Época 2015/16

Época 2015/16

A mina da Champions!

A participação na Liga dos Campeões é necessária para todos os grandes e o sonho dos médios clubes.
Mesmo uma equipa eliminada na fase de grupos ganha em média uns 10 milhões de euros.
Vejamos quanto o Benfica já facturou nesta edição.
«Com a vitória de 3ª feira o Benfica garantiu uma receita, em prémio fixo da UEFA, de 3,3 milhões de euros, pela passagem aos quartos-de-final da Liga dos Campeões.
Este valor junta-se aos 15,9 milhões de euros que o Benfica já amealhou este ano na passagem pela liga milionária. Desse bolo, 2,1 milhões foram conseguidos por ter vencido o Tranbzonspor no "play off", que lhe deu acesso à fase de grupos da Liga dos Campeões.
Pela participação na fase de grupos recebeu, à cabeça, 3,9 milhões de euros, a que se juntou 550 mil euros por cada jogo disputado (no total foram seis, pelo que desta fatia recebeu mais 3,3 milhões). Nesta fase, cada vitória dá direito a mais 800 mil euros e cada empate 400 mil euros. Na fase de grupos, o Benfica venceu três jogos e empatou outros três. No total, a passagem pela fase de grupos rendeu ao Benfica 10,8 milhões de euros.
O acesso aos oitavos-de-final rendeu mais três milhões de euros e ao vencer esta eliminatória ao Zenit o Benfica garante mais 3,3 milhões de euros.
Segundo o "site" da UEFA, garantir acesso às meias finais significará receber mais 4,2 milhões de euros. Na final, o vencedor receberá nove milhões de euros e o vice-campeão terá mais 5,6 milhões de euros.
Estes valores referem-se apenas aos prémios fixos dados pela UEFA, aos quais, depois, acrescem receitas de bilheteira e direitos televisivos.
No total, esta passagem pela Liga dos Campeões já rendeu aos Benfica 19,2 milhões de euros.» (fonte: Jornal de Negócios)
.

4 comentários:

Pedro A.B. disse...

São números impressionantes...

Se conseguíssemos fazer duas temporadas como esta na Champions, ou melhores de preferência, daria um empurrão financeiro fortíssimo ao clube.

Abraço

Qui-GonJinn disse...

Esta participação na Champions League já equivale a uma venda milionária! É um facto. E devem ser colocados ao serviço do reforço da equipa, para que com o dinheiro de uma provável venda no final da época sejam efectuadas as necessárias correcções de tesouraria para que a SAD viva tranquilamente.

BENFIQUISTA disse...

O Benfica vai ser o clube português com maiores receitas provenientes da UEFA nesta temporada, estimando-se que até agora já tenha garantido perto de 27 a 28 milhões de euros (ME).

Com a passagem aos quartos-de-final da Liga dos Campeões, o clube da Luz já arrecadou 19,2 ME só em prémios de desempenho desportivo. A este valor juntam-se as receitas de bilheteira nos seis jogos que já realizou em casa (incluindo as pré-eliminatórias) e a verba do encontro que ainda vai realizar nos quartos-de-final - um montante que rondará os cinco a seis milhões de euros.

A isto, e mesmo que não arrecade os 4,2 ME de prémio por uma eventual passagem às meias-finais, o Benfica juntará ainda um valor superior a 2,8 ME pelo market pool (direitos televisivos atribuídos pela UEFA). A verba de Portugal (cerca de 5,4 ME) será dividida por FC Porto e Benfica, os dois participantes na prova. Metade será partilhada numa base de 55% para o FC Porto (1,49 ME) e 45% para o Benfica (1,21 ME) - com base na classificação da Liga portuguesa da época passada - e a outra metade será dividida em função do número de jogos na presente edição da Liga dos Campeões - esta parcela só será calculada no fim da época, mas a formação da Luz receberá, no mínimo, 2,89 ME porque terá feito pelo menos dez jogos, contra seis do FC Porto, que já encerrou a carreira europeia, terminando com 11,6 ME de prémios de desempenho desportivo (incluindo já dois milhões por ter participado na Supertaça europeia). in publico


abraço

Manuel disse...

O Benfica com 30M€ de receitas é melhor do que a venda de um jogador de topo pois não tem de pagar nem a intermediários nem a fundos de jogadores. Carne sem osso nem gordura.

Por outro lado, penso que a prioridade do Benfica seria amortizar algum do passivo remunerado para diminuir os custos financeiros que são muito grandes. Penso que esta tem de ser a prioridade nº 1.

Também penso que o Benfica não precisa de se reforçar no verão. E calculo que essa seja a ideia de LFV e Rui Costa a não ser que apareçam oportunidades de negócio que não se podem recusar. Existem jogadores muito promissores que poderão voltar. Mergarejo, Urreta, Jara, Martins, mesmo Wass que tem tido críticas muito positivas onde joga no campeonato francês, equivalente ao nosso. Adicionando todos os miúdos que vieram para a equipa B, não precisamos de mais ninguém.

Penso que a única venda poderá ser a do Gaitan, duplicando assim as receitas da Champions. Isso será equivalente a cerca de 2/3 do orçamento de um ano. O que é fantástico.

Entrando na Champions no próximo ano, com os miúdos que temos mais maduros e mais crescidos, temos equipa! Podemos facilmente ter um orçamento acima de 100M€ em 2012/13.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

ARQUIVO DO BLOG

Prémio Relíquia da Internet

Prémio Relíquia da Internet

Presente do grande CORAÇÃO ENCARNADO

Presente do grande CORAÇÃO ENCARNADO

Adaptado por Blogger Benfiquista

Blog do Manuel © 2008. Template by Dicas Blogger.

TOPO