bonito, passou a ser mais ralo, infelizmente.

Provavelmente, o facto de ter nascido em Portugal, um país ainda a ressentir-se, quando eu nasci, da recente recepção à liberdade, com muitos vícios da falta dela, a coisa passou-se como teria que ter passado. Se tivesse nascido na Argentina, por exemplo, se calhar, porque até me considero inteligente, e dado a idade que tenho, até poderia ter sido companheiro de clube de um dos mais bonitos profissionais de futebol que vi, Pablo César Aimar Giordano. Dele, do Saviola, de tantos outros, Riquelme, Véron, sei lá quantos mais...

No meio disto fiquei com a alegria de ver esse profissional bonito. Isto parece conversa do Artur Jorge, um que não vi senão como treinador do Benfica noutros tempos, os anos 90, e não seu ponta de lança, «fazer coisas bonitas», mas é verdade. O Aimar faz coisas bonitas. Fala de forma bonita quando é interpelado, ele, que diz que até tinha vergonha de falar quando era mais novo. Se fala tão bem, porquê tanta vergonha. Joga futebol de forma bonita... calma! Ele não joga futebol, ele desfruta com uma bola e põe os outros a jogar quando não está com ela, enquanto os outros, esses sim, jogam futebol. Ele apenas concentra nele a classe, o pensamento, o lirismo, a poesia, a prosa, o piano, o violino... por vezes até o bombo, ele, que dizem já não ter pernas (o que acho que é mentira, pois ele desloca-se caminhando, e, ou não são dele, assim sendo, ou afinal são mesmo pernas). Treina, segundo diz o seu treinador, o Jorge Jesus, que tem sempre um sorriso nos lábios, reflexo dos 18 anos que transporta para aquilo que faz, a todo o instante. Creio que isto tudo junto faz dele um profissional de futebol. É capaz de não ser só isto, mas verdade seja dita que daí a eu saber bem o que é, eu que poucos chutos dei na bola em miúdo, e em graúdo é mais caneladas nos adversários e amigos que outra coisa, não posso julgar o acto a cem porcento... Gostava, mas não sei. Sei é que isso tudo, além de jogador de futebol, ou se calhar acima de jogador de futebol, o transformou aos meus olhos num ídolo. Sim, um ídolo. Porque olho para ele e vejo uma pessoa, mas daquelas a quem, aparentemente, as virtudes superam os defeitos. É possível que todos tenhamos virtudes, e certamente todos temos defeitos. O rácio entre umas e outras é que se calhar nos diferencia nos vários patamares da lembrança futura. Aimar merece ser lembrado. Provavelmente mais do que eu, ou pelo menos por mais pessoas do que eu. Ele potencia a felicidade de milhões de Benfiquistas semanalmente, há quatro anos, tempo em que vai passeando o seu ser por entre nós, nos nossos campos, que tanto recebem jogadores que maltratam a bola, como recebem artistas, em muito menor número, que a tratam bem... Aimar alegra-nos a todos, eu, porventura, apenas à minha família e aos meus amigos...

Pablo, Pablito, aquele rapaz de quem El Dios disse ser o único que lhe faria pagar um bilhete para ir à bola, Maradona, ele que esteve e está num patamar tão alto, tão alto, que quando olha para baixo vê que, afinal, Aimar está, segundo ele, ali ao seu lado e não lá em baixo como se pensava então. É verdade, Aimar está. Aimar, de quem, goste-se ou não, um dos maiores jogadores actuais, senão o maior, Lionel Messi, disse ser fã, para quem Aimar era um ídolo... Para ele e para mim. E ele, por ser também um dos maiores actualmente e, naturalmente, um dos melhores de sempre, tem conhecimento também para ser bem avalizado o comentário. Faz-me sentir que, afinal, mesmo sem ter dado assim tantos pontapés na bola, se calhar até tenho razão em sentir-me bem com o Aimar como ídolo, que acertei, que as sensações que ele provoca são boas, correctas... E joga com a minha camisola, a do Benfica.

Joga ele, joga o Saviola... Parece que eram grandes amigos, em moços (e ainda o são), quando jogavam juntos lá na Argentina, antes de se separarem e virem para a Europa, para aqui virem dar... ao meu clube... que orgulho.

E não é que me lembrei agora, assim de repente, da rabona que o Aimar fez contra o Guimarães, para o Suazo marcar após um pique de 50 metros, e do golo do Saviola contra o Porto, na Luz, no último título, 2009/10... Incrível... No meu clube.

O Saviola é um tipo assim para o tamanho do Aimar, quer a nível físico, quer a nível de talento. Era daqueles jogadores de quem os meus amigos do Porto gabavam antes de vir para o Benfica. Ele e o Aimar, naturalmente. Aliás, tudo que é daquela leva e chegou à selecção é de boa estirpe. Tenho pena que outros do calibre de ambos não tivessem também vestido a minha camisola, para lhes causar ainda mais tristeza e, assuma-se, inveja. Também lá há muitos outros argentinos, uns melhores que outros, mas nenhum ao nível do Pablito.

Acabei de coçar a cabeça... Voltei a pensar no que escrevi no início do texto, o meu cabelo. O cabelo do Aimar. Milhares, milhões de pessoas sabem que o Aimar tem um estilo anti-estilo. Além do que joga, de tão natural, de tão puro, nem o cabelo, o aspecto lhe interessa. Diz ele. Sei lá. Ele diz que só o corta quando lhe incomoda. Eu nem isso... A barba então é de meses por fazer. Não é aspecto que se compadeça com o que nos é pedido a nível de imagem no dia-a-dia, mas ao Pablo é. É-lhe distintivo, ser assim, «lanzudo».

Com que então renovou mais uma época o tal gajo que vinha para o Benfica para a reforma. Não cito nomes, para não dar tempo de antena a quem não merece. O certo é que até esse já deve ter dado a mão à palmatória, se for Benfiquista...

Aimar ajudou a fundar esta equipa. Não é o único pilar, obviamente. Luisão lá atrás parece que faz crescer todos os defesas que jogam ao seu lado... E quantos já lá passaram ao lado dele. Aimar lá no meio é o anti-eucalipto. Se o eucalipto seca tudo à sua volta, Aimar... poliniza e faz crescer, um gajo de metro e sessenta, ou pouco mais... É a tal coisa que disse atrás, os outros jogam à bola quando ele não se entretém com ela. E a coisa funciona. Só foi preciso cuidar um pouco dele quando veio. Deixaram estragar tudo, estragar, estragar, estragar e ele ia-se perdendo, os colegas iam deixando de jogar... Bom, tempos passados. Já cá está e é nosso! Veste a minha camisola. Sim, já cá está há quase 4 anos e vai ficar pelo menos mais um. É tão bom... Por mim, tirando o facto de não ser português, e isso nada invalida, merecia ficar no clube para sempre. O Figo não é embaixador do Inter de Milão? O Futre não é embaixador do AC Milan, do Atlético de Madrid? É condição sine qua non que tem que ser português para ficar para sempre por cá? Bem me parecia que não. Ele é nosso. Os que o deixaram estragar não merecem, os que o venderam, bom, é um mundo capitalista, tem que se fazer uso do dinheiro, é preciso dinheiro para comer... Se não for para nós pode ser para vocês...

O meu cabelo está talvez a precisar de um corte... A barba então... Que engraçado... Eu que não sei jogar à bola, vou-me deitar agora a pensar que poderia ter nascido na Argentina e ter sido colega do Aimar... E saberia jogar...

Depois corto.

Sei que as palavras são singelas, mas...

Obrigado Aimar»

Obrigado a todos e conto com a vossa colaboração! Todos nós vemos o Aimar à nossa maneira, só temos que contar qual é!

Márcio Guerra, aliás, Bimbosfera

Assim é que se fala!

Jorge Jesus e Axel Witsel alinharam no mesmo discurso ambicioso sobre o jogo de hoje na Rússia.
Para ambos, o jogo é para ganhar faça frio, chuva ou neve e mais nada. 
Os jogadores estão mentalizados para ultrapassar as condições climatéricas adversas e lutar pela vitória frente ao Zenit.
Todos sabemos que não será fácil devido à temperatura que se registará à hora do jogo e que a equipa não está habituada, mas quando a vontade é grande os obstáculos são ultrapassados.
A campanha da equipa esta época é a melhor prova do valor e da ambição dos jogadores.

Menos dois no túnel

Antero Henriques e Rui Cerqueira foram castigados por um mês, além de 1.500 euros de multa para cada.
Respirar-se-à um ar mais puro no estádio da Luz, especialmente no túnel por ser um ambiente fechado, no próximo dia 2 de Março.
Com a necessidade que o Porto tem de ganhar na Luz, não deixam de ser duas baixas de vulto para pressionar a equipa de arbitragem.

Parece mentira mas concordo com o PdC ...

Quando este diz que a Federação Portuguesa de Futebol gera receitas à custa dos clubes, utilizando os jogadores sem quaisquer encargos, clubes que ainda têm de suportar o custo da extensão dos seguros.
Realmente é incrível a Federação ter datas FIFA para realizar jogos particulares e no fim de contas os clubes ainda são prejudicados.

O arrogante Bruno Alves

Todos sabemos como se comporta dentro de campo, o que não sabíamos (pelo menos eu) é que o artista era arrogante.
A propósito do jogo da Liga dos Campeões entre o seu Zenit e o Benfica, teve a arrogância de afirmar que o FC Porto é actualmente mais forte que o Benfica e que por isso acredita na qualificação para os quartos-de-final.
Pode até qualificar-se, mas ao dizer o que disse, candidatou-se a ser vaiado na Luz.
Pela boca morre o peixe Bruno Alves!

Até na Rússia

O Benfica é o mais popular e ponto final.
É incrível, até na Rússia estavam adeptos no aeroporto à espera da equipa.
Vejam a cara de felicidade de Jorge Jesus à chegada!
Espero que as condições atmosféricas sejam melhores que aquelas que são esperadas para 4ª feira, havendo o risco do jogo não se realizar se a temperatura atingir 15 graus negativos.

Até arrepia (os benfiquistas)

Fantástico vídeo, já com a espectacular jogada de Gaitán contra o Nacional. É de arrepiar!

Tão, mas tão mentiroso

Ainda ontem o presidente do Sporting disse que era um absurdo despedir o Domingos Paciência, e ainda que o número de adeptos que apareceu no aeroporto a insultar a equipa na chegada do Funchal era insignificante e não representava nada.
Afinal mentiu porque hoje despediu o treinador. Mas, o mais engraçado é que a SAD leonina justifica a decisão pela eliminação da Taça da Liga e pelo 5º lugar no campeonato e a seguir agradece ao treinador pelos serviços prestados. É para rir!

Restará dinheiro para pagar ao Benfica?

O Sporting não tem dinheiro para mandar cantar um cego, mas vai instalar um sistema de vigilância composto por 250 câmaras full HD que custará meio milhão de euros. Sistema esse que será estreado no dérbi com o Benfica, em Abril.
É caso para perguntar, restará dinheiro para pagar a indemnização ao Benfica pelo incêndio na Luz?

Parece que o túnel mudou de estádio

Os túneis estão na moda no futebol português.
Há duas épocas, a grande maioria dos portistas afirmou que o Benfica ganhou o campeonato por causa do túnel da Luz só porque o Nacional, um clube aliado do sistema, na pessoa da Micaela,  criou confusões e depois os jogadores do Porto, de cabeça perdida por terem saído derrotados, andaram à porrada com os stewards.
Segundo eles, o Benfica não venceu porque foi melhor equipa que eles. Já no da época passada ninguém devia pôr mácula, esquecendo-se da forma como o Benfica foi "gamado" nas primeiras jornadas em que ficou a 9 pontos em apenas 4 jornadas.
E agora o que dirão da atitude do sr. Antero?

Acabou por ficar tudo na mesma

Depois do Benfica ter goleado ontem o Nacional, hoje o Porto também goleou o U. Leiria e tudo na mesma na luta pelo título.
Hoje os portistas não se podem queixar do árbitro. Expulsou o benfiquista Shaffer logo no começo da 2ª parte e com o resultado em 0-0, quando toda a imprensa achou que foi um exagero.
Perto do final da partida uma bola no braço de Mangala dentro da área. Duvidosa sim, mas já tenho visto marcar muitas assim a favor dos portistas.
O Braga mantém-se na luta, enquanto o Sporting, que perdeu com o Marítimo, pôs claramente em risco a classificação para a pré-eliminatória da Liga dos Campeões.
Agora vêm aí jogos difíceis, especialmente para o Benfica, com duas deslocações complicadas, a Guimarães e depois a Coimbra, com os portistas a torcer contra.

Quem é este Bode(o) para falar do Benfica?


Bodo Menze venceu duas vezes o Benfica na época passada e diz que o Zenit poderá eliminar os encarnados da Liga dos Campeões sem qualquer problema.
É um desafio às capacidades da equipa treinada por Jorge Jesus, mas curiosamente não partiu de nenhum elemento do Zenit. Bodo Menze, responsável pelo departamento de formação do Schalke 04, clube que na época passada derrotou o Benfica duas vezes na fase de grupos da Liga dos Campeões, garante que os encarnados são um adversário ao alcance do clube russo nos oitavos-de-final da Liga dos Campeões.
"Fiquei com a impressão que o Benfica não é um equipa fortíssima e pode ser batida. O mais importante é jogar com concentração durante todo o desafio. Se o Zenit se preparar convenientemente pode marcar presença nos quartos-de-final da Champions. Não tenho qualquer dúvida sobre a classe dos jogadores do Zenit. O Benfica é, obviamente, uma equipa de alto nível, mas não diria que é uma das equipas de top do futebol mundial, está longe de um Manchester United. O Benfica está, neste momento, no nível médio das equipas europeias", frisou Bodo Menze.
O Benfica, que defronta este sábado o Nacional da Madeira, em jogo da 18.ª jornada da Liga, vai defrontar o Zenit na próxima quarta-feira, na Rússia.

O mais engraçado é que fala da equipa da época passada e não da actual!
E mais, porque motivo se presta a querer ajudar o Zenit? Confesso que não percebi.

Rescaldo do jogo de ontem

O Benfica está embalado para a conquista do 33º título de campeão nacional. 
Nada está garantido, é um facto, mas vê-se que a equipa respira confiança e tem uma coisa muito importante para o conseguir, classe!
Os adversários vão-se rendendo e as opiniões de pessoas independentes confirmam-no.
Além de Pedro Caixinha, técnico nacionalista, também os jogadores Neto e Candeias elogiaram o futebol intenso e reconheceram que o Benfica é a melhor equipa do campeonato.
Quanto aos independentes, Ion Timofte, um ex-jogador portista, destacou o futebol espectacular que a equipa está a praticar.
Os elogios fazem bem ao ego, mas todos temos de manter os pés bem assentes no chão, especialmente os jogadores e equipa técnica, para que o sonho não se torne um pesadelo. Já estamos vacinados e enquanto não estiver matematicamente ganho, tudo pode acontecer. Até porque todos sabemos que num dia em que a equipa não esteja muito inspirada um árbitro habilidoso pode inclinar o campo. Basta ver o penálti de ontem.

Que jogada!

Gaitán tem andado longe da forma a que nos habituou. No entanto, no jogo com o Nacional abriu o livro algumas vezes, nomeadamente neste lance que deu origem ao golo de Cardozo. Que jogada!

Mais uma goleada na Luz

O Benfica aumenta, embora à condição, para 8 pontos a vantagem sobre o vice-líder.
Mais uma casa fantástica na Luz com a presença de 53.238 espectadores.
Apesar da boa entrada do Nacional na partida, depois o Benfica partiu para cima da baliza da equipa madeirense e conseguiu logo aos 9 minutos inaugurar o marcador.
Não satisfeitos, continuaram a construir oportunidades e aos 21 aumenta para 2-0. Pena o penálti cometido por Emerson que apesar de o ter feito sem intenção, acaba por empurrar um jogador nacionalista e o Nacional reduz quando não o merecia.
Depois deste revés e de uns minutos de empertigamento dos madeirenses, o Benfica voltou a tomar as rédeas do jogo e ainda antes do intervalo chegou ao 3-1.
Na 2ª parte e apesar de ter desfrutado de muitas oportunidades, inclusivé um penálti, só conseguiram marcar mais um golo.
Jesus surpreendeu ao colocar Witsel a lateral direito, no lugar do castigado Maxi. Cumpriu, embora sem conseguir ligar-se muito bem com Gaitán.
Matic jogou no lugar do lesionado Javi e cumpriu perfeitamente, ganhando assim rodagem para a eventualidade de ter de jogar em Zenit.
Aimar, Gaitán, Rodrigo e Nolito, quanto a mim, estiveram nitidamente acima dos colegas, que estiveram todos bem, excepto Emerson que além de cometer um penálti infantil, ainda perdeu uma bola que causou perigo para a baliza do Benfica, felizmente sem consequências.

Benfica-Nacional ao vivo (online)

Assista online ao Benfica-Nacional a contar para a 18ª jornada da Liga Zon Sagres.
Link1 

Onze inicial do Benfica:
Artur; Witsel, Luisão, Garay e Emerson; Matic; Gaitán, Aimar e Nolito; Rodrigo e Cardozo.
Suplentes:
Eduardo, Miguel Vítor, Capdevila, Bruno César, Saviola e Nélson Oliveira.

53.238 espectadores!

Incidências da partida:
Garay faz 1-0 aos 9 min. na sequência de um livre de Aimar.
Cardozo faz 2-0 aos 21 min. após espectacular jogada de Gaitán!
Penálti contra o Benfica por suposto empurrão de Emerson e o Nacional reduz para 1-2.
Curioso, uma falta muito mais visível sobre Matic não é considerada pelo sr Sousa.
Rodrigo faz 3-1 aos 39 min. após passe de Nolito.
Aimar quase marca no último lance do 1º tempo.
Ao intervalo: 3-1
Recomeçou a partida.
Sai Aimar e entra Miguel Vítor aos 59 min.
Rodrigo bisa e faz o 4-1 aos 61 min., após mais um passe de Nolito.
Entra Nélson Oliveira aos 74 min. para o lugar de Rodrigo (para o merecido aplauso).
Entra Bruno César aos 79 min. para o lugar de Gaitán (também para o aplauso moralizador).
Cardozo sofre penálti aos 80 min. e falha-o, mandando para as núvens!
Termina a partida com o resultado final: 4-1

A onda encarnada

Mais logo na Luz, espero que esteja assim!

Encher a Luz mais uma vez

Tudo aponta para que os benfiquistas voltem a encher a Luz no jogo de hoje contra o Nacional.
A equipa precisa e merece todo o nosso apoio por isso todos os que puderem não deixem de comparecer.
A onda à volta da equipa começou a crescer a partir do momento em que passámos para a liderança isolada do campeonato. Espectacular a assistência registada frente ao V. Setúbal, um dos últimos classificados, mais de 56 mil!
Ao que parece, hoje estarão também mais de 50 mil.
Força Benfica, rumo ao 33º!

Que vergonha!

Portugal e os portuenses estão com uma péssima imagem perante os ingleses. Que vergonha!
Quando um clube coloca no seu site um aviso para terem cuidado com os carteiristas é porque a nossa imagem na Inglaterra é má demais.
Não alinho na onda que ataca o FC Porto porque o comunicado refere para ter cuidado nos transportes públicos e nas imediações do estádio do Dragão.

Bravo Jorge Jesus!

Jorge Jesus tem vindo a aprimorar o seu discurso, sinal de que é um homem inteligente, ainda que não seja muito culto.
Muitas vezes criticado por falar de mais e a destempo, temos de elogiar o discurso actual. Comedido nas palavras, humilde quanto baste e confiante na sua equipa.
Fiz aqui um post intitulado "É incrível", a propósito das declarações do presidente do Nacional da Madeira, adversário do Benfica amanhã, em que dizia que queria acabar com onze jogadores o próximo jogo.
Jesus deu-lhe a ele e ao seu treinador (Caixinha) a resposta que eu, por outras palavras, preconizei no post.
Tão simples quanto isso!
Querem os treinadores e dirigentes de certas equipas terminar os jogos com onze apesar de muitas vezes passarem os jogos a distribuir "cacete".

Olha, olha, o Jorge Sousa na Luz

Depois de muitos meses sem apitar jogos do Benfica, o ex-super dragão Jorge Sousa foi nomeado para o escaldante FCP-SLB da 1ª volta, no Dragão. 
Confesso que temi o pior, mas felizmente portou-se mais ou menos bem, tirando umas faltinhas próximas da área do Benfica.
Na altura falou-se que a UEFA ia enviar um observador ao jogo. Não cheguei a saber se enviou ou não.
Bom, agora foi nomeado de novo para o Benfica, desta vez contra o Nacional, amanhã no estádio da Luz.
Do mal o menos! Antes vir apitar à Luz do que nos apitar em Coimbra ou Guimarães pois nesses jogos ficaria preocupado. 
Espero e desejo que faça uma arbitragem isenta, sem beneficiar nem prejudicar ninguém. E que sobretudo não faça como o Artur Soares Dias que numa altura em que ganhávamos e dominávamos o Marítimo, se lembrou de expulsar o Pouga para que dissessem que nos beneficiou. Artimanhas dessas, não por favor!

E nem fomos campeões

O Benfica não entrou por pouco no TOP-20 dos clubes europeus que mais facturaram na época 2010/11.
Ficou à porta, em 21º com 102,5 milhões de euros arrecadados, numa época que não correu nada bem em termos desportivos.
Não tenho dúvidas que as receitas desta época serão superiores devido à carreira da equipa na Liga dos Campeões e no campeonato.
Se apenas no primeiro semestre o clube já encaixou 76 milhões, não restarão muitas dúvidas que aquele montante será largamente ultrapassado.
Quem fez o estudo foi a empresa de auditoria Delloite e não foi indicado em que posição ficaram o FC Porto e o Sporting, embora seja referido que o Benfica foi o único clube português que ficou dentro dos 30 que mais arrecadaram em termos financeiros.

Aí está a boa nova

Aimar renovou até 2013!
Ponto final nas dúvidas dos benfiquistas.
Teremos o nosso El mago mais uma época de águia ao peito.
Na entrevista do presidente na 3ª feira ele tinha dado a entender que estava quase tudo decidido entre clube e jogador.

É incrível

Não vi o jogo Nacional-Sporting por isso não sei se o presidente do Nacional tem ou não razão de queixa da arbitragem de Pedro Proença, no entanto é incrível como os dirigentes da maioria dos clubes ditos pequenos, ou mais pequenos, se queixam sistematicamente por não acabarem os jogos com onze quando defrontam os chamados grandes.
Se existem casos em que até podem ter razão, exemplo da injusta expulsão de Pouga do Marítimo no domingo, na Luz, apesar de quanto a mim não ter influenciado na vitória do Benfica pois além de já estar na frente do marcador, dominava a partida, na maioria as expulsões dão-se por excesso de faltas dos seus jogadores.
Será que esses senhores queriam que os árbitros não mostrassem cartões só para que eles pudessem acabar os jogos com onze? E assim os jogadores podiam partir pernas sem qualquer penalização, é isso?
O sr. Rui Alves não só chorou pelo jogo de ontem como já vem apelar para que deixem o Nacional acabar com onze contra o Benfica no próximo sábado.

Temos um novo Papa

Segundo o comentador sportinguista Rui Oliveira e Costa, Luís Filipe Vieira é o novo Papa, o que para o Sporting é preocupante.
Cada um é livre de dizer e de achar o que quiser.
A irmandade Luís Filipe Vieira e Jorge Jesus faz-lhe lembrar a dupla Pinto da Costa/Pedroto.
Enfim!
E o que dizer das declarações do portista Miguel Guedes, a propósito das declarações de Vieira quando disse que a arbitragem estava mais transparente, «sim está mais transparente, tão transparente que às vezes até se vê a cor». Como é que um portista tem a "lata" de insinuar qualquer coisa sobre arbitragens. Memória curta e desonestidade intelectual!

A melhor solução

Muitos benfiquistas estarão contra a cedência de Enzo Pérez ao Estudiantes da Argentina. Não contra a cedência em si, mas mais contra o jogador.
Infelizmente o Enzo chamuscou-se perante os adeptos.
Ainda vai a tempo de limpar? Vai, desde que surja em grande na próxima época.
Muitos perguntarão, então porque motivo voltou e se retratou perante os benfiquistas. 
Quanto a mim julgo que não podemos criticar a direcção do Benfica neste processo.
Exigiu a volta do jogador, puniu-o monetariamente com uma multa record, dando assim uma imagem para o restante plantel que não tentem fazer o mesmo porque não se darão bem.
Então e porque sai agora. Ora, concerteza Jesus deve ter verificado que dificilmente o jogador jogaria esta época e tendo aproveitado a oportunidade de contratar Yannick a custo zero, menos espaço teria, então nada melhor ele sair para jogar e depois voltar com ritmo e com a cabeça limpa.

Prestígio a subir

Todos sabemos que o Benfica passou por uma crise profunda em termos financeiros que afectou o clube também em termos desportivos.
Felizmente houve uma inversão na situação, começando por equilibrar/controlar as contas, depois construir infraestruturas desportivas e finalmente investir na equipa de futebol (e das modalidades também), contratando jogadores, e também um treinador, capazes de ganhar e começar a recuperar o prestígio de outrora.
Ainda falta percorrer um longo caminho é certo, mas tudo indica que o futuro só pode ser risonho, apesar da crise financeira mundial.
Os muitos jovens promissores contratados com vista à criação da equipa B, aliados aos já existentes no actual plantel, deixam-nos essa esperança, quase certeza.
O jogo com o Santos (de Neymar), mesmo partindo a iniciativa do Benfica, previsto para o próximo verão na Ásia é sinal disso. E o Santos está a pensar em retribuir convidando o Benfica a jogar no Brasil nos festejos do seu centenário.

LFV em entrevista à RTP

Este mês será decidida a questão dos direitos televisivos. Se não houver acordo com a Olivedesportos, a alternativa será a Benfica TV.
Segundo o presidente benfiquista se não forem atingidos os valores que ele pretende não haverá acordo, isto apesar da amizade (confirmada) entre ele e Joaquim Oliveira.
Questionado se a transmissão dos jogos através da Benfica TV não seria um risco, afirmou que não.
Sobre Aimar confirmou haver interesse mútuo em renovar o contrato, mas sem adiantar os motivos de ainda não se ter procedido à mesma deu a entender que ainda não houve acordo.
Questionado se o campeonato estava ganho, garantiu que não e que é preciso manter a mesma humildade e empenho para não sermos surpreendidos, aludindo indirectamente ao resultado do Gil Vicente-FCP.
Questionado sobre a necessidade de vender jogadores no final da época, não confirmou, tendo dito que pode ser que sim ou que não, dependerá de vários factores.
Sobre a continuidade ou não de Jorge Jesus na próxima época, lembrou que existe um contrato e que Jesus também deve querer continuar porque está apaixonado pelo projecto do clube. Se quiser sair, existe uma cláusula de rescisão.
Esclareceu que a cláusula de rescisão de Rodrigo é de 30 e não de 20 milhões como foi referido pela entrevistadora.
A aposta na formação garantirá a curto prazo a presença de jogadores portugueses na equipa, embora tenha desvalorizado a questão da nacionalidade dos jogadores do Benfica. Mesmo sem muitos  portugueses na equipa, existem referências, citando os nomes de Luisão, Maxi Pereira, Aimar e Javi Garcia.
Confirmou que Enzo Pérez viajou hoje para a Argentina devido à doença da mãe, mas que só amanhã depois dele chegar lá é que saberá o que irá acontecer depois.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

ARQUIVO DO BLOG

Prémio Relíquia da Internet

Prémio Relíquia da Internet

Presente do grande CORAÇÃO ENCARNADO

Presente do grande CORAÇÃO ENCARNADO

Adaptado por Blogger Benfiquista

Blog do Manuel © 2008. Template by Dicas Blogger.

TOPO